Netflix (NFLX34) divulga balanço trimestral com alta no número de assinantes

Share on twitter
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin

Netflix (NFLX34)

A Netflix (NFLX34) divulga balanço trimestral na noite de 19 de janeiro de 2023 com alta no número de assinantes.

As ações do Netflix subiam 6% em Nova York, após a empresa informar que elevou em 7,7 milhões sua base de assinantes no 4º trimestre de 2022.

As receitas da Netflix cresceram +1,9% na comparação ano contra ano, para US$ 7,85 bilhões no 4º trimestre de 2022.

O co-CEO do Netflix, Reed Hastings, vai deixar o cargo e será substituído pelo diretor operacional Greg Peters.

Netflix. Foto: Tumisu/Pixabay

Análise da Avenue sobre Netflix (NFLX)

A Netflix reportou nessa quinta-feira (19/01/2023), ao final do dia, os seus resultados operacionais referentes ao 4º trimestre de 2022 e os números vieram levemente abaixo das expectativas do mercado. Apesar da empresa não bater as estimativas de Wall Street, o grande destaque foi que a base de usuário da companhia cresceu significativamente, o que ajudou a impulsar as ações a saltarem mais de 7% no after-market.

Resultados gerais:

  • Receitas: US$ 7,85 bilhões vs US$ 7,85 bilhões esperados pelos analistas;
  • Lucro por Ação: US$ 0,48 vs US$ 0,50 estimados;
  • Assinantes líquidos pagos globais: 7,66 milhões de adições vs 4,57 milhões de adições.

Inicialmente, a empresa ressaltou uma mudança importante no comando do seu negócio. O co-fundador Reed Hastings desistiu de sua posição de CEO para se tornar presidente executivo, deixando o responsável pela área de conteúdo, Ted Sarandos, e o chefe de produtos/negócios, Greg Peters, para compartilharem o título de CEO.

Já analisando os números, as receitas da Netflix cresceram +1,9% no ano a ano, para US$ 7,85 bilhões, e a empresa adicionou 7,66 milhões de assinantes líquidos globalmente para atingir 230,75 milhões de assinaturas totais. A estimativa menor de novos assinantes era devido à expectativa de uma limpa da empresa com relação as contas compartilhadas entre os assinantes, contudo, este aumento significativo demonstrou como a empresa continua atraindo novos assinantes. No trimestre a gigante de streaming divulgou lançamentos como a série “Wednesday”, “Harry and Meghan” e o filme de Rian Johnson “Glass Onion” que ajudaram a atrair novos assinantes.

No último trimestre, a Netflix disse estar “muito otimista” sobre seu novo negócio de publicidade. Embora não espere que o novo nível de preço (mais baixo) adicione uma contribuição material aos resultados do próximo trimestre, ela prevê que o número de membros cresça gradualmente ao longo do tempo. Olhando para o futuro, a companhia declarou que não fornecerá mais orientações sobre o número de assinantes, embora ainda relate nos próximos balanços. A lógica é que a empresa está aumentando seu foco na receita como sua principal métrica, em vez do crescimento do número de membros.

A NFLX possui um valor de mercado de aproximadamente US$ 140 bilhões, P/E (price/earnings) de 29,77 vezes (x), não paga dividendos. No ano de 2023 as suas ações subiam +8,12% até 18 de janeiro sem contar o fechamento de mercado de ontem (19/01).

Análise da XP sobre Netflix (NFLX34)

A Netflix registrou crescimento de assinantes acima do esperado no quarto trimestre, adicionando 7,66 milhões de novos assinantes líquidos, bem acima dos 4,5 milhões que a empresa havia projetado. A receita foi de de US$ 7,85 bilhões, alta de 1,8% em relação ao ano anterior, enquanto os lucros de 12 centavos por ação ficaram abaixo das expectativas. A margem operacional de 7% ficou abaixo dos 8,2% do ano anterior, mas acima dos 4,2% que a empresa havia projetado.

Quanto à recente introdução de um nível de assinatura com a presença de anúncios, a empresa disse que está “satisfeita com nosso progresso até o momento”. A Netflix disse que está vendo muito pouca perda de assinantes de outros níveis de assinatura para o novo serviço, que possui preço mais baixo. A empresa continua acreditando que a publicidade gerará receita e lucros incrementais, mas que o impacto em 2023 “será modesto, visto que isso aumentará lentamente com o tempo”.

A empresa interrompeu sua prática anterior de fornecer orientações específicas sobre o crescimento de assinantes, embora tenha dito que espera adições líquidas positivas “modestas” no primeiro trimestre, caindo em relação ao nível do quarto trimestre devido à “sazonalidade normal” e ao forte crescimento recente.

A Netflix acrescentou que, a longo prazo, continua visando o crescimento da receita de dois dígitos, expandindo as margens operacionais e o fluxo de caixa livre positivo. Para 2023, a empresa espera uma receita de US$ 8,2 bilhões e lucros de US$ 2,82 por ação. A companhia também projeta “pelo menos US$ 3 bilhões” em fluxo de caixa livre. Por fim, presumindo que não haverá aquisições materiais, a empresa espera retomar a recompra de ações em 2023.

(*) Fontes de conteúdo e relatórios consultados: Avenue Intelligence, BTG Pactual e XP Radar Global.

Edição: Ernani Fagundes, jornalista responsável pelo conteúdo do Blog do Grana.

Conteúdo nas redes sociais: Letícia Alonso (vídeo), Vitória Mendonça e Gabriela Orsi.

O Blog do Grana é a página de conteúdo informativo do aplicativo Grana Capital, parceiro da B3 para ajudar os investidores com o Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF).

E-mail: ernani.fagundes@grana.capital (mande sua opinião sobre o Blog do Grana e sugestões para melhorar sua experiência no site de notícias de mercado e de investimentos).

Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais:
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Receba em primeira mão nossas novidades

Assine nossa Newsletter

Baixe já nosso App