Safra de balanços do 2º trimestre de 2022 termina com Ibovespa em novo patamar

Share on twitter
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin

Safra de balanços do 2º trimestre de 2022

A safra de balanços do 2º trimestre de 2022 termina como Ibovespa em novo patamar, acima dos 13 mil pontos.

O Ibovespa subiu 0,43%, aos 113.512,38 pontos em 16 de agosto de 2022. O principal ETF de Ibovespa avançou 0,72%, a R$ 109,76 por cota.

“Alguns setores tiveram realização de lucros após dias de alta, principalmente no setor de siderurgia, principalmente por conta da desaceleração da China”, observou Rodrigo Moliterno, head de renda variável da Veedha Investimentos.

“O dólar subiu mais no Brasil do que em outros países, muito por conta dos dados fracos que vieram da China”, afirmou Cristiane Quartaroli, economista do Banco Ourinvest. O dólar fechou em alta de 0,96%, a R$ 5,141 no mercado à vista da B3.

Imagem ilustrativa criada por Gerd Altmann/Pixabay.

Balanços do 2º trimestre de 2022

Melnick (MELK3)

MELK3 caiu 2,05%, a R$ 4,30 por ação.

Melnick registrou lucro líquido de R$ 29,7 milhões no segundo trimestre de 2022, alta de 141% na comparação anual.

O Ebitda somou R$ 22,7 milhões, aumento de 96% em relação ao mesmo período de 2021.

HBR Realty (HBRE3)

HBRE3 subiu 1,07%, a R$ 5,66 por ação ON.

HBR Realty reduziu prejuízo líquido no segundo trimestre de 2022 em 59% na comparação anual, para R$ 7,4 milhões.

O Ebitda somou R$ 18,2 milhões, crescimento de 233% em relação ao mesmo período de 2021.

Méliuz (CASH3)

CASH3 afundou 9,80%, a R$ 1,38 por ação ON.

Méliuz ampliou prejuízo líquido para R$ 28,2 milhões no segundo trimestre de 2022, de R$ 4,65 milhões no mesmo período de 2021.

A empresa reportou Ebitda negativo de R$ 52 milhões, ante R$ 7,2 milhões negativos registrados no mesmo período de 2021.

Rede D’Or (RDOR3)

RDOR3 recuou 3,97%, a R$ 37,45 por ação ON.

Rede D’Or teve lucro líquido de R$ 358,4 milhões no segundo trimestre, queda de 25% sobre igual período de 2021. O Ebitda ajustado subiu 0,9%, para R$ 1,579 bilhão.

Oncoclínicas (ONCO3)

ONCO3 caiu 6,65%, a R$ 5,90 por ação ON.

Oncoclínicas reduziu prejuízo líquido para R$ 24,6 milhões no segundo trimestre de 2022, ante R$ 202,5 milhões na base anual.

O Ebitda somou R$ 159 milhões, avanço de 40% em relação ao mesmo período de 2021.

Ao longo do segundo trimestre de 2022, a Oncoclínicas concluiu a aquisição do Itaigara, operação de day hospital líder em Salvador, além de ter obtido todas as autorizações necessárias para seguir com a parceria junto ao Hospital Santa Izabel para o desenvolvimento conjunto de mais um “cancer center”, na mesma cidade. Adicionalmente, em 27 de julho de 2022, portanto um evento subsequente ao segundo trimestre, foi concluída a aquisição da Unity, que adiciona mais 35 clínicas à rede da companhia.

“Com a Unity, somos agora 129 unidades em 33 cidades do Brasil, apoiadas por um corpo de excelência no cuidado integral ao paciente com câncer, composto por mais de 1,8 mil profissionais médicos dedicados”, pontua Bruno Ferrari, fundador e CEO da Oncoclínicas.

Yduqs (YDUQ3)

YDUQ3 desabou 11,76%, a R$ 14,03 por ação ON.

Yduqs teve prejuízo líquido de R$ 63,3 milhões no segundo trimestre de 2022, revertendo lucro reportado um ano antes.

O Ebitda no segundo trimestre de 2022 para R$ 304,9 milhões, queda de 12,6% na comparação anual.

Cruzeiro do Sul (CSED3)

CSED3 caiu 0,46%, a R$ 4,30 por ação ON.

Cruzeiro do Sul registrou lucro líquido atribuído aos controladores de R$ 14,7 milhões no segundo trimestre de 2022, queda de 47,1% na comparação anual.

O Ebitda ajustado somou R$ 159,2 milhões, alta de 17,3% em relação ao mesmo período de 2021.

Getninjas (NINJ3)

NINJ3 desabou 11,55%, a R$ 3,37 por ação ON.

Getninjas registrou prejuízo líquido de R$ 8,8 milhões no segundo trimestre de 2022, melhora de 51% na comparação anual.  

O Ebitda ajustado ficou negativo em R$ 12 milhões, 38% menor que os R$ 19,1 milhões negativos divulgados um ano antes.

Espaçolaser (ESPA3)

ESPA3 afundou 10,68%, a R$ 2,76 por ação ON.

Espaçolaser registrou prejuízo líquido de R$ 23,5 milhões no segundo trimestre de 2022, revertendo lucro líquido apurado no mesmo período de 2021.

Boa Safra Sementes (SOJA3)

SOJA3 disparou 5,51%, a R$ 12,64 por ação.

Boa Safra Sementes registrou lucro líquido de R$ 6,20 milhões no segundo trimestre de 2022, queda de 47% na comparação anual.

O Ebitda somou R$ 7,32 milhões, contra R$ 17,97 milhões no segundo trimestre de 2021.

Sementes de soja. Imagem: Ebreh/Pixabay

(*) Fontes de conteúdo e relatórios consultados: CVM, B3, Banco ABC Brasil, BTG Pactual, Guide Investimentos, Terra Investimentos, Toro Investimentos e XP.

Edição: Ernani Fagundes, jornalista responsável pelo conteúdo do Blog do Grana.

Conteúdo nas redes sociais: Letícia Alonso (vídeo), Vitória Mendonça e Gabriela Orsi.

O Blog do Grana é a página de conteúdo informativo do aplicativo Grana Capital, parceiro da B3 para ajudar os investidores com o Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF).

E-mail: ernani.fagundes@grana.capital (mande sua opinião sobre o Blog do Grana e sugestões para melhorar sua experiência no site de notícias de mercado e de investimentos).

Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais:
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Receba em primeira mão nossas novidades

Assine nossa Newsletter

Baixe já nosso App