JBS (JBSS3) e Petrobras (PETR3) fecham entre as maiores altas do Ibovespa

Share on twitter
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin

JBS (JBSS3) e Petrobras (PETR3)

JBS (JBSS3) e Petrobras (PETR3) encerraram entre as maiores altas do Ibovespa em 26 de julho de 2022.

JBS (JBSS3) e Marfrig (MRFG3)

As ações da JBS (JBSS3) subiram 2,97%, a R$ 32,56 por ação ON, maior alta do Ibovespa, diante do cenário de demanda crescente por alimentos no mundo.

A ação da concorrente Marfrig (MRFG3) também subiu 0,66%, a R$ 13,68 por ação ON.

Marfrig atende protocolo do Instituto Norte-Americano de Carne (NAMI). Foto: Marfrig

Petrobras (PETR3/PETR4)

Diante de nova alta do preço do petróleo no exterior, as ações de petrolíferas brasileiras como Petrobras (PETR3/PETR4) mostraram altas na Bolsa.

PETR3 avançou 1,44%, a R$ 33,79 por ação ON, segunda maior alta do Ibovespa.

PETR4 subiu 1,01%, a R$ 31,01 por ação PN.

No noticiário interno, o governo cobrou a antecipação de dividendos do Banco do Brasil, BNDES, Caixa e Petrobras para o exercício de 2022 cobrir parte das despesas com a PEC dos benefícios.

Os dividendos cobrados pelo governo só seriam recolhidos em 2023 pelo Tesouro.

O Conselho de Administração da Petrobras irá discutir distribuição de parte do caixa como dividendos, após pedido da Secretaria do Tesouro e Orçamento.

Ao mesmo tempo, a Petrobras informou, em comunicado, que sua política de dividendos segue inalterada e que não há decisão sobre novos pagamentos em 2022, além dos já programados.

Plataforma semi-submersível P-20 na Bacia de Campos.

Via (VIIA3), Magazine Luiza (MGLU3) e Americanas (AMER3)

As ações de varejo com forte presença no e-commerce figuraram entre as maiores baixas do Ibovespa.

MGLU3 tombou 6,45%, a R$ 2,61 por ação ON.

VIIA3 desabou 6,35%, a R$ 2,36 por ação ON.

AMER3 também teve forte baixa de 4,88%, a R$ 14,81 por ação ON.

As compras pela internet têm pior segundo trimestre da história no Brasil, segundo informações do Goldman Sachs.

Segundo dados da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), o comércio eletrônico brasileiro faturou R$73,5 bilhões no primeiro semestre de 2022. Apesar de o faturamento no semestre ter crescido cerca de 5% em relação ao mesmo período de 2021, a projeção anual para as vendas on-line foi reduzida.

Para o segundo semestre, a projeção é de R$ 91,5 bilhões em vendas. Caso as estimativas para a segunda metade do ano se concretizem, 2022 deve terminar com R$ 165 bilhões em faturamento para o setor, abaixo do total estimado no início do ano, de R$ 169,6 bilhões.

Os principais fatores que impactam o comércio eletrônico hoje são o aumento da taxa de juros e o encarecimento do custo do frete.

Somadas a esses pontos tem-se a forte base de comparação a 2021, a reabertura das lojas físicas e a alta da inflação têm contribuído para um ritmo menor de crescimento de empresas do e-commerce.

“Devemos levar em consideração, também, a baixa confiança do consumidor em relação ao cenário macroeconômico atual. Os dados de consumo das famílias indicam que os brasileiros estão postergando compras de itens não essenciais, de modo que os estímulos fiscais já não se mostram suficientes para aumentar o consumo de forma consistente”, descreve relatório da casa de análise Levante.

Essa mudança no comportamento do cliente pode ser observada nos dados de consumo de bens duráveis, que são mais afetados pelos juros, e que apresentaram queda nos meses de abril e maio, segundo dados do FGV/Ibre.

Unidade física das Lojas Americanas. Foto: Americanas/Divulgação.

ETF de Ibovespa (BOVA11) e ETF de S&P 500 (IVVB11)

O principal ETF de Ibovespa (BOVA11) caiu 0,62%, a R$ 96,15 por cota.

O Ibovespa recuou 0,50%, aos 99.771,69 pontos.

Entre os assuntos da Bolsa, a prévia da inflação medida pelo IPCA-15 de julho fica em 0,13% no mês, ante 0,69% em junho e 0,16% da projeção do mercado. Em 12 meses, IPCA-15 de julho acumula alta de 11,39%.

O principal ETF de S&P 500 (IVVB11) caiu 1,39%, a R$ 230,50 por cota.

Em Nova York (EUA), o índice S&P 500 teve queda 1,15%, aos 3.921,05 pontos. O Dow Jones recuou 0,71%, aos 31.761,54 pontos. O Nasdaq mostrou baixa de 1,87%, aos 11.562,57 pontos.

Fechamento do mercado em 26/07/2022

Aqui no Blog do Grana, você terá informações sobre os principais assuntos da Bolsa (B3).

As notas e os fatos relevantes informados abaixo podem ter influenciado a movimentação das ações das companhias citadas no pregão de hoje, de acordo com relatórios* de mercado.

CSN (CSNA3) e CSN Mineração (CMIN3)

CSNA3 caiu 1,24%, a R$ 14,36 por ação ON.

CMIN3 recuou 2,67%, a R$ 3,28 por ação ON.

Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) transferiu à CSN Mineração o contrato de aquisição da Companhia Energética de Chapecó (CEC).

B3 (B3SA3)

B3SA3 fechou estável em R$ 10,73 por ação ON.

B3 terá captação de R$ 3 bilhões em títulos de dívida corporativa (debêntures).

Rede D’Or (RDOR3)

RDOR3 caiu 2,66%, a R$ 30,06 por ação ON.

Rede D´Or prepara captação de R$ 500 milhões em debêntures.

Caixa Seguridade (CXSE3)

CXSE3 recuou 1%, a R$ 6,92 por ação ON.

Caixa Seguridade informa alta de 14,1% no volume de seguros comercializados (prêmios emitidos) em junho.

Copel (CPLE6)

CPLE6 caiu 2,28%, a R$ 6,85 por ação PNB.

Copel reporta aumento de 1,7% na distribuição de energia no segundo trimestre de 2022 em comparação com igual período de 2021.

CCR (CCRO3)

CCRO3 subiu 0,65%, a R$ 12,44 por ação ON.

Grupo CCR vende participação de 70% do capital social da Total Airport Services (TAS), para a AGI-CFI Acquisition Corp, pelo valor de US$143,5 milhões. 

Vale (VALE3)

VALE3 caiu 0,18%, a R$ 70,36 por ação ON.

O preço do minério de ferro teve o terceiro dia de alta na Ásia com melhora do sentimento com o setor imobiliário da China.

BDRs e ações globais

Alibaba (BABA34)

Plano da Alibaba de oferta primária de ações impulsionou Bolsa de Hong Kong.

No Brasil, o recibo da ação de Alibaba subiu 0,31%, a R$ 19,40 por BDR negociado na B3.

Walmart (WALM34)

Walmart cortou projeções para o segundo trimestre fiscal diante dos altos níveis de estoque e alta da inflação.

Para o ano fiscal que termina em janeiro de 2023, a empresa espera queda de 10% a 12% da receita operacional.

O Walmart também projeta recuo de 8% a 9% do lucro ajustado por ação no segundo trimestre fiscal e queda de 11% a 13% no ano fiscal.

A empresa reporta o resultado do segundo trimestre fiscal em 16 de agosto.

No Brasil, o recibo da ação de Walmart (WALM34) desabou 7,86%, a R$ 40,69 por BDR negociado na B3.

UBS (UBSG34)

UBS informou lucro líquido de US$ 2,11 bilhões no trimestre e receita de US$ 8,92 bilhões, abaixo do projetado pelo mercado, de US$ 2,40 bilhões e US$ 9,43 bilhões, respectivamente.

No Brasil, o recibo da ação do UBS (UBSG34) tombou 12,58%, a R$ 79,62 por BDR negociado na B3.

Coca-Cola (COCA34)

Lucro da Coca-Cola no segundo trimestre de 2022 superou as expectativas. O volume de vendas se recupera gradualmente da pandemia.

No Brasil, o recibo da ação de Coca-Cola Company (COCA34) subiu 0,86%, a R$ 56,22 por BDR negociado na B3.

General Eletric (GEOO34)

General Eletric reportou receita de US$ 18,6 bilhões no 2º trimestre de 2022, ante US$ 17,9 bilhões esperados pelo mercado.

O lucro alcançou US$ 0,78 por ação versus a estimativa de US$ 0,32 de lucro por ação (LPA) feita por analistas.

No Brasil, o recibo da ação de General Eletric (GEOO34) disparou 4,14%, a R$ 381,36 por BDR negociado na B3.

(*) Fontes de conteúdo e relatórios consultados: CVM, B3, BTG Pactual, Guide Investimentos, Toro Investimentos, Banco ABC Brasil, Terra Investimentos, Levante e XP Radar Global.

Edição: Ernani Fagundes, jornalista responsável pelo conteúdo do Blog do Grana.

Conteúdo nas redes sociais: Letícia Alonso (vídeo), Vitória Mendonça e Gabriela Orsi.

O Blog do Grana é a página de conteúdo informativo do aplicativo Grana Capital, parceiro da B3 para ajudar os investidores com o Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF).

E-mail: ernani.fagundes@grana.capital (mande sua opinião sobre o Blog do Grana e sugestões para melhorar sua experiência no site de notícias de mercado e de investimentos).

Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais:
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Receba em primeira mão nossas novidades

Assine nossa Newsletter

Baixe já nosso App