Multiplan (MULT3) apresenta queda após operação da PF para coibir atos antidemocráticos

Share on twitter
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin

Multiplan (MULT3) apresenta queda

Multiplan (MULT3) apresenta queda de 2,56%, a R$ 25,10 por ação, a maior baixa do Ibovespa em 23 de agosto de 2022, após operação da Polícia Federal para coibir o financiamento de atos antidemocráticos no País.

São alvo dos mandados os empresários:

  • Afrânio Barreira Filho, do restaurante Coco Bambu;
  • Ivan Wrobel, da Construtora W3;
  • José Isaac Peres, da rede Multiplan de Shoppings;
  • José Koury, do Barra World Shopping;
  • Luciano Hang, das Lojas Havan;
  • Luiz André Tissot, Grupo Sierra;
  • Marco Aurélio Raymundo, da Mormai;
  • Meyer Joseph Nirgri, da Tecnisa;

De acordo com informações da Agência Reuters e de veículos da grande imprensa, mensagens dos oito empresários em uma rede social evidenciavam apoio para um golpe no caso de vitória do principal adversário do atual governo. Em resposta aos principais veículos da grande imprensa, os empresários e advogados dos empresários alegaram “perseguição política”.

Sede da Polícia Federal em Brasília. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Camil (CAML3) compra Mabel

CAML3 disparou 2,68%, a R$ 10,35 por ação.

Camil (CAML3) compra Mabel, e entra no segmento de biscoitos, e o licenciamento da marca “Toddy” para cookies por dez anos no Brasil.

A Camil celebrou junto à Pepsico do Brasil o contrato de compra para a aquisição da totalidade das quotas de emissão CIPA Industrial de Produtos Alimentares Ltda e da CIPA Nordeste Industrial de Produtos Alimentares Ltda.

As empresas adquiridas detém a fabricação de biscoitos da marca principal “Mabel”, além das marcas “Doce Vida”, “Mirabel”, “Elbi’s” e “Pavesino”. Fazem parte da transação as plantas industriais de Aparecida de Goiânia (GO) e Itaporanga D’Ajuda (SE), operadas por aproximadamente 800 colaboradores.

Além dessa aquisição, a transação também estabelece o licenciamento pela Pepsico para a Camil da marca “Toddy” para cookies pelo prazo de dez anos. Assim como a aquisição dos ativos que compõem a linha de produção da marca “Toddy” para cookies.

A Mabel é uma das marcas de biscoitos mais tradicionais e renomadas do Brasil, com liderança de vendas em rosquinhas no País e segunda marca em Top of Mind. A marca Toddy representa a segunda marca em vendas de cookies no Brasil, com lembrança de marca acima de 98% para o consumidor.

Além das marcas principais, a aquisição também atua com um portfólio de marcas desenhadas para atender às demandas de preços de diferentes nichos de consumidores (Doce Vida, Mirabel, Elbi’s e Pavesino).

A aquisição reforça a estratégia de expansão geográfica para crescimento da Camil em regiões complementares às operações atuais, bem como inclui no portfólio produtos de alto valor agregado, com sinergias atreladas ao modelo de negócios de cross-selling (vendas cruzadas) e ganhos de escala da Camil, assim como pela complementariedade com os negócios de massas recém-adquiridos pela companhia.

Essa aquisição, em conjunto com as realizadas de novas categorias e países em 2021, reforça novamente a estratégia de expansão da companhia de identificar, adquirir e integrar operações e ativos estratégicos para expansão do portfólio de marcas e produtos na América Latina, dando preferência por marcas líderes no mercado.

Segundo a Camil, a diversidade de negócios, além de reduzir o risco e aumentar a sinergia estrutural e de custos, permite ganhos de escala e maior “expertise” em diferentes modelos de distribuição, suprimentos e trade marketing.

Camil (CAML3) compra a Mabel e licencia a marca “Toddy” para cookies por 10 anos no Brasil. Foto: Camil

Notas de mercado

Aqui, no Blog do Grana, você terá informações sobre os principais assuntos da Bolsa brasileira (B3) de acordo com relatórios* de mercado.

Oi (OIBR4)

OIBR4 caiu 0,89%, a R$ 1,11 por ação PN.

Oi vendeu oito mil torres de telefonia fixa à Highline por R$ 1,7 bilhão.

Assaí (ASAI3)

ASAI3 recuou 0,89%, a R$ 17,86 por ação.

Assaí captará R$ 600 milhões em títulos de dívida corporativa (debêntures).

Enauta (ENAT3)

ENAT3 subiu 1,68%, a R$ 15,76 por ação.

Enauta produziu 268 mil barris de óleo equivalente em julho.

Petrobras (PETR3/PETR4), 3R Petroleum (RRRP3) e PetroRio (PRIO3)

PETR3 subiu 3,76%, a R$ 37,22 por ação ON.

PETR4 avançou 3,18%, a R$ 33,44 por ação PN.

RRRP3 disparou 6,08%, a R$ 36,31 por ação.

PRIO3 saltou 7,22%, a R$ 25,11 por ação.

O preço do petróleo do tipo Brent (do Mar do Norte) avançou 3,87%, a US$ 100,22 por barril. Já o preço do petróleo do tipo WTI (do Texas/EUA) subiu 3,74%, a US$ 93,74 o barril.

As altas ocorreram após o ministro da Energia da Arábia Saudita dizer que a Opep+ pode reduzir a produção de petróleo em meio à recente volatilidade no mercado.

Viveo (VVEO3)

VVEO3 subiu 1,26%, a R$ 16,11 por ação ON.

Viveo comprou a empresa de produtos cirúrgicos Neve e a de nutrição Nutifica, por R$ 110 milhões.

Fundada em 1986, a Neve conta com 400 colaboradores e atende mais de 1,5 mil hospitais pelo Brasil. Possui quatro linhas de produtos: cirúrgica, ortopédica, paramentação e linha de proteção, que são fabricadas em uma moderna fábrica em Bragança Paulista, interior do estado de São Paulo.

“A Neve agregará produtos de alto desempenho complementando nosso portfólio atual de materiais, que já conta com produtos fabricados pela Cremer e outras marcas distribuídas por nós. Assim seguimos com foco em simplificar o mercado de saúde e nos consolidarmos como a melhor plataforma one stop shop para nossos clientes”, reforça Leonardo Byrro, CEO da Viveo.

Outra aquisição anunciada foi a Nutrifica, especializada no comércio de nutrição enteral e parenteral, com manipulação de fórmulas de uso humano. “A Nutrifica adiciona mais uma geografia na tese de manipulação de soluções estéreis, reforçando o canal de serviços”, explica Leonardo Byrro.

A Viveo já tinha anunciado investimentos de R$ 535 milhões na aquisição de três manipuladoras, focadas principalmente em nutrição, diálise e quimioterápicos e o anúncio da aquisição da Nutrifica complementa esse segmento. A Viveo com a aquisição dessas companhias inicia no segmento como a maior manipuladora do hemisfério sul.

As aquisições anunciadas hoje irão contribuir com R$ 122 milhões de receita líquida e R$ 22 milhões de EBITDA ao ecossistema da Viveo.

Vale (VALE3)

VALE3 saltou 6,41%, a R$ 70,21 por ação ON.

O preço do minério de ferro avançou na Ásia com medidas de estímulo do governo chinês.

ETFs, BDRs e ações globais

ETF de Ibovespa (BOVA11) e ETF de S&P 500 (IVVB11)

O principal ETF de Ibovespa (BOVA11) subiu 2,22%, a R$ 109,10 por cota. O Ibovespa avançou 2,13%, aos 112.857,10 pontos.

O principal ETF de S&P 500 (IVVB11) caiu 1,51%, a R$ 231,41 por cota. Em Nova York (EUA), o índice S&P 500 teve queda de 0,22%, aos 4.128,73 pontos.

O índice Dow Jones recuou 0,47%, aos 32.909,59 pontos. Já o Nasdaq Composite fechou praticamente estável, em leve baixa de 0,03%, aos 12.381,3 pontos.

“Os mercados globais estão sentindo o peso da chegada do Simpósio Jackson Hole, em Wyoming (EUA), que terá declarações de dirigentes do Federal Reserve (FED, o BC dos EUA), além de incertezas na Europa com a crise de energia. Tivemos a alta do petróleo com sinalizações da Arábia Saudita que reduzir a produção, e na China, estímulos que impulsionam o minério de ferro – gerando um dia positivo para commodities no Brasil”, observou Camila Abdelmalack, economista chefe da Veedha Investimentos.

As maiores contribuições para alta do Ibovespa em 23 de agosto de 2022 vieram de: Vale (VALE3), Petrobras (PETR4, PETR3), Americanas (AMER3) e Gerdau (GGBR4), de acordo com informações da Genial Investimentos. Além da Petrobras e da Vale, já citadas, Americanas (AMER3) saltou 15,91%, a R$ 18,50 por ação, e Gerdau (GGBR4) avançou 5,96%, a R$ 24,52 por ação PN.

Amazon (AMZO34)

Amazon está na disputa para adquirir a Signify Health, companhia de análise de dados e tecnologia para ajudar planos de saúde, grupos médicos e sistemas de saúde.

No Brasil, o recibo da ação da Amazon (AMZO34) caiu 0,64%, a R$ 34,09 por BDR negociado na B3.

Zoom (Z1OM34)

Os resultados da Zoom mostraram que sua transição para uma plataforma de negócios corporativos levará mais tempo do que o esperado, de acordo com relatório XP Radar Global.

No Brasil, o recibo da ação da Zoom (Z1OM34) desabou 15,51%, a R$ 16,94 por BDR negociado na B3.

(*) Fontes de conteúdo e relatórios consultados: CVM, B3, Avenue Intelligence, Banco ABC Brasil, BTG Pactual, Camil RI, Genial Investimentos, Guide Investimentos, Terra Investimentos, Toro Investimentos, Viveo e XP Radar Global.

Edição: Ernani Fagundes, jornalista responsável pelo conteúdo do Blog do Grana.

Conteúdo nas redes sociais: Letícia Alonso (vídeo), Vitória Mendonça e Gabriela Orsi.

O Blog do Grana é a página de conteúdo informativo do aplicativo Grana Capital, parceiro da B3 para ajudar os investidores com o Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF).

E-mail: ernani.fagundes@grana.capital (mande sua opinião sobre o Blog do Grana e sugestões para melhorar sua experiência no site de notícias de mercado e de investimentos).

Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais:
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Receba em primeira mão nossas novidades

Assine nossa Newsletter

Baixe já nosso App