Fechamento do mercado em 26/05/2022: ETF de Ibovespa (BOVA11) avança 1,28%

Share on twitter
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin

ETF de Ibovespa (BOVA11)

No fechamento do mercado em 26/05/2022, o principal ETF de Ibovespa (BOVA11) encerrou em alta de 1,28%, a R$ 108,02 por cota.

O Ibovespa subiu 1,18%, aos 111.889 pontos. O dólar caiu 1,23%, a R$ 4,761 no mercado à vista da B3.

“Até o final deste ano, temos um adicional de incerteza que é a guerra entre Ucrânia e Rússia, que ninguém sabe ainda os impactos, e o temor sobre o crescimento mundial e a inflação. A partir disso, temos muita volatilidade nos ativos, que já é observada na taxa de câmbio. Aliás, essa é uma certeza que conseguirmos dividir: a volatilidade ainda seguirá no mercado local, pelo menos até o resultado da corrida presidencial”, afirmou a economista-chefe do Ourinvest, Fernanda Consorte.

O Brasil, entretanto, terá crescimento baixo comparado a outros países da América Latina neste ano. A projeção do banco é de uma expansão de 0,80% em 2022. O ano deve terminar ainda com uma inflação de dois dígitos (10%) e taxa básica de juros a 13,50%.

“Por um lado, algumas questões podem contribuir de forma favorável para a inflação, como a queda recente do dólar. Por outro, temos as pressões das commodities e da inércia inflacionária do Brasil. Com isso, o Banco Central se vê obrigado a dar continuidade ao ciclo de aperto monetário, mas que vai demorar um pouco para surtir efeitos na inflação. Além disso, a guerra na Ucrânia e questões relacionadas à China podem ter impacto na composição de preços aqui. Dessa forma, está difícil de enxergar um crescimento sustentável por conta das questões internas e da conjuntura internacional”, analisa economista do Ourinvest Cristiane Quartaroli.

Eletrobras (ELET3/ELET6)

ELET3 caiu 2,05%, a R$ 44,00 por ação ON. ELET6 recuou 2,54%, a R$ 42,51 por ação PNB.

A Eletrobras pede registro de oferta de ações na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e na SEC (a CVM dos EUA) hoje (26/05/2022), segundo fontes consultadas pela grande imprensa.

Até o fechamento desta edição, a CVM ainda não registrava o pedido em análise em seu portal.

“Já a precificação da operação, que pode alcançar R$ 30 bilhões após a diluição da participação do governo na companhia, está prevista para 09 de junho”, observou o coordenador do departamento econômico do Banco ABC Brasil, Daniel Xavier.

Hidrelétrica de Furnas, em Minas Gerais. Foto: Raylton Alves/Banco de Imagens ANA.

Limitação do ICMS para energia e combustíveis

O mercado repercute hoje a aprovação pela Câmara dos Deputados da limitação do ICMS em 17% para energia, combustíveis, telecomunicações e transportes coletivos.

Os Estados e municípios são contra a aprovação no Senado Federal e ameaçam acessar o STF para evitar a perda de arrecadação.

A perda de arrecadação nos Estados com a limitação da alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) em 17% para energia, combustíveis, telecomunicações e transporte coletivo pode ficar, no mínimo, em R$ 64 bilhões e chegar em R$ 83 bilhões por ano, segundo o Secretário da Fazenda de São Paulo, Felipe Salto.

“O uso dos dividendos (da Petrobras) seria o melhor caminho para o governo federal resolver isso”, disse o secretário Felipe Salto, em entrevista coletiva realizada na tarde de 26 de maio de 2022, acompanhada pelo Blog do Grana.

O efeito para São Paulo é de R$ 8,6 bilhões por ano, sem incluir o gás natural nos cálculos. “O efeito maior é da perda da arrecadação com a gasolina”, detalhou o secretário.

Felipe Salto, secretário da Fazenda e Planejamento de São Paulo.

Petrobras (PETR3/PETR4)

PETR3 subiu 0,31%, a R$ 35,21 por ação ON. PETR4 avançou 0,25%, a R$ 32,13 por ação PN.

A Petrobras assinou a venda da Lubnor, no Ceará, por US$ 34 milhões para a Grepar Participações.

Refinaria de Lubrificantes e Derivados do Nordeste (Lubnor). Foto: Petrobras RI

Grana Capital e B3 (B3SA3) formam parceria

Em linha com o sinal positivo no exterior, B3SA3 disparou 4,20%, a R$ 12,41 por ação ON.

A Grana Capital e B3 (B3SA3) formaram parceria para solução de Imposto de Renda na Bolsa.

A Grana Capital automatiza o cálculo e o recolhimento do Imposto de Renda (IR), além de facilitar o processo de declaração.

De acordo com o comunicado da B3, os investidores agora terão a possibilidade de contratar a solução da Grana e autorizar o compartilhamento dos dados de suas posições e movimentações financeiras  a partir das interfaces da área logada da B3 (APIs).

Conforme explica a Bolsa, dessa forma, os investidores pessoas físicas poderão usufruir de serviços automatizados para o cálculo e o pagamento de DARFs, que facilitam a declaração dos investimentos na Bolsa.

Aplicativo Grana Capital forma parceria com a B3.

B3 divulga parceria com a Grana Capital.

Fechamento do mercado em 26/05/2022

Aqui no Blog do Grana, você terá informações sobre os principais assuntos da Bolsa (B3).

As notas e fatos relevantes informados abaixo podem ter influenciado a movimentação das ações das companhias citadas no pregão de hoje, de acordo com relatórios* de mercado.

Eneva (ENEV3) e Suzano (SUZB3)

ENEV3 subiu 3,55%, a R$ 15,45 por ação ON. SUZB3 avançou 4,16%, a R$ 53,32 por ação ON.

A Eneva fechou acordo com a Suzano para fornecimento de gás natural liquefeito (GNL) para indústrias em Imperatriz (MA).

O investimento é de R$ 530 milhões no projeto que será concluído até 2024.

Carrefour Brasil (CRFB3)

CRFB3 subiu 1,02%, a R$ 19,79 por ação ON.

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou a compra do Big pelo Carrefour Brasil com restrições.

O Cade exigiu a venda de 14 lojas do Big, responsáveis por 6% da receita do Big em 2021.

Burger King Brasil (BKBR3)

BKBR3 subiu 1,04%, a R$ 7,80 por ação ON.

O Burger King Brasil anunciou Ariel Grunkraut (VP de vendas) como sucessor do atual CEO Iuri Miranda até o final de 2022.

Raízen (RAIZ4)

RAIZ4 subiu 4,39%, a R$ 6,18 por ação PN.

Raízen deve acelerar planos de etanol de segunda geração, de acordo com apuração do site Notícias Agrícolas.

BDRs e ações globais

ETF de S&P 500 (IVVB11)

O principal ETF de S&P 500 (IVVB11) subiu 0,74%, a R$ 211,75 por cota.

Em Nova York (EUA), o índice S&P 500 avançou 1,99%, aos 4.057 pontos. O Dow Jones registrou alta de 1,61%, aos 32.637 pontos. Já o Nasdaq Composite teve elevação de 2,68%, aos 11.740 pontos.

Welber Barral, consultor de comércio exterior do banco e ex-secretário de Comércio Exterior, apontou fatores que determinarão o cenário internacional nos próximos meses com impactos na América Latina. Um deles é a avaliação de que os Estados Unidos devem dar prosseguimento ao ciclo de alta de juros.

“O Fed reconheceu que demorou para elevar os juros. Ele estendeu por muito tempo taxas baixas criando incentivos para o crescimento americano, mas deu muitas asas para a inflação, que não mostra sinais de arrefecimento. Agora vai ter como efeito a elevação rápida da taxa de juros, o que traz consequências para o crescimento do mundo inteiro”, afirmou.

Barral destacou ainda que a China foi afetada por uma nova onda da pandemia que impactou negativamente a produção local. Já há expectativa que o país asiático retome o crescimento, chegando ao final do ano com uma alta de 4% no PIB.

“A China também enfrenta diversos desafios logísticos e novas ondas de Covid, mas mantém uma demanda crescente por commodities. Isso terá impactos para o Brasil, que deve ser beneficiado pelos preços das commodities em patamares elevados”, afirmou.

Nvidia (NVDC34)

A Nvidia apontou perspectivas mais fracas para o segundo trimestre fiscal com lockdown na China.

No Brasil, o recibo da ação da Nvidia (NVDC34) subiu 4,66%, a R$ 17,75 por BDR negociado na B3.

Apple (AAPL34)

A Apple anunciou aumento de pagamento básico aos seus trabalhadores para US$ 22/hora a fim de competir no mercado de trabalho nos EUA.

No Brasil, o recibo da ação da Apple (AAPL34) subiu 1,57%, a R$ 68,42 por BDR negociado na B3.

Tesla (TSLA34) e Twitter (TWTR34)

O megabilionário Elon Musk compromete US$ 6,25 bilhões em capital para financiar a compra do Twitter, sem se apoiar em empréstimo com garantia de ações da Tesla.

No Brasil, o recibo da ação da Tesla (TSLA34) subiu 5,41%, a R$ 104,85 por BDR negociado na B3. O recibo da ação de Twitter (TWTR34) avançou 5,60%, a R$ 94,09 por BDR negociado na B3.

Qualcomm (QCOM34)

A Qualcomm prevê crescimento de smartphones de acordo com as expectativas do CEO, Cristiano Amon, no Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suiça.

No Brasil, o recibo da ação da Qualcomm (QCOM34) subiu 1,98%, a R$ 53,49 por BDR negociado na B3.

Fontes de conteúdo e relatórios consultados: B3, CVM, Petrobras RI, Banco ABC Brasil, BTG Pactual, Toro Investimentos, Guide, Levante Research, Avenue Intelligence e XP Radar Global.

Edição: Ernani Fagundes, jornalista responsável pelo conteúdo do Blog do Grana.

E-mail: ernani.fagundes@grana.capital (mande sua opinião sobre o Blog do Grana e sugestões para melhorar sua experiência no site de notícias de mercado e de investimentos).

Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais:
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Receba em primeira mão nossas novidades

Assine nossa Newsletter

Baixe já nosso App