Carteira Dividendos Ágora maio 2022: Conheça a seleção do estrategista José Cataldo

Share on twitter
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin

Carteira Dividendos Ágora maio 2022

Aqui no Blog do Grana, você terá informações sobre a carteira de ações dividendos da Ágora com ativos selecionados pelo estrategista José Francisco Cataldo Ferreira e a equipe de análise da plataforma de investimentos do Bradesco.

Confira na sequência do texto:

José Francisco Cataldo Ferreira, estrategista de análise da Ágora Investimentos
Foto: Divulgação/Ágora

Carteira Dividendos Ágora maio 2022

A equipe de análise formada por José Francisco Cataldo Ferreira, Ricardo Faria França, Maria Clara Negrão, Flávia Andrade Meireles, Wellington Antonio Lourenço, Maurício Camargo, Ernani Teixeira Júnior e Henrique Procopio Colla calculou os valores estimados de dividend yield (lucro proporcional ao valor da ação) entre 2,4% e 21,1% nos 5 ações da seleção, cada uma com peso de 20% na carteira:

Itaúsa (ITSA4) – Dividend Yield de 11,6%

Acreditamos que a Itaúsa pode ser uma alternativa ao Itaú, tendo uma exposição ao banco, ao mesmo tempo em que está se diversificando cada vez mais, o que pode ser feito com a venda de participações em empresas de serviços financeiros ou com a exploração de outros segmentos.

Como referência, a empresa vem estudando investimentos em distribuição de energia e agronegócio.

O preço alvo para ITSA4 é de R$ 15,00 por ação.

Vibra (VBBR3) – Dividend Yield de 6,3%

Embora a tese de investimento da Viva dependa fortemente da atividade doméstica, e que, portanto, uma desaceleração do PIB poderia ser negativa, seu foco em eficiência pode ser capaz de preservar a rentabilidade do negócio.

Segundo a análise, as oportunidades de M&A devem acelerar o processo de mudança na matriz energética da companhia, como a joint venture com a Comerc, que é uma das principais empresas de comercialização de energia do Brasil e que também tem um portfólio de projetos de geração renovável.

Na visão da Ágora, a Vibra aposta em várias frentes de transição, com foco no futuro da eletrificação.

O preço alvo para VBBR3 é estimado em R$ 31,00 por ação.

Cemig (CMIG4) – Dividend Yield de 6,2%

A Cemig é um player do setor elétrico brasileiro, com atuação nos segmentos de geração, transmissão de energia e distribuição.

Neste último segmento, a companhia se destaca como maior distribuidora do Brasil, atendendo a aproximadamente 96% do Estado de Minas Gerais.

Do ponto de vista de análise, discordamos da visão do mercado de que CMIG4 está “cara”.

A nossa estimativa real de TIR (taxa interna de retorno) implícita é cerca de 10% e os gatilhos do curto prazo incluem a reestruturação de seu plano de previdência e eleições para o governo estadual em Minas Gerais, que pode levar novamente a negociações de privatização no futuro.

O preço alvo para 2022 é de R$ 17,00 por ação.

A Cemig também oferece uma expectativa de retornos via dividendos, com yield projetado em cerca de 6,2% neste ano.

Vale (VALE3) – Dividend Yield de 21,1%

Apesar do desempenho das ações ao longo do mês de abril, considerando o cenário de oferta/demanda mais apertado do que o esperado para as principais commodities em 2022 seguimos com o ativo.

Mesmo que a guerra entre Rússia e Ucrânia termine, acreditamos que as interrupções no fornecimento levem alguns trimestres até uma normalização completa.

Ao mesmo tempo, os estímulos chineses potencialmente aumentarão a demanda por minério de ferro ao longo do ano, embora a piora recente da pandemia do Covid-19 por lá, que fechou temporariamente importantes centros urbanos, seja um risco a se observar.

Do lado negativo, o aumento dos preços do petróleo deve levar a um impacto nos custos da companhia.

Esse cenário global mais adverso pode ser observado nos resultados do 1º trimestre de 2022 da Vale.

De qualquer forma, os preços mais altos de minério de ferro impulsionam resultados, compensando os volumes mais fracos e os custos mais altos.

A Vale reportou um Ebitda ajustado de US$ 6,385 bilhões, 23,5% menor na comparação com o 1º trimestre de 2021, mas apenas 2% abaixo das estimativas do Bradesco BBI.

Mais importante, considerando que a Vale atinja seu breakeven (ponto de equilíbrio) de Ebitda em US$ 43 por tonelada, acreditamos que esses resultados sustentem ainda a visão positiva do mercado em relação às ações, assim como permitam distribuições adicionais de proventos ao longo desse ano.

Em termos de valuation, VALE3 negocia ao redor de 2,8x EV/EBITDA para 2022 com estimados US$ 13,2 bilhões em dividendos.

O preço alvo para VALE3 é estimado em R$ 135,00 por ação.

Tim Brasil (TIMS3) – Dividend Yield de 2,4%

Após a divulgação dos resultados do 4º trimestre de 2021, atualizamos o modelo da Tim.

Na visão da Ágora, a Tim está oferecendo atualmente uma relação “risco retorno atrativa”, tendo em vista: valuation mais descontado e potencial de valorização com a incorporação dos ativos móveis da Oi nos próximos trimestres.

Recentemente, a Tim anunciou R$ 16 bilhões a R$ 19 bilhões em sinergias da integração de ativos da Oi Móvel.

A empresa vai incorporar sua participação de 16,4 milhões de clientes da base móvel da Oi, levando a uma receita adicional de R$ 1,8 bilhão e um Ebitda de cerca de R$ 1,1 bilhão para os próximos 8 meses do ano, de abril a dezembro de 2022.

No entanto, ainda não estamos incorporando a contribuição das vendas de ativos móveis da Oi nos números.

A estimativa é que as sinergias operacionais podem somar R$ 2,00 por ação – conforme as expectativas da administração de que, até 2024, a base de clientes da Oi poderá representar 15% das receitas e 20% do EBITDA.

A Tim anunciou também uma orientação para 2022, implicando em aceleração do crescimento do Ebitda, juntamente com maior conversão de fluxo de caixa com necessidades de capex (investimentos) controladas.

O preço alvo para TIMS3 é estimado em R$ 19,00 por ação.

Fontes de conteúdo e relatórios consultados: Ágora Investimentos.

Edição: Ernani Fagundes, jornalista responsável pelo conteúdo do Blog do Grana.

E-mail: ernani.fagundes@grana.capital (mande sua opinião sobre o Blog do Grana e sugestões para melhorar sua experiência no site de notícias de mercado e de investimentos).

Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais:
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Receba em primeira mão nossas novidades

Assine nossa Newsletter

Baixe já nosso App