Agenda de dividendos 2023: Veja quando haverá o pagamento dos lucros na sua conta

Share on twitter
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin

O que você vai ver neste artigo:

Agenda de dividendos 2023

Na Agenda de Dividendos 2023 do Blog do aplicativo Grana Capital você terá informações sobre quando o seu rendimento em proventos (dividendos e juros sobre capital próprio) entrará na sua conta.

Confira o calendário dos pagamentos programados:

Agenda do Mercado
Agenda de Dividendos 2023. Veja abaixo quando o dinheiro entrará na conta do investidor.

Bradesco (BBDC3/BBDC4) em 2 de janeiro de 2023

O pagamento de juros sobre capital próprio será realizado em 2 de janeiro de 2023 para investidores com posição acionária em 1º de dezembro de 2022.

Os investidores da ação BBDC3 (ON) receberão R$ 0,017249826 por ação, antes do desconto na fonte da alíquota de 15% do Imposto de Renda.

Já quem investe na BBDC4 (PN) receberá R$ 0,018974809 por ação – também antes da retirada do IR.

As ações BBDC3 e BBDC4 ficarão “ex-direitos” (sem o valor do JCP) em 2 de dezembro de 2022.

Agência do Bradesco.

Itaú (ITUB4) em 2 de janeiro de 2023

O Itaú pagará o valor bruto de R$ 0,01765 por ação em juros sobre capital próprio aos seus investidores, antes da cobrança de 15% do Imposto de Renda na fonte. O valor líquido é de R$ 0,015 por ação.

O pagamento será realizado para investidores com posição acionária em 30 de novembro de 2022. E a ação ficará “ex-direitos” (sem o valor do JCP) em 1º de dezembro de 2022.

Agência do Itaú na Avenida Paulista, em São Paulo (SP).

SulAmérica (SULA3/SULA4/SULA11) em 2 de janeiro de 2023

A SulAmérica anunciou o pagamento do montante bruto de R$ 24 milhões, correspondente a R$0,0199442814945862 por ação ordinária (ON) ou preferencial (PN) da companhia não representada por unit, e R$0,0598328444837587 por unit.

Terão direito aos JCP os investidores que eram detentores de ações em 20 de dezembro de 2022, antes da conversão para ações da SulAmérica para Rede D’Or (RDOR3) acordada na fusão entre as duas empresas. As ações da SulAmérica param de ser negociadas na segunda-feira, 26 de dezembro de 2022.

Sendo assim, desde 21 de dezembro de 2022, inclusive, as ações da companhia, ou units conforme o caso (SULA11) são negociadas “ex-direitos” (sem o valor de JCP).

O pagamento será realizado em uma parcela única a partir de 2 de janeiro de 2023. Após a dedução do valor do IRRF, o valor líquido é equivalente a R$0,0169526392703983 por ação ordinária (ON) ou preferencial (ON) não representada por unit, e R$ 0,0508579178111949 por unit.

JSL (JSLG3) em 6 de janeiro de 2023

A JSL aprovou o valor bruto total de R$ 67,179 milhões em juros sobre capital próprio (JCP), correspondente a R$ 0,236107640 por ação.

Terão direito aos JCP os investidores da companhia com posição acionária em 27 de dezembro de 2022. As ações serão negociadas ex-direitos (sem o valor do JCP) a partir de 28 de dezembro de 2022, inclusive.

O pagamento será realizado em 6 de janeiro de 2023.

Movida (MOVI3) em 6 de janeiro de 2023

Movida (MOVI3) aprovou pagamento de juros sobre capital próprio no valor bruto total de R$ 55 milhões, correspondente a R$ 0,152055199 por ação.

Terão direito ao recebimento os detentores de ações com posição acionária de 30 de setembro de 2022.

As ações serão negociadas ex-direitos (sem o valor do JCP) a partir de 03 de outubro de 2022, inclusive.

Even (EVEN3) em 11 de janeiro de 2023

A Even Construtora e Incorporadora aprovou a distribuição de dividendos intercalares no montante total de R$ 31 milhões, representando R$ 0,15001150 para cada ação ordinária (ON).

Terão direito aos dividendos os detentores das ações na data base de 18 de novembro de 2022, inclusive.

As ações serão negociadas “ex-dividendos” a partir de 21 de novembro de 2022, inclusive.

Os dividendos intercalares serão pagos no dia 11 de janeiro de 2023.

Melnick (MELK3) em 11 de janeiro de 2023

A Melnick Desenvolvimento Imobiliário aprovou a distribuição de dividendos intercalares aos acionistas no montante de R$11 milhões, correspondente a R$ 0,05440576904 por ação ordinária (ON), com base lucro apurado no balanço do terceiro trimestre de 2022.

Os dividendos intercalares declarados serão descontados do dividendo mínimo obrigatório relativo ao exercício social que se encerrará em 31 de dezembro de 2022.

Os dividendos serão pagos aos acionistas em 11 de janeiro de 2023, sem incidência de qualquer atualização monetária.

O pagamento terá como beneficiários os acionistas detentores de ações ordinárias na data base de 16 de novembro de 2022.

As ações passarão a ser negociadas ex-dividendos a partir de 17 de novembro de 2022.

Agenda de Dividendos 2023: Melnick paga proventos. Projeto Arte Country Club Bela Vista. Foto: Melnick

2ª parcela da Petrobras (PETR3/PETR4) em 19 de janeiro de 2022

A Petrobras aprovou uma antecipação de R$ 43,7 bilhões em dividendos em 3 de novembro de 2022.

O valor total será de R$ 3,3489 por ação preferencial (PETR4) e ordinária (PETR3) em circulação.

Os dividendos serão pagos em duas parcelas iguais nos meses de dezembro de 2022 e janeiro de 2023, da seguinte forma: a primeira, no valor de R$ 1,67445 por ação preferencial e ordinária em circulação, será paga em 20 de dezembro de 2022. E a segunda, no valor de R$ 1,67445 por ação preferencial e ordinária, será paga em 19 de janeiro de 2023.

A data de corte será no dia 21 de novembro de 2022 para os detentores de ações de emissão da Petrobras negociadas na B3 e o record date será dia 23 de novembro de 2022 para os detentores de ADRs negociadas na New York Stock Exchange (NYSE).

As ações da Petrobras serão negociadas ex-direitos na B3 e na NYSE a partir de 22 de novembro de 2022.

Agenda de dividendos 2023: Petrobras distribui segunda parcela de dividendos em 19 de dezembro.

Randon (RAPT4) em 20 de janeiro de 2023

A Randon informou que, no dia 20 de janeiro de 2023, será iniciado o pagamento de juros sobre o capital próprio (JCP), cuja distribuição foi aprovada em reunião do Conselho de Administração da companhia realizada no dia 15 de dezembro de 2022.

O montante a ser pago é de R$ 94.981.913,90 e corresponde ao valor bruto de R$ 0,28932 por ação ordinária (ON) e preferencial (PN), podendo ser descontado aos dividendos relativos ao exercício social a ser encerrado em 31 de dezembro de 2022, conforme ficar deliberado na Assembleia Geral Ordinária de 2023.

Terão direito ao recebimento dos JCP todos os titulares de ações da companhia na base acionária de 22 de dezembro de 2022, e as ações serão negociadas “ex-direitos” (sem o valor do JCP) a partir de 23 de dezembro de 2022. Os acionistas serão remunerados nas proporções de suas participações, no valor líquido de R$ 0,24592 por ação, já deduzido o Imposto de Renda na Fonte.

Agenda de Dividendos 2023: Randon distribui proventos. Foto: Randon/Divulgação

Taesa (TAEE11) em 23 de janeiro de 2023

A data com dividendos da Taesa será em 10 de janeiro de 2023. As units ficarão “ex-dividendos” a partir de 11 de janeiro de 2023.

A Taesa pagará R$ 460 milhões em dividendos aos seus acionistas, o equivalente a R$ 1,3353 por unit.

O pagamento será realizado em 23 de janeiro de 2023.

Arezzo (ARZZ3) em 30 de janeiro de 2023

Arezzo aprovou a distribuição aos acionistas de juros sobre o capital próprio (JCP) no valor bruto de R$ 82.107.476,20 no total, equivalente a R$ 0,74517524313 por ação, desconsideradas as ações em tesouraria.

Terão direito aos JCP declarados as pessoas inscritas como acionistas da companhia na data-base de 16 de dezembro de 2022. As ações da empresa serão negociadas ex-direitos ao recebimento dos JCP a partir de 19 de dezembro de 2022, inclusive.

O pagamento dos JCP será realizado em uma única parcela, no dia 30 de janeiro de 2023.

Tim Brasil (TIMS3) em 31 de janeiro de 2023

A Tim Brasil (TIMS3) aprovou em setembro de 2022 a distribuição de R$ 480 milhões em juros sobre capital próprio.

O pagamento será feito em duas parcelas, sendo a primeira de R$ 0,0970 por ação em 31 de outubro de 2022 e a segunda de R$ 0,1012 por ação em 31 de janeiro de 2023.

A ação da Tim Brasil fica “ex-direitos” em 22 de setembro de 2022.

Exposição de tecnologia 5G. Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Banco Pine (PINE3/PINE4) em 8 de fevereiro de 2023

O Banco Pine comunicou aos seus acionistas e ao mercado em geral que, em reunião do Conselho de Administração, foi aprovada a distribuição de juros sobre o capital próprio referente ao exercício de 2022 no valor bruto total de R$11.475.392,83 – o que representa um valor bruto de R$ 0,0615496596 por cada ação ordinária (PINE3) e cada ação preferencial (PINE4), observadas, para fins de apuração do valor líquido, as disposições legais atinentes à retenção de Imposto de Renda.

O crédito dos juros sobre o capital próprio ocorrerá em 08 de fevereiro de 2023 e considerará a posição acionária do dia 30 de janeiro de 2023. A partir de 31 de janeiro de 2023 (inclusive), as ações de emissão da companhia serão negociadas “ex” direitos (sem os direitos) a juros sobre capital próprio (JCP).

BTG Pactual (BPAC3/BPAC4/BPAC11) em 15 de fevereiro de 2023

O BTG Pactual aprovou proventos no montante de R$ 750 milhões na forma de juros sobre capital próprio aos seus acionistas.

Os proventos na forma de JCP sofrerão a retenção de 15% referente ao Imposto de Renda na Fonte, nos termos da legislação atual.

O valor bruto é de R$ 0,065353099 por ação ON ou ação PN, sendo o valor líquido é de R$ 0,055550134 por ação ON ou ação PN.

O valor bruto é de R$ 0,196059297 por unit BPAC11, sendo o valor líquido é de R$ 0,166650402 por unit.

Os proventos serão creditados aos acionistas que se encontrarem inscritos nos registros no final do dia 16 de dezembro de 2022. As ações do banco serão negociadas “ex-direitos” a partir de 19 de dezembro de 2022, inclusive.

O pagamento dos juros sobre capital próprio ocorrerá no dia 15 de fevereiro de 2023.

Agenda de Dividendos 2023. Foto: Sede do BTG Pactual em São Paulo.

Cury (CURY3) em 16 de fevereiro de 2023

A Cury Construtora e Incorporadora comunica que o Conselho de Administração aprovou a distribuição de dividendos intermediários no montante total de R$ 60 milhões, sendo esses montantes correspondentes a R$ 0,20697913783 por ação ordinária de emissão da Companhia, excluídas as ações em tesouraria.

O pagamento dos Dividendos obedecerá aos seguintes termos, condições e procedimentos:  Terão direito aos Dividendos ora declarados as pessoas inscritas como acionistas na data-base de 24 de janeiro de 2023, respeitadas as negociações realizadas até essa data, inclusive. As ações serão negociadas “ex-dividendos” a partir de 25 de janeiro de 2023, inclusive.

O pagamento dos Dividendos no Brasil será realizado em moeda corrente nacional, em uma única parcela, no dia 16 de fevereiro de 2023.

 Não haverá atualização monetária ou incidência de juros entre a data da declaração dos Dividendos e a data do seu efetivo pagamento.

Na data do pagamento dos dividendos, a companhia creditará o dividendo devido a cada acionista, segundo o número de ações ordinárias de sua titularidade na data-base de 24 de janeiro de 2023 (respeitadas as negociações realizadas até esse dia, inclusive), de acordo com o domicílio bancário fornecido a Itaú Corretora, instituição responsável pela escrituração das ações da companhia.

Klabin (KLBN11) em 22 de fevereiro de 2023

A Klabin aprovou o montante bruto de R$ 36 milhões em juros sobre capital próprio (JCP) aos seus acionistas. O valor correspondente às ações ordinárias (ON) e preferenciais (PN) é de R$ 0,00654303957 por ação, e de R$ 0,03271519785 por unit.

O pagamento de JCP será realizado em 22 de fevereiro de 2023 e as ações são negociadas “ex-direitos” (sem o valor do JCP) desde 21 de dezembro de 2022.

Agenda de Dividendos 2023: Klabin distribui dividendos em 22/02/2023. Foto: Banco de imagens Klabin.

PagueMenos (PGMN3) em 13 de março de 2023

A rede de farmácias PagueMenos (PGMN3) distribuirá o valor de R$ 82 milhões em juros sobre capital próprio (JCP) aos seus acionistas.

O montante corresponde ao valor bruto de R$ 0,1861258851 por ação ordinária (desconsiderando-se, para fins desse cálculo, ações mantidas em tesouraria), cujo valor líquido de R$ 69,7 milhões, correspondendo ao valor líquido de R$ 0,1582070023 por ação, será descontado do dividendo mínimo obrigatório do exercício social encerrado em 31 de dezembro de 2022, nos termos do artigo 35 do estatuto social da companhia.

Imposto de Renda: O pagamento deste JCP está sujeito à incidência de 15% de imposto de renda na fonte, exceto para os acionistas que sejam comprovadamente isentos ou imunes.

Data base: Terão direito ao JCP todos os acionistas detentores de ações ordinárias de emissão da Companhia ao final do pregão na data base de 27 de janeiro de 2023.

Ex-JCP: As negociações de ações da Companhia, a partir de 30 de janeiro de 2023, inclusive, serão realizadas na condição “ex-JCP”.

Pagamento: Os JCP serão pagos em 13 de março de 2023, sem que seja devida qualquer atualização monetária ou remuneração correspondente entre a data de declaração e de efetivo pagamento.

Agenda de Dividendos 2023: PagueMenos distribui JCP em 13 de março de 2023.

Iochpe-Maxion (MYPK3) até 15 de março de 2023

A Iochpe Maxion (MYPK3) aprovou a distribuição de juros sobre capital próprio no montante bruto de R$ 30.045.166,34 no total, correspondente ao valor bruto de R$ 0,1983575 por ação – os quais estarão sujeitos à retenção do Imposto de Renda na fonte, quando aplicável, nos termos da legislação vigente.

A data de corte que identificará os acionistas que farão jus ao recebimento de JCP será 03 de outubro de 2022. Assim, as ações serão negociadas na condição de “ex-proventos” a partir de 04 de outubro de 2022.

O respectivo pagamento será realizado até 31 de março de 2023, preferencialmente na mesma data de pagamento do dividendo obrigatório referente ao exercício social de 2022, sendo que o valor dos referidos juros não sofrerá atualização monetária alguma.

Weg (WEGE3) em 15 de março de 2023

Em reunião realizada em 20 de setembro de 2022, o Conselho de Administração da Weg aprovou o pagamento no valor total de R$ 185.118.326,49 em juros sobre capital próprio. O valor pago como JCP será descontado do montante de dividendos obrigatórios conforme determina o artigo 37 do Estatuto Social da WEG.

O valor bruto declarado pela Weg em JCP correspondente a R$ 0,044117647 por ação. O pagamento será realizado aos detentores titulares de ações da Weg em 23 de setembro de 2022. De 26 de setembro de 2022 em diante, as ações serão negociadas “ex-direitos”.

O pagamento ocorrerá em 15 de março de 2023 e será feito pelo valor líquido de R$ 0,03750 por ação, já deduzido o Imposto de Renda na fonte de 15% – exceto para os acionistas que comprovarem até 23 de setembro de 2022, junto ao Banco Bradesco, sua condição de imunes ou de desobrigadas da retenção por disposição legal.

Agenda de Dividendos de 2023: Weg distribui proventos na forma de JCP. Foto: Weg RI

Santander Brasil (SANB11) em 6 de março de 2023

O Santander aprovou a distribuição de Juros sobre o Capital Próprio (JCP) com base no saldo da Reserva de Equalização de Dividendos, no montante bruto de R$ 1,7 bilhão, que, após deduzido o valor relativo ao Imposto de Renda Retido na Fonte (“IRRF”), na forma da legislação em vigor, importam o valor líquido de R$ 1,445 bilhão, com exceção dos acionistas imunes ou isentos.

O valor bruto é de R$ 0,457629222067 por unit. Já o valor líquido após a cobrança do Imposto de Renda na fonte é de R$ 0,38898483757 por unit.

Farão jus aos Dividendos e aos Juros sobre o Capital Próprio, ora aprovados, os acionistas que se encontrarem inscritos nos registros da Companhia no final do dia 26 de janeiro de 2023 (inclusive). Dessa forma, a partir de 27 de janeiro de 2023 (inclusive), as ações da Companhia serão negociadas “Ex-Juros Sobre Capital Próprio”.

Os Juros sobre o Capital Próprio aprovados serão pagos a partir do dia 6 de março de 2023, e imputados integralmente aos dividendos obrigatórios a serem distribuídos pela companhia referentes ao exercício de 2023, sem nenhuma remuneração a título de atualização monetária.

Track&Field (TFCO3/TFCO4) em 30 de março de 2023

Track&Field (TFCO4) distribui lucro na forma de juros sobre capital próprio no montante de R$ 8,65 milhões aos seus acionistas. O valor bruto do JCP é equivalente a R$ 0,005530863872 por ação ordinária (ON) e R$ 0,055308638718 por ação preferencial (PN).

O pagamento ocorrerá em 30 de março de 2023 na proporção da participação de cada acionista, com retenção do Imposto de Renda na fonte, exceto para aqueles que já sejam comprovadamente imunes ou isentos.

Terão direito ao pagamento os acionistas titulares de ações da companhia na data de 05 de outubro de 2022. A partir de 06 de outubro de 2022, as ações da Track&Field serão negociadas “ex-direitos”, ou seja excluindo o valor do JCP da ação.

Agenda de Dividendos 2023: Track&Field (TFCO3/TFCO4) distribuirá proventos. Foto: Track & Field.

Vamos (VAMO3) em 4 de abril de 2023

O Grupo Vamos aprovou o valor bruto total de R$ 266 milhões em juros sobre capital próprio (JCP), correspondente a R$ 0,261442265 por ação.

Terão direito aos JCP os detentores de ações de emissão da companhia, conforme posição acionária de 26 de dezembro de 2022. As ações serão negociadas “ex-direitos” (sem o JCP) a partir de 27 de dezembro de 2022, inclusive.

O pagamento será realizado em 4 de abril de 2023, “ad referendum” da Assembleia Geral Ordinária (AGO) que aprovar as contas do exercício de 2022.

Marcopolo (POMO3/POMO4) em 4 de abril de 2023

A Marcopolo aprovou o pagamento de juros sobre o capital próprio (JCP) a todos os acionistas da companhia, por conta do exercício de 2022, à razão de R$ 0,142 por ação, sendo que, do referido valor será retido o Imposto de Renda na Fonte, conforme legislação em vigor.

Terão direito ao recebimento dos juros sobre o capital próprio (JCP) os acionistas inscritos no dia 26 de dezembro de 2022, e serão pagos a partir do dia 04 de abril de 2023. As ações da companhia passarão a ser negociadas “ex-direitos” (sem o valor do JCP) a partir do dia 27 de dezembro de 2022.

Movida (MOVI3) em 5 de abril de 2023

A Movida aprovou o valor bruto total de R$ 54,9 milhões em juros sobre capital próprio (JCP), correspondente a R$ 0,151804654 por ação.

Terão direito ao recebimento de JCP os detentores de ações de emissão da companhia, conforme posição acionária de 26 de dezembro de 2022. As ações serão negociadas “ex-direitos” (sem o JCP) a partir de 27 de dezembro de 2022, inclusive.

O pagamento será realizado em 05 de abril de 2023, “ad referendum” da Assembleia Geral Ordinária (AGO) que aprovar as contas do exercício de 2022.

Raia Drogasil (RADL3) até 31 de maio de 2023

Raia Drogasil distribui proventos no montante de R$ 90 milhões na forma de juros sobre capital próprio (JCP), o equivalente a R$ 0,0546 por ação.

As ações ficam “ex-direitos” (sem o valor do JCP) em 8/12/2022. O pagamento será até 31/05/2023.  

Agenda de Dividendos 2023: Raia Drogasil distribui proventos até 31 de maio de 2023.

Cemig (CMIG3/CMIG4) em 30 de junho de 2023

A Cemig (CMIG3/CMIG4) informou que pagará a primeira parcela de R$ 0,08020815 por ação na forma de juros sobre capital próprio em 30 de junho de 2023.

O pagamento será feito para investidores com posição acionária em 24 de junho de 2022.

Nessa distribuição de proventos serão R$ 353 milhões em JCP. O valor bruto por ação é R$ 0,160416299 a ser compensado com o dividendo mínimo obrigatório de 2022, com retenção de 15% de Imposto de Renda na fonte, ressalvados os acionistas dispensados de tal nos termos da legislação em vigor.

Em novo aviso aos acionistas em 20 de setembro de 2022, a Cemig informou que pagará R$ 471,5 milhões em juros sobre capital próprio aos seus acionistas, o equivalente a R$ 0,21 por ação.

Terão direito ao recebimento os acionistas detentores de ações ordinárias (ON) e preferenciais (PN) com posição no dia 23 de setembro de 2022.

As ações ficarão “ex-direitos” (sem o valor do JCP) em 26 de setembro de 2022. A Cemig programou o pagamento em duas parcelas iguais, sendo a primeira até 30 de junho de 2023 e a segunda até 30 de dezembro de 2023.

Em dezembro de 2022, em um terceiro Aviso aos Acionistas, a Cemig informou um novo pagamento de proventos no montante de R$ 398,607 milhões na forma de juros sobre capital próprio aos seus acionistas.

O valor bruto é de R$0,18114181218 por ação, a ser compensado com o dividendo mínimo obrigatório do exercício de 2022, com retenção de 15% de IR na fonte, ressalvados os acionistas dispensados de tal retenção, nos termos da legislação em vigor.

Terão direito ao pagamento de JCP os acionistas detentores de ações ordinárias (ON) e preferenciais (PN) na data de 21 de dezembro de 2022. As ações da Cemig ficam “ex-direitos” (sem o valor de JCP na ação) a partir de 22 de dezembro de 2022.

Esse terceiro pagamento aprovado será realizado em duas parcelas iguais, sendo a primeira até 30 de junho de 2023 e a segunda até 30 de dezembro de 2023.

Multiplan (MULT3) em 30 de junho de 2023

Multiplan aprovou o pagamento de R$ 145 milhões também em juros sobre capital próprio, o equivalente a R$ 0,25 por ação.

O pagamento será feito até 30 de junho de 2023 aos investidores com posição acionária em 24 de junho de 2022, sendo que as ações da companhia serão negociadas “ex juros” (sem esse valor de JCP) a partir de 27 de junho de 2022.

Agenda de Dividendos 2023: Multiplan distribui lucro. Foto: Park Shopping Barigui, Dario Zarlis/Multiplan.

Telefônica Vivo (VIVT3): JCP 1 em 31 de julho de 2023

A Telefônica Vivo (VIVT3) comunicou que pagará R$ 0,28712558 por ação na forma de JCP em 31 de julho de 2023.

O pagamento será realizado para investidores com posição acionária em 30 de junho de 2022.

De acordo com o aviso da Vivo, o montante bruto é de R$ 480 milhões com retenção de IR na fonte à alíquota de 15%. Resultando em R$ 408 milhões, com base no balanço patrimonial de 31 de maio de 2022.

Telefônica Vivo (VIVT3): JCP2 em 31 de julho de 2023

Além do JCP já informado, a Telefônica (VIVT3) também comunicou que distribuirá proventos no montante bruto de R$ 300 milhões na forma de juros sobre capital próprio aos seus acionistas.

Segundo o Aviso ao Mercado publicado em 19 de agosto de 2022, após a retenção de 15% do Imposto de Renda na fonte, o montante líquido corresponde a R$ 255 milhões, com base no balanço patrimonial de 31 de julho de 2022.

Conforme previsto no artigo 26 do estatuto social da companhia, tais juros serão descontados do montante de dividendo mínimo obrigatório do exercício social de 2022, ad referendum da Assembleia Geral de Acionistas a ser realizada em 2023.

O valor bruto do JCP corresponde a R$ 0,17961450011 por ação VIVT3.

Os valores por ação dos juros sobre capital próprio poderão sofrer ajustes futuros, até 31 de agosto de 2022, em função de eventuais aquisições de ações dentro do programa de recompra de ações da companhia para permanência em tesouraria, para posterior alienação ou cancelamento.

Após a retenção do IR na fonte, o valor líquido do JCP corresponde a R$ 0,15267232509 por ação.

O crédito dos juros sobre capital próprio será realizado de forma individualizada a cada acionista, com base na posição acionária constante nos registros da Telefônica ao final de 31 de agosto de 2022.

As ações serão negociadas “ex-direitos” a partir de 01 de setembro de 2022, ou seja, serão consideradas “ex-juros” (sem o valor do JCP na ação).

O pagamento desse provento será realizado até 31 de julho de 2023, com data exata a ser definida pela
Diretoria da Telefônica Brasil.

Agenda de Dividendos 2023: Telefônica Vivo (VIVT3) distribui proventos.

Multiplan (MULT3) até 29 de dezembro de 2023

A  Multiplan aprovou a distribuição de juros sobre o capital próprio (JCP), no montante bruto de R$ 175 milhões, correspondente a R$ 0,29900117547 por ação, sujeito à retenção de 15% de Imposto de Renda na fonte.

Terão direito ao recebimento de JCP os acionistas inscritos nos registros da companhia em 26 de dezembro de 2022, sendo que as ações serão negociadas “ex-direitos” (sem o valor do JCP) a partir de 27 de dezembro de 2022. O pagamento será realizado aos acionistas até 29 de dezembro de 2023.

Cemig (CMIG3/CMIG4) até 29 de dezembro de 2023

A Cemig (CMIG4) informou que também pagará a segunda parcela de R$ 0,08020815 por ação na forma de juros sobre capital próprio em 29 de dezembro de 2023.

O pagamento será feito para investidores com posição acionária em 24 de junho de 2022.

Cemig (CMIG3/CMIG4) até 30 de dezembro de 2023

A Cemig também programou uma segunda parcela de JCP de R$ 0,106 por ação ON e por PN (CMIG3/CMIG4) aprovada em 20 de setembro de 2022 para ser efetuado até 30 de dezembro de 2023.

Terão direito ao recebimento os acionistas detentores de ações ordinárias (ON) e preferenciais (PN) com posição no dia 23 de setembro de 2022.

As ações ficarão “ex-direitos” (sem o valor do JCP) em 26 de setembro de 2022.

Neoenergia (NEOE3) até 31 de dezembro de 2023

A Neoenergia, aprovou, em reunião realizada em 13/12/2022, a deliberação de Juros sobre Capital Próprio, com base nos resultados do segundo semestre de 2022, apurados até 31 de dezembro de 2022, no valor de R$ 308,249 milhões, correspondentes a R$ 0,2539543586 por ação ordinária.

O pagamento será realizado até 31 de dezembro de 2023 sem atualização monetária, com base na posição acionária de 04 de janeiro de 2023. A partir de 05 de janeiro de 2023, as ações passarão a ser negociadas ex-direitos.

Coelba (CEEB3/CEEB5/CEEB6) até 31 de dezembro de 2023

A Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba) aprovou o valor de R$ 107,062 milhões, correspondentes a R$ 0,3959628844 por ação ordinária (ON), R$ 0,3959628844 por ação preferencial classe A (PNA) e R$ 0,4355591728 por ação preferencial classe B (PNB).

O pagamento será realizado até 31 de dezembro de 2023 sem atualização monetária, com base na posição acionária de 04 de janeiro de 2023. A partir de 05 de janeiro de 2023, as ações passarão a ser negociadas ex-direitos (sem o valor do JCP).

Pagamentos em 2023 sem data definida

Bradespar (BRAP3/BRAP4)

A Bradespar aprovou o valor de R$ 65 milhões em juros sobre o capital próprio (JCP), sendo R$0,155276803 por ação ordinária (ON) e R$0,170804483 por ação preferencial (PN). A companhia esclarece que os mencionados JCP serão pagos pelos valores líquidos de R$0,131985283 por ação ON e R$ 0,145183811 por ação PN, considerando a dedução do Imposto de Renda na Fonte de 15%.

Terão direto ao recebimento os acionistas que estiverem inscritos nos registros da companhia em 26 de dezembro de 2022, passando as ações a ser negociadas “ex-direitos” (sem o valor do JCP) a partir de 27 de dezembro de 2022.

A Bradespar informa que a data do pagamento dos juros sobre o capital próprio ora aprovados será deliberada em momento oportuno.

Sanepar (SAPR3/SAPR4/SAPR11)

A Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) aprovou valor bruto de R$ 278.416.914,89 em juros sobre capital próprio (JCP), equivalente a R$ 0,172720292 por ação ordinária (ON) e R$ 0,189992322 por ação preferencial (ON) e R$ 0,932689579 por unit.

O montante será distribuído com base na posição acionária de 29 de dezembro de 2022. A partir de 02 de janeiro de 2023, as ações serão negociadas ex-direitos (sem o valor do JCP).

A disponibilização financeira dos respectivos valores ocorrerá em data a ser definida em Assembleia Geral Ordinária (AGO) prevista para 20 de abril de 2023.

Hypera (HYPE3)

Na Agenda de Dividendos 2023, a Hypera informou que aprovou um pagamento de R$ 194,7 milhões em JCP, o equivalente a R$ 0,3077 por ação ON. A ação ficou ex-juros (sem o valor dos JCP) em 28 de junho de 2022.

Esse primeiro pagamento informado será realizado até o final do exercício social de 2023, em data a ser divulgada pela companhia e está sujeito à retenção de IR na fonte, exceto para os acionistas que sejam comprovadamente imunes ou isentos.

Para esse fim, os acionistas deverão encaminhar os documentos comprobatórios da isenção ou imunidade tributária para o escriturador: Banco Bradesco, Departamento de Ações e Custódia, Escrituração de Ativos, Cidade de Deus, S/N, prédio amarelo, segundo andar. Osasco – SP, CEP 06029-900, até o dia 30 de junho de 2022.

Em um segundo Aviso aos Acionistas em 23 de setembro de 2022, a Hypera informou que aprovou a distribuição de juros sobre capital próprio, de R$ 0,30767 por ação ordinária, com retenção de IR na fonte, equivalente ao montante total bruto de R$ 194.774.911,64 aos acionistas.

Esse segundo pagamento dos juros sobre capital próprio será realizado até o final do exercício social de
2023, em data a ser oportunamente definida pela companhia, com base na posição acionária
constante nos registros da companhia ao final de 28 de setembro de 2022.

As ações serão negociadas “ex-juros sobre capital próprio” a partir de 29 de setembro de 2022, inclusive. Entre a data desse Aviso aos Acionistas e a do pagamento não incidirá qualquer atualização monetária sobre o montante declarado.

Grazziotin (CGRA3/CGRA4)

A Grazziotin comunicou em 16 de setembro de 2022 que declarou o crédito de juros sobre o
capital próprio relativo ao exercício de 2022, no valor bruto de R$ 12 milhões, cujo valor líquido sem Imposto de Renda resultará em R$ 10,2 milhões.

Para cada ação, ordinária e preferencial, o valor bruto a ser creditado será de R$ 0,620255 e o líquido será de R$ 0,527217 excetuados dessa retenção, os acionistas que sejam comprovadamente imunes.

O pagamento será realizado sem correção e a data do pagamento será fixada pela Assembleia Geral de Acionistas de 2023, que será convocada para aprovar as demonstrações financeiras e a proposta da destinação do resultado do exercício de 2022.

O valor dos juros sobre o capital próprio acima informado será imputado ao valor dos dividendos obrigatórios do exercício de 2022. Nos termos da legislação, os juros serão pagos de forma individualizada a cada acionista, com base na posição acionária do dia 21 de setembro de 2022.

Sendo que, a partir do dia 22 de setembro de 2022, inclusive, as ações da companhia passarão a ser
negociadas “ex” direito ao pagamento dos juros ora declarado. Será informado ao mercado em geral a data de pagamento do JCP após a definição da Assembleia Geral Ordinária de 2023.

Para esclarecer dúvidas, os acionistas poderão contatar a área de Relação com Investidores pelo e-mail: investidor@grazziotin.com.br.

Celesc (CLSC4)

O montante aprovado pela Celesc a título de juros sobre capital próprio é de R$ 42,005 milhões, à razão de R$ 1,027628410 por ação ordinária e R$ 1,130391250 por ação preferencial.

Farão jus aos JCP os detentores de ações de emissão da Companhia em 30 de setembro de 2022, sendo as ações da companhia negociadas “ex-juros sobre capital próprio” a partir de 03 de outubro de 2022.

Os valores dos juros serão distribuídos sem atualização monetária e estarão sujeitos ao IR na fonte, à alíquota de 15%, exceto para os acionistas comprovadamente imunes ou isentos, nos termos da legislação fiscal em vigor.

A data e a forma de pagamento dos juros sobre capital próprio aos acionistas serão deliberadas oportunamente pelo Conselho de Administração ou pela Assembleia Geral de Acionistas e o pagamento será realizado em duas parcelas.

No valor de R$ 21.002.688,16, na primeira parcela de R$ 0,513814205 por ação ordinária (ON) e R$ 0,565195625 por ação preferencial (PN). Enquanto a segunda, também, no montante de R$ 21.002.688,16 (50%), sendo pago R$ 0,513814205 por ação ON e R$ 0,565195625 por ação PN.

Guararapes (GUAR3)

A Guararapes Confecções (GUAR3) informou o pagamento de juros sobre capital próprio no valor bruto de R$ 10.033.868,54 sujeito ao IR retido na fonte.

Esse montante é correspondente a R$ 0,0201 por ação, considerando a quantia de 499.197.440 ações ordinárias, das quais já foram excluídas as ações em tesouraria, sendo que a data do pagamento será deliberada na Assembleia Geral Ordinária de 2023.

De acordo com a legislação vigente, receberão os juros os investidores detentores de ações em 27 de setembro de 2022. Dessa forma, a partir de 28 de setembro de 2022 (inclusive), as ações da Guararapes ficaram “ex-direitos” (sem o valor de JCP na ação).

(*) Fontes de conteúdo: CVM, B3 e sites de RI das companhias citadas.

O Blog do Grana é a página de conteúdo informativo do aplicativo Grana Capital, parceiro da B3 para ajudar os investidores com o Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF).

Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais:
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Receba em primeira mão nossas novidades

Assine nossa Newsletter

Baixe já nosso App