WRLD11: ETF que investe em 9 mil empresas no mundo todo chega na B3

Share on twitter
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin

20/10/2021 – O Exchange Traded Fund (ETF) WRLD11 passa ser listado nessa quarta-feira (20/10) na Bolsa (B3).

O WRLD11 é um fundo de índice que replica no Brasil o já mundialmente conhecido ETF VT (Vanguard Total World Stock), listado na Bolsa de Nova York (Nyse).

Antes de mais nada, vale citar que nos Estados Unidos, o global ETF VT já possui cerca de US$ 30 bilhões sob gestão.

O novo produto da bolsa brasileira investe em 9.051 empresas do mundo todo, englobando tanto mercados desenvolvidos como emergentes.

Entre as ações que estão na carteira do World estão empresas norte-americanas como: Tesla, Facebook, Microsoft, Amazon, Alphabet (Google), Ford, Nike, Apple e Johnson & Johnson e Netflix.

Além disso, na carteira do ETF global também há papéis de companhias europeias: Nestlé, AstraZeneca, Adidas, L’Oreal e Volkswagen.

Do mesmo modo, há ações de empresas latino-americanas como a Mercado Livre, e de companhias da Ásia como Alibaba e a Xiaomi.

Algumas dessas ações possuem Brazilian Depositary Receipts (BDRs, ou recibos de ações negociados no Brasil) com os seus respectivos códigos na B3.

Por exemplo: Tesla (TSLA34), Mercado Livre (MELI34) e Facebook (FBOK34).

Gestora Investo lança ETF WRLD11 na sede na Bolsa (B3) em São Paulo
Foto: Cauê Diniz

Informações técnicas do ETF WRLD11

Segundo o comunicado, no Brasil, o ETF WRLD11 terá gestão da Investo, gestora independente focada em ETFs no Brasil.

A taxa de administração do WRLD11 é de 0,30% do patrimônio líquido, ao ano.

Além disso, haverá a incidência da taxa de administração cobrada pelo ETF VT, que é de 0,08% ao ano.

Portanto, a taxa total de administração é 0,38% ao ano, considerando o fundo de índice alvo VT.

“A Investo está muito feliz com este lançamento, por isso, nossa expectativa é que o WRLD11 cresça de forma orgânica e consiga multiplicar o acesso à investimentos internacionais investimento para todos os brasileiros”, conclui Cauê Mançanares, CEO e co-fundador da Investo.

Diversificação geográfica do fundo mundial

Aqui no Blog do Grana, você fica sabendo como é a diversificação geográfica dessa nova aplicação financeira.

O ETF WRLD11 investe em empresas da: América do Norte (60%) e América Latina (1,26%), Reino Unido (4,6%), Europa desenvolvida (12,64%) e Europa emergente (0,55%), Japão (6,49%), Ásia emergente (6,83%), Ásia desenvolvida (4,93%), Austrália+vizinhos (2,07%), África e Oriente Médio (1,27%).

Diversificação setorial do ETF global WRLD11

Além disso, da diversificação geográfica, o ETF global investe em empresas de diferentes setores da economia mundial.

Por exemplo, a carteira possui ações dos setores de: tecnologia (20%), serviços financeiros (16%), consumo cíclico (13%), cuidados de saúde (12%), indústria (11%), defesa do consumidor (7%), materiais básicos (5%), energia (4%), imobiliário (4%) e utilidades (3%).

Diversidade de moedas no fundo global

Ao mesmo tempo, devido a diversidade geográfica, o fundo global também está alocado em diversas moedas.

Por exemplo, entre elas estão: dólar americano (60%), euro (8%), iene japonês (7%), libra esterlina (4%), dólar de Hong Kong (4%), dólar canadense (3%), franco suíço (3%), dólar australiano (2%), dólar de Taiwan (2%) e won da Coreia do Sul (2%).

Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais:
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Fique por dentro!

Receba notícias como esta no seu e-mail.

Receba em primeira mão nossas novidades

Assine nossa Newsletter

Baixe já nosso App