Ações de siderúrgicas: Possível desoneração do Imposto de Importação de aço impacta setor

Share on twitter
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin

Ações de siderúrgicas – CSN, Gerdau e Usiminas

As ações de siderúrgicas (CSN, Gerdau e Usiminas) foram impactadas na manhã de 10 de maio de 2022 por causa da possível desoneração do Imposto de Importação (II) do aço a ser anunciada pelo governo na próxima quinta-feira (12/05/2022).

Com isso, os papéis do setor figuravam entre as maiores baixas por volta das 12h30: Usiminas USIM5 (-9,10%), CSN CSNA3 (-6,24%), Gerdau Metalúrgica GOAU4 (-5,79%), CSN Mineração CMIN3 (-5,19%) e Gerdau GGBR4 (-5,19%).

Mais cedo, em evento da posse da nova diretoria da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima), o Secretário do Tesouro Nacional, Paulo Fontoura Valle, afirmou à imprensa que o controle das despesas do governo devido ao teto de gastos permite a “desoneração” de impostos regulatórios federais como o Imposto de Importação (II), Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) e o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF).

“Com as despesas sobre controle, dá para fazer a desoneração de impostos regulatórios (II, IPI e IOF)”, afirmou Paulo Fontoura Valle à imprensa, em evento da posse da diretoria da Anbima.

Alto forno da Usiminas. Foto: Banco de Imagens Usiminas

Edição: Ernani Fagundes, jornalista responsável pelo conteúdo do Blog do Grana.

E-mail: ernani.fagundes@grana.capital (mande sua opinião sobre o Blog do Grana e sugestões para melhorar sua experiência no site de notícias de mercado e de investimentos).

Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais:
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Receba em primeira mão nossas novidades

Assine nossa Newsletter

Baixe já nosso App