Walmart (WALM34) informa seletividade dos consumidores nas compras

Share on twitter
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin

Walmart (WALM34) informa seletividade dos consumidores

O Walmart (WALM34) informa seletividade dos consumidores nas compras. O comprador americano ainda está se sentindo pressionado pela inflação, mas os efeitos ainda não estão sendo sentidos uniformemente nas categorias, disse o CEO do Walmart, Doug McMillon. 

Os consumidores estão sendo mais seletivos em suas compras e pulando alguns eletrônicos, por exemplo, em favor de produtos básicos. 

Nos últimos dois trimestres, o executivo disse que grande parte do crescimento da empresa veio de pessoas que estão indo ao Walmart para economizar dinheiro.

Walmart
Divulgação: Walmart

Relatório XP Radar Global sobre Walmart (WALM34)

Segundo relatório XP Radar Global, o Walmart está entre uma série de varejistas que viram uma mudança nos padrões de compras à medida em que a inflação aumenta o preço dos produtos. Para a varejista, isso trouxe desafios e oportunidades. Como a maior mercearia do país, o Walmart usou mantimentos de baixo preço para atrair clientes – incluindo os mais ricos. Cerca de 75% de seus ganhos de participação de mercado em supermercados vieram de compradores com uma renda familiar anual de mais de US$ 100 mil nos últimos dois trimestres.

Como se beneficia de seu negócio de mercearia, no entanto, ficou mais difícil para o Walmart vender itens mais caros e itens discricionários. No mês passado, o diretor financeiro do Walmart, John David Rainey, disse à CNBC que as pessoas estão comprando proteínas mais baratas, como cachorros-quentes, feijão e manteiga de amendoim, no lugar de carnes mais caras. Eles estão esperando por promoções ao comprar itens caros, como TVs, e adquirindo menos roupas e utensílios domésticos, disse ele.

O Walmart atualizou sua previsão neste verão para refletir essa dinâmica. A companhia cortou sua perspectiva de lucro em julho, uma vez que os consumidores compraram menos itens discricionários e de margens mais altas. Por outro lado, elevou sua projeção de faturamento ​​por causa das vendas de supermercado mais fortes do que o esperado. O Walmart disse que antecipa que as vendas comparáveis nos EUA aumentarão cerca de 3%, excluindo combustível, no trimestre de férias. O número ficou levemente abaixo das expectativas de crescimento de 3,5% de Wall Street, de acordo com a StreetAccount.

(*) Fonte de conteúdo: XP Radar Global.

O Blog do Grana é a página de conteúdo informativo do aplicativo Grana Capital, parceiro da B3 para ajudar os investidores com o Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF).

Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais:
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Receba em primeira mão nossas novidades

Assine nossa Newsletter

Baixe já nosso App