Data com dividendos da Itaúsa (ITSA4)

Data com dividendos da Itaúsa (ITSA4)

A data com dividendos da Itaúsa será em 30 de novembro de 2023. As ações ficarão “ex-direitos” (sem o valor de JCP na ação) a partir de 1º de dezembro de 2023. O pagamento será realizado em 2 de janeiro de 2024.

O aplicativo Grana informa os valores e data de pagamento direto na tela. Acesse o aplicativo para visualizar as informações sobre JCP, dividendos e o Imposto de Renda (IR) de sua carteira.

Confira informações sobre os proventos da Itaúsa na sequência do texto, logo após a imagem ilustrativa abaixo.

Itaúsa S.A. (ITSA3, ITSA4) comunica aos seus acionistas que o provento trimestral a ser pago no dia 02 de janeiro de 2024 se dará na forma de Juros sobre o Capital Próprio (“JCP”) no valor de R$ 0,0235295 por ação, com retenção de 15% de Imposto de Renda, resultando em juros líquidos de R$ 0,02 por ação, excetuados dessa retenção os acionistas pessoas jurídicas comprovadamente imunes ou isentos.

Esses juros, pagos a título de antecipação do dividendo obrigatório do exercício de 2023, terão como base de cálculo a posição acionária final do dia 30 de novembro de 2023 e serão creditados de forma individualizada a cada acionista nos registros da Companhia em 20 de dezembro de 2023.

Sobre a Itaúsa

A Itaúsa (B3: ITSA4) é a maior holding brasileira de investimentos com capital aberto, com 47 anos de trajetória, que detém participações em empresas líderes nos segmentos financeiro (Itaú Unibanco e XP), bens de consumo (Alpargatas), materiais para construção civil (Dexco), saneamento (Aegea), energia (Copa Energia) e infraestrutura (NTS e CCR). A companhia possui uma das maiores bases acionárias da bolsa de valores brasileira, com mais de 900 mil acionistas, e tem como propósito atuar como agente de mudança em empresas na criação de valor sustentável para a sociedade, investidas e acionistas.

(*) Fontes de conteúdo: CVM, B3 e Itaúsa RI.

Blog do Grana é a página de conteúdo informativo do aplicativo Grana Capital, parceiro da B3 para ajudar os investidores com o Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF).

Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais:
Facebook
Twitter
LinkedIn
Receba em primeira mão nossas novidades

Assine nossa Newsletter

Baixe já nosso App