Receita da PepsiCo aumenta 8,7% em 2022 e alcança US$ 86,4 bilhões

Share on twitter
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin

Receita da PepsiCo aumenta 8,7% em 2022

A receita da PepsiCo aumenta 8,7% para US$ 86,4 bilhões em todo o mundo no ano fiscal de 2022, em comparação com 2021 e acima da estimativa de US$ 85,2 bilhões.

A PepsiCo, Inc. (Ação na NASDAQ: PEP) (BDR na B3: PEPB34) também divulgou hoje (9/2) que a companhia somou uma receita líquida de US$ 28 bilhões no quarto trimestre de 2022, acima da estimativa de US$ 26,9 bilhões.

Receita da PepsiCo aumenta 8,7% em 2022. Imagem criada por Damilare Odunuyi/Pixabay

Segundo o comunicado da PepsiCo encaminhado ao Blog do aplicativo Grana Capital, a América Latina foi um dos setores que mais contribuíram com o resultado, com alta de 19% no lucro operacional, refletindo o crescimento da receita líquida e da economia de produtividade no ano de 2022.

O resultado positivo na região também sofreu impactos do aumento de custos, em especial relacionado à elevação dos preços de commodities e impostos, mas, somente no quarto trimestre de 2022, a região contribuiu com um aumento de 5% no lucro operacional.

Brasil está entre os nove mercados com maior crescimento no mundo de receita líquida em 2022, registrando alta de duplo dígito no ano. O País – que anunciou investimentos de R$ 690 milhões em suas operações locais no último ano – também apresentou um dos maiores ganhos de participação de mercado nas categorias de snacks e bebidas.

A PepsiCo Brasil teve um 2022 extremamente positivo como reflexo dos grandes investimentos realizados nas nossas operações locais, com foco em inovações, digitalização e expansão da capacidade produtiva, o que tem nos garantido uma conexão ainda mais forte com nossos clientes e consumidores. O desenvolvimento dos nossos talentos, com mais diversidade e inclusão, também segue como pilar fundamental para garantir o nosso crescimento sustentável”, afirmou Alexandre Carreteiro, CEO da PepsiCo Brasil Alimentos.

O mercado já é o número 1 em vendas por e-commerce na América Latina. “Nos últimos dois anos tivemos um resultado crescente de vendas que nos coloca hoje como um dos players mais rentáveis para a PepsiCo na América Latina e um mercado que a PepsiCo global investe para que haja crescimento acelerado nos próximos cinco anos”, completa Carreteiro.

Já o presidente da divisão de Bebidas da PepsiCo América Latina Cone Sul, Ricardo Maldonado, destaca o crescimento histórico de participação de mercado de marcas como PEPSI Black, H2OH! e GATORADE. “Tivemos em 2022 a maior expansão dos últimos dez anos em participação de mercado do nosso portfólio de bebidas”, afirma.  

Para 2023, a PepsiCo globalmente almeja entregar 6% de crescimento de receita orgânica e 8% de crescimento constante em moeda corrente por ação. “Esperamos crescer de forma acelerada no Brasil em 2023 e nos próximos cinco anos e estamos realizando investimentos e lançamentos para chegar a esses resultados. Continuamos otimistas com as nossas vendas, conquistando novos canais de venda e de distribuição com foco em crescer em todas as regiões do país e em todas as nossas categorias”, conclui Carreteiro.  

A expectativa positiva vem, especialmente, da crença na estratégia PepsiCo Positive, que coloca a sustentabilidade no centro dos negócios.

PepsiCo Positive  

O trabalho da PepsiCo em 2022 foi além dos indicadores financeiros positivos e contou com avanços importantes em suas ações de sustentabilidade. Em parceria com especialistas do segmento de reciclagem e reutilização, hoje a companhia garante a destinação ambientalmente correta de mais de 70% das embalagens de snacks produzidas no país por meio de coprocessamento.

Em bebidas, no Brasil, por meio de projetos de diminuição do peso da garrafa e da tampa de suas embalagens de bebidas, houve uma redução de 25% (baseline de 2020) do uso de plástico virgem nas embalagens de bebidas e, para 2023, a meta é de 33%.  

Além disso, segue na jornada de evoluir continuamente seu portfólio para escolhas mais positivas, com alimentos convenientes mais nutritivos e com baixo teor de sódio e baixo ou nenhum teor de gordura saturada. O segmento de bebidas da PepsiCo tem feito um trabalho forte de redução de açúcar ao nível máximo, sem impactos no sabor dos produtos. Há pelo menos oito anos, não são lançadas bebidas full sugar.

A PepsiCo Brasil também anunciou recentemente que reduziu pela metade o total de água gasta por quilo de alimento produzido e alcançou 100 dias sem captar água em sua fábrica no município de Itu (SP), onde conta com uma estação de tratamento de efluentes que tornou potável 100% do efluente da operação em 2022.

(*) Fonte de conteúdo: PepsiCo

O Blog do Grana é a página de conteúdo informativo do aplicativo Grana Capital, parceiro da B3 para ajudar os investidores com o Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF).

Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais:
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Receba em primeira mão nossas novidades

Assine nossa Newsletter

Baixe já nosso App