Netflix (NFLX34): BDR sobe após balanço do segundo trimestre de 2022

Share on twitter
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin

Netflix (NFLX34)

BDR de Netflix (NFLX34) subiu 2,04%, a R$ 23,50 por recibo de ação na Bolsa brasileira (B3) após a divulgação do balanço do segundo trimestre de 2022.

Netflix obteve lucro de US$ 1,44 bilhão no 2º trimestre de 2022, o equivalente a US$ 3,20 por ação, aumento de 7% na comparação anual. A receita do streaming alcançou US$ 8 bilhões, alta de 8,6% em relação a igual trimestre de 2021.

A companhia perdeu 970 mil assinantes no período, ante a expectativa de cancelamento de 2 milhões de assinaturas pelo mercado.

Netflix. Foto: Tumisu/Pixabay

Análise da Avenue sobre Netflix (NFLX)

A companhia de streaming americana destacou que as projeções de receita e de lucro líquido devem cair ainda mais nos próximos trimestres, reajustando as suas estimativas para o ano de 2022.

Já o crescimento da Netflix neste último trimestre veio principalmente da região da Ásia e América Latina, enquanto nos EUA, que são o seu maior mercado, e na Europa houve decréscimo no número de assinantes.

O total de assinaturas pagas de streaming global é de 220,67 milhões versus 219,64 milhões projetados pelos analistas, mostrando que a empresa conseguiu reter ainda boa parte de seus assinantes apesar das expectativas negativas.

A Netflix gosta sempre de apresentar algumas métricas diferentes em seus reports trimestrais e este ano eles mostraram que o número de menções no Twitter da sua série Strange Things no ano foi muito maior que o filme Top Gun: Maverick e que Obi-Wan Kenobi.

Além disso, a companhia destacou que as pessoas passam muito mais tempo em suas plataformas que nas concorrentes como Disney +, Prime Video e Apple TV.

Entra as expectativas da companhia, os executivos destacaram já estarem realizando testes com a sua plataforma de games, em que licenciaram diversos jogos e compraram três estúdios específicos do setor.

Outro ponto importante é que a empresa espera começar a monetizar também através de propagandas, em parceria com a gigante Microsoft, mas não comentou muitos detalhes de como este sistema iria funcionar e quem será impactado.

A NFLX possui valor de mercado de aproximadamente US$ 84 bilhões, de acordo com os cálculos da Avenue Intelligence.

Análise da Levante sobre Netflix

A sessão pós-resultado da Netflix costuma ser movimentada, com o indicador de adição ou perda líquida de assinaturas como o grande termômetro.

O relatório de resultados do último trimestre foi um verdadeiro divisor de águas para Netflix. O efeito antecipação de crescimento pós-pandemia combinado a uma dinâmica competitiva mais dura bem como um macro menos favorável levou a uma queda na base pela primeira vez na história.

Desde então, a Netflix divulgou uma série de medidas surpreendentes para retomar sua trajetória de crescimento: potencial parceria com a Microsoft na tentativa de monetizar seu conteúdo via anúncios, cortes de custos e cobrança sobre o compartilhamento de senha.

Do ponto de vista do investimento, vemos a Netflix em uma encruzilhada: nem gera lucro o suficiente para remunerar seu acionista na forma de recompras ou dividendos e nem possui um crescimento extravagante.

Porém, a reprecificação violenta que as ações da Netflix estão passando neste ano relacionada a esse resultado podem trazer algum alento para os investidores a curto prazo.

Análise da XP sobre Netflix (NFLX34)

As ações reagiram positivamente, principalmente depois da notícia que o streaming perdeu menos assinantes do que o previsto durante o segundo trimestre. 

A Netflix havia alertado aos investidores que esperava perder cerca de 2 milhões de assinantes no último trimestre, mas perdeu apenas cerca de 970 mil durante o período. 

A empresa também informou que está nos planos lançar, no início de 2023, seu plano de baixo custo, que será sustentado por anúncios.

Isso depois da Netflix ter escolhido a Microsoft para ser sua parceira na oferta suportada por anúncios. “Provavelmente começaremos em alguns mercados onde os gastos com publicidade são significativos”, explicou a Netflix.

Olhando para frente, a empresa espera que as adições líquidas atinjam 1 milhão no terceiro trimestre, revertendo parte das perdas observadas durante o primeiro semestre do ano. Analistas previam que a Netflix guiaria um crescimento de cerca de 1,8 milhão.

A companhia também informou que está nos estágios iniciais de seu plano de compartilhamento pago. Este é um esforço mencionado no último trimestre que cobraria alguns membros por compartilhar sua assinatura com familiares ou amigos que moram fora de casa.

(*) Fontes de conteúdo e relatórios consultados: Avenue Intelligence, Levante, XP Radar Global e BTG Pactual.

Edição: Ernani Fagundes, jornalista responsável pelo conteúdo do Blog do Grana.

Conteúdo nas redes sociais: Letícia Alonso (vídeo), Vitória Mendonça e Gabriela Orsi.

O Blog do Grana é a página de conteúdo informativo do aplicativo Grana Capital, parceiro da B3 para ajudar os investidores com o Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF).

E-mail: ernani.fagundes@grana.capital (mande sua opinião sobre o Blog do Grana e sugestões para melhorar sua experiência no site de notícias de mercado e de investimentos).

Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais:
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Receba em primeira mão nossas novidades

Assine nossa Newsletter

Baixe já nosso App