Netflix (NFLX34) terá planos de assinatura com anúncios

Share on twitter
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin

Netflix (NFLX34) terá planos com anúncios

Netflix (NFLX34) terá planos de assinatura com anúncios no futuro, disse o co-presidente executivo da empresa, Ted Sarandos, apenas algumas semanas após a gigante do streaming lançar sua primeira versão do serviço. Para os telespectadores que não querem ver comerciais, a Netflix já oferece vários planos com preços que variam de US$ 9,99 por mês a US$ 19,99 por mês.

Netflix. Foto: Tumisu/Pixabay

Relatório XP Radar Global sobre Netflix (NFLX34)

Segundo relatório XP Radar Global, a Netflix provavelmente fará o mesmo com seu modelo de publicidade à medida que o negócio se desenvolva, disse Sarandos na conferência do UBS TMT.

Depois de resistir à publicidade em sua plataforma por anos, a Netflix lançou, no mês passado, uma opção mais barata de US$ 6,99 com comerciais em parceria com a Microsoft. A mudança ocorre no momento em que a Netflix enfrenta pressão para encontrar novas maneiras de expandir seu faturamento, à medida que o crescimento de assinantes diminui e a concorrência se intensifica.

A Netflix precificou sua opção “básica com anúncios” logo abaixo dos preços de seus concorrentes. Os assinantes do serviço assistem a uma média de quatro a cinco minutos de comerciais a cada hora e não podem baixar filmes ou séries de TV. 

Certo número limitado de produtos não está inicialmente disponível no plano com anúncios devido a restrições de licenciamento, mas Sarandos disse, na terça-feira, que cerca de 90% do conteúdo está incluso e as negociações começarão em breve para incluir o restante.

Em outro esforço para aumentar a receita, Sarandos também comunicou que a empresa se concentrará no compartilhamento de senhas em 2023. A empresa anunciou que mais de 100 milhões de lares, incluindo 30 milhões nos EUA, estão usando uma senha compartilhada. Sarandos comparou a próxima repressão ao compartilhamento de senhas com o aumento dos preços, o que, segundo ele, não deixará os consumidores felizes. É por isso que a empresa está se concentrando em como resolver o problema de uma maneira que os clientes “vejam o valor da Netflix”.

(*) Fonte de conteúdo: XP Radar Global.

O Blog do Grana é a página de conteúdo informativo do aplicativo Grana Capital, parceiro da B3 para ajudar os investidores com o Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF).

Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais:
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Receba em primeira mão nossas novidades

Assine nossa Newsletter

Baixe já nosso App