Conheça os 20 maiores lucros de empresas de capital aberto no 1º trimestre de 2022

Share on twitter
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin

20 maiores lucros de empresas no 1º trimestre de 2022

Aqui no Blog do Grana, você terá informações sobre quais foram os 20 maiores resultados líquidos de empresas de capital aberto no 1º trimestre de 2022, de acordo com levantamento da Economatica.

Confira na sequência do texto:

1º Petrobras (PETR3/PETR4)

A Petrobras obteve lucro líquido de R$ 44,561 bilhões no 1º trimestre de 2022, ante R$ 1,167 bilhão no mesmo período do ano anterior.

Plataforma semi-submersível P-20. Foto: Petrobras RI.

2º Vale (VALE3)

A Vale registrou lucro líquido de R$ 23,046 bilhões no 1º trimestre de 2022, abaixo dos R$ 30,564 bilhões obtidos no 1º trimestre de 2021.

Caminhão da mineradora Vale. Foto: Daniel Mansur/Vale

3º Suzano (SUZB3)

A Suzano reportou lucro líquido de R$ 10,305 bilhões no 1º trimestre de 2022 revertendo o prejuízo de R$ 2,757 bilhões reportado nos primeiros três meses de 2021.

Foto: Suzano Papel e Celulose.

4º Bradesco (BBDC4)

O Banco Bradesco obteve lucro líquido de R$ 7,009 bilhões no 1º trimestre de 2022, ante R$ 6,153 bilhões verificados em equivalente período de 2021.

5º Itaú (ITUB4)

O Itaú Unibanco alcançou lucro líquido de R$ 6,743 bilhões no 1º trimestre de 2022, acima dos R$ 5,414 bilhões vistos no 1º trimestre de 2021.

6º Banco do Brasil (BBSA3)

O Banco do Brasil registrou lucro líquido de R$ 6,66 bilhões no 1º trimestre de 2022 versus o resultado líquido de R$ 4,226 bilhões no mesmo período do ano anterior.

7º JBS (JBSS3)

A JBS alcançou lucro líquido de R$ 5,142 bilhões nos primeiros três meses de 2022, acima dos R$ 2,046 bilhões obtidos nos mesmos meses de 2021.

8º Santander Brasil (SANB11)

O Banco Santander Brasil atingiu lucro líquido de R$ 3,946 bilhões entre janeiro e março de 2022, superior aos R$ 2,816 bilhões reportados em equivalentes meses do ano passado.

9º Braskem (BRKM5)

A Braskem registrou lucro líquido de R$ 3,884 bilhões no 1º trimestre de 2022, acima dos R$ 2,494 bilhões obtidos no mesmo período de 2021.

10º Itaúsa (ITSA4)

A holding Itaúsa obteve lucro líquido de R$ 3,719 bilhões nos primeiros três meses de 2022, superior aos R$ 2,207 bilhões registrados nos mesmos meses de 2021.

11º CCR (CCRO3)

A CCR reportou lucro líquido de R$ 3,452 bilhões no 1º trimestre de 2022, ante R$ 689 milhões alcançados no mesmo trimestre de 2021.

12º Ambev (ABEV3)

A Ambev alcançou lucro líquido de R$ 3,413 bilhões no 1º trimestre de 2022, acima dos R$ 2,625 bilhões obtidos no mesmo período do ano passado.

13º Raízen (RAIZ4)

A Raízen atingiu lucro líquido de R$ 3,149 bilhões nos primeiros três meses deste ano, superior aos R$ 996 milhões observados nos mesmos meses do ano passado.

14º Gerdau (GGBR4)

A Gerdau registrou lucro líquido de R$ 2,925 bilhões no 1º trimestre de 2022, acima dos R$ 2,451 bilhões vistos no trimestre inicial de 2021..

15º Eletrobras (ELET3/ELET6)

A Eletrobras obteve lucro líquido de R$ 2,708 bilhões no 1º trimestre de 2022, ante R$ 1,601 bilhão reportados no mesmo período de 2021.

Hidrelétrica de Furnas/MG. Foto: Raylton Alves/ Banco de Imagens ANA.

16º Azul (AZUL4)

A companhia aérea Azul reportou lucro líquido de R$ 2,667 bilhões no 1º trimestre de 2022. No mesmo período do ano passado, a empresa havia informado prejuízo de R$ 2,787 bilhões.

17º Gol Linhas Aéreas (GOLL4)

A Gol Linhas Aéreas alcançou lucro líquido de R$ 2,608 bilhões no 1º trimestre de 2022. Em igual período do ano anterior, a companhia aérea havia divulgado prejuízo de R$ 2,528 bilhões.

18º BTG Pactual (BPAC11)

O BTG Pactual atingiu lucro líquido de R$ 1,943 bilhão no 1º trimestre de 2022, acima do resultado líquido de R$ 1,176 bilhão no trimestre inicial de 2021.

19º Cemig (CMIG4)

As Centrais Elétricas de Minas Gerais (Cemig) registraram lucro líquido de R$ 1,455 bilhões no 1º trimestre de 2022, superior ao resultado líquido de R$ 422 milhões no 1º trimestre de 2021.

20º Pão de Açúcar (PCAR4)

O Pão de Açúcar obteve lucro líquido de R$ 1,399 bilhão no 1º trimestre de 2022, ante R$ 113 milhões obtidos no mesmo período do ano passado.

Foto: Grupo Pão de Açúcar (GPA).

Fonte de conteúdo: Economatica

Edição: Ernani Fagundes, jornalista responsável pelo conteúdo do Blog do Grana.

E-mail: ernani.fagundes@grana.capital (mande sua opinião sobre o Blog do Grana e sugestões para melhorar sua experiência no site de notícias de mercado e de investimentos).

Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais:
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Receba em primeira mão nossas novidades

Assine nossa Newsletter

Baixe já nosso App