Data com dividendos da Petrobras será em 21 de agosto de 2023

Data com dividendos da Petrobras (PETR3/PETR4)

A data com dividendos da Petrobras (PETR3/PETR4) será em 21 de agosto de 2023 e o record date será dia 23 de agosto de 2023 para os detentores de ADRs negociadas na New York Stock Exchange (NYSE).

As ações da Petrobras serão negociadas ex-direitos na B3 e na NYSE a partir de 22 de agosto de 2023.

O aplicativo Grana Capital informa os valores e data de pagamento direto na tela. Acesse o aplicativo para visualizar as informações sobre dividendos e IR de sua carteira.

Saiba sobre as datas de pagamento e o montante a ser pago por ação pela Petrobras (PETR3/PETR4) na sequência do texto, logo após a imagem ilustrativa abaixo:

CLIQUE AQUI ou abaixo para baixar o aplicativo Grana:

A Petróleo Brasileiro S.A. (Petrobras) informa que seu Conselho de Administração, em reunião realizada em 3 de agosto, aprovou o pagamento de distribuição de remuneração aos acionistas no valor de R$ 1,149304 por ação ordinária e preferencial, como antecipação da remuneração aos acionistas relativa ao exercício de 2023, declarado com base no balanço de 30 de junho de 2023 (intercalares).

A remuneração ao acionista proposta está alinhada à Política de Remuneração aos Acionistas, aprimorada em 28/07/2023, que prevê que, em caso de endividamento bruto igual ou inferior ao nível máximo de endividamento definido no plano estratégico em vigor (atualmente US$ 65 bilhões), a Petrobras deverá distribuir aos seus acionistas 45% do fluxo de caixa livre.

A aprovação do dividendo proposto é compatível com a sustentabilidade financeira da Companhia e está alinhada ao compromisso de geração de valor para a sociedade e para os acionistas, assim como às melhores práticas da indústria mundial de petróleo e gás natural.

Os dividendos serão pagos em duas parcelas iguais nos meses de novembro e dezembro, da seguinte forma: Valor a ser pago: R$ 1,149304 por ação ordinária e preferencial, em duas parcelas, sendo: primeira parcela, no valor de R$ 0,574652 por ação ordinária e preferencial, paga em 21 de novembro de 2023. segunda parcela, no valor de R$ 0,574652 por ação ordinária e preferencial, paga em 15 de dezembro de 2023.

Data de pagamento: para os detentores de ações de emissão da Petrobras negociadas na B3 o pagamento da primeira parcela será realizado no dia 21 de novembro de 2023 e o da segunda parcela no dia 15 de dezembro de 2023.

Os detentores de ADRs receberão os pagamentos a partir de 30 de novembro de 2023 e 22 de dezembro de 2023, respectivamente.

Forma de distribuição: A primeira parcela de pagamento será realizada da seguinte forma:  dividendos, de R$ 0,209176 por ação ordinária e preferencial; e juros sobre capital próprio de R$ 0,365476 por ação ordinária e preferencial.

Já a segunda parcela será integralmente paga sob a forma de dividendos.

Importante ressaltar que esses proventos serão abatidos da remuneração aos acionistas a ser aprovada na Assembleia Geral Ordinária de 2024 relativos ao exercício de 2023, sendo seus valores reajustados pela taxa Selic desde a data do pagamento de cada parcela até o encerramento do exercício social corrente para fins de cálculo do abatimento.

(*) Fontes de conteúdo: B3, CVM e Petrobras RI.

O Blog do Grana é a página de conteúdo informativo do aplicativo Grana Capital, parceiro da B3 para ajudar os investidores com o Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF).

Data com dividendos da Petrobras anterior foi em 12 de junho de 2023

A data com dividendos da Petrobras foi em 12 de junho de 2023. As ações ficarão “ex-dividendos” a partir de 13 de junho de 2023.

A Petrobras aprovou em 11/5, o valor de R$ 24,7 bilhões em dividendos e juros sobre capital próprio (JCP) aos seus acionistas.

Petrobras informou que seu Conselho de Administração, em reunião realizada em 11/5, aprovou o pagamento de distribuição de remuneração aos acionistas no valor de R$ 1,893577 por ação ordinária e preferencial em circulação, como antecipação relativa ao exercício de 2023, declarada com base no balanço de 31 de março de 2023 (dividendos e juros sobre capital próprio intercalares).

Adicionalmente, o Conselho de Administração determinou que a Diretoria Executiva elabore proposta de ajuste do Planejamento Estratégico em curso e aperfeiçoamento da Política de Remuneração aos Acionistas da Petrobras, incluindo a possibilidade de recompra de ações, e submeta essas matérias para deliberação do CA antes do encerramento do mês de julho de 2023.

Com relação à remuneração aos acionistas aprovada, o montante está alinhado à Política de Remuneração aos Acionistas vigente, que prevê que, em caso de endividamento bruto inferior a US$ 65 bilhões, a Petrobras deverá distribuir aos seus acionistas 60% da diferença entre o fluxo de caixa operacional e as aquisições de ativos imobilizados e intangíveis (investimentos).

Esta aprovação é compatível com a sustentabilidade financeira da companhia. A remuneração aos acionistas será paga em duas parcelas nos meses de agosto e setembro, da seguinte forma:

Valor a ser pago: R$ 1,893577 por ação ordinária e preferencial em circulação, sendo que: primeira parcela, no valor de R$ 0,946788 por ação ordinária e preferencial em circulação, será paga em 18 de agosto de 2023.

A segunda parcela, no valor de R$ 0,946789 por ação ordinária e preferencial, será paga em 20 de setembro de 2023. Data de corte: dia 12 de junho de 2023 para os detentores de ações de emissão da Petrobras negociadas na B3 e o record date será dia 14 de junho de 2023 para os detentores de ADRs negociadas na New York Stock Exchange (NYSE).

As ações da Petrobras serão negociadas ex-direitos na B3 e na NYSE a partir de 13 de junho de 2023.

Data de pagamento: para os detentores de ações de emissão da Petrobras negociadas na B3 o pagamento da primeira parcela será realizado no dia 18 de agosto de 2023 e o da segunda parcela no dia 20 de setembro de 2023.

Os detentores de ADRs receberão os pagamentos a partir de 25 de agosto de 2023 e 27 de setembro de 2023, respectivamente.

A primeira parcela de pagamento será realizada da seguinte forma: dividendos, de R$ 0,278179 por ação ordinária e preferencial em circulação; e juros sobre capital próprio de R$ 0,668609 por ação ordinária e preferencial em circulação.

Já a segunda parcela será integralmente paga sob a forma de dividendos.

Importante ressaltar que esses proventos serão abatidos da remuneração aos acionistas a ser aprovada na Assembleia Geral Ordinária de 2024 relativa ao exercício de 2023, sendo seus valores reajustados pela taxa Selic desde a data do pagamento de cada parcela até o encerramento do exercício social corrente para fins de cálculo do abatimento.

(*) Fontes de conteúdo: CVM, B3 e Petrobras RI.

O Blog do Grana é a página de conteúdo informativo do aplicativo Grana Capital, parceiro da B3 para ajudar os investidores com o Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF).

Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais:
Facebook
Twitter
LinkedIn
Receba em primeira mão nossas novidades

Assine nossa Newsletter

Baixe já nosso App