Fechamento do mercado em 27/04/2022: ETF de Ibovespa (BOVA11) sobe 1,19%

Share on twitter
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin

ETF de Ibovespa (BOVA11) e ETF de S&P 500 (IVVB11)

No fechamento de mercado em 27/04/2022, o principal ETF de Ibovespa (BOVA11) fechou em alta de 1,19%, a R$ 105,52 por cota. O Ibovespa avançou 1,05%, aos 109.349 pontos.

O principal ETF de S&P 500 (IVVB11) caiu 0,18%, a R$ 227 por cota. Em Nova York (EUA), o índice S&P 500 subiu 0,21%, aos 4.183 pontos.

O Dow Jones evoluiu 0,19%, 33.301 pontos. Já o Nasdaq Composite caiu 0,01%, aos 12.488 pontos.

“A prévia da inflação vista no IPCA-15 veio alta, a maior desde 1995, o que significa que a inflação de abril virá elevada, passará de 12% em 12 meses com o fechamento do mês”, apontou Rodrigo Simões, professor de finanças da FAC-SP.

O IPCA-15 subiu 1,73% em abril e acumula 12,03% em 12 meses.

“A alta do dólar já passa dos 3% na semana. Já o Ibovespa interrompeu a série de quedas e fechou em alta com a leve percepção de que a inflação veio melhor que o esperado”, completou Simões.

Na avaliação do professor, a inflação afeta o mundo todo.

Segundo Simões, a inflação global é agravada por lockdowns para conter o surto de covid-19 e problemas de abastecimento no porto de Shangai, na China, e também por causa da crise do gás na Europa, derivada da Guerra na Ucrânia.

Neoenergia (NEOE3)

O lucro da Neoenergia (NEOE3) alcançou R$ 1,2 bilhão no 1º trimestre de 2022, um aumento de 20% na comparação com igual trimestre de 2021.

A Neoenergia reportou uma receita operacional líquida de R$ 9,9 bilhões no período, o que representa um crescimento de 15% em relação ao mesmo período no ano anterior.

“Os números vieram sólidos, acima das expectativas de mercado, dando continuidade à tendência positiva reportada nos últimos trimestres”, avaliou a casa de análise Levante, em relatório.

Com a divulgação do balanço, NEOE3 disparou 6,04%, a R$ 18,25 por ação ON.

Foto: Termope. Divulgação/Neoenergia.

Gazprom

O preço do gás na Europa subiu mais de 20% após a Gazprom suspender fornecimento para Polônia e Bulgária por causa de novas regras com o pagamento em rublos.

“Os investidores estão repercutindo de perto a interrupção do fornecimento de gás russo para a Polônia e a Bulgária, após os países se recusarem a pagar o gás em rublos, como Moscou exigiu recentemente”, comentou o coordenador do departamento econômico do Banco ABC Brasil, Daniel Xavier, em relatório.

Na Bolsa de Moscou (Rússia), a ação da Gazprom subiu 5%, a 237,15 rublos no fechamento.

Anúncio de dividendos

Movida (MOVI3)

Movida pagará R$ 307 milhões em dividendos, o equivalente a R$ 0,8488 por ação.

No fechamento do mercado, MOVI3 subiu 2,42%, a R$ 17,38 por ação ON.

Wilson Sons (PORT3)

Wilson Sons pagará R$ 195,8 milhões em dividendos, o equivalente a R$ 2,6819 por ação.

No fechamento do mercado, PORT3 subiu 1,51%, a R$ 55,14 por ação ON.

Fechamento do mercado em 27/04/2022

Aqui no Blog do Grana, você terá informações sobre os principais assuntos da Bolsa (B3).

As notas e fatos relevantes informados abaixo podem ter influenciado a movimentação das ações das companhias citadas no pregão de hoje, de acordo com relatórios* de mercado.

Weg (WEGE3)

Weg registrou lucro de R$ 944 milhões no 1º trimestre de 2022, alta de 23,5% na comparação anual.

A receita da Weg cresceu 34,5% e alcançou R$ 6,8 bilhões nos três primeiros meses do ano.

Com a divulgação do balanço, WEGE3 disparou 5,50%, a R$ 31,63 por ação ON.

Indústrias Romi (ROMI3)

Indústrias Romi obteve lucro de R$ 30,3 milhões no 1º trimestre de 2022, crescimento de 47% na comparação anual.  

ROMI encerrou em queda de 2,03%, a R$ 13,00 por ação.

Ambev (ABEV3)

Receita líquida consolidada da Ambev deve crescer 7% e lucro líquido deve diminuir 25%, segundo análise da XP.

ABEV3 caiu 0,47%, a R$ 14,68 por ação ON.

Banco do Brasil (BBAS3)

Banco do Brasil prevê R$ 2 bilhões em pedidos de crédito na Agrishow, segundo reportagem do Estadão.

BBAS3 subiu 0,44%, a R$ 34,07 por ação ON.

BDRs e ações globais

General Motors (GMCO34)

General Motors reportou lucro de US$ 2,09 por ação, ante expectativa de US$ 1,68 de lucro por ação (LPA) projetada pelo mercado.

A receita da General Motors alcançou US$ 36 bilhões no 1º trimestre de 2022.

No Brasil, o recibo da ação da GM (GMCO34) subiu 0,84%, a R$ 48,07 por BDR negociado na B3.

Volkswagen e BMW

Registros de carros novos recuam 19% na Europa em março, para 1,13 milhão de veículos.

Volkswagen e BMW interromperam a produção por causa de problemas com fornecedores derivados da Guerra na Ucrânia.  

Na Bolsa de Frankfurt (Alemanha), a ação da Volkswagen fechou estável em 145,50 euros. Já BMW subiu 0,39% e encerrou em 76,57 euros por ação.

Visa (VISA34)

Visa informou lucro de US$ 1,79 por ação, ante projeção de US$ 1,65 do mercado.

A receita da Visa atingiu US$ 7,2 bilhões no 1º trimestre de 2022, ante estimativa de US$ 6,8 bilhões feita pelo mercado.

Segundo relatório da Avenue Intelligence, a Visa superou as estimativas dos analistas, com o crescimento da demanda por viagens estimulando os gastos dos consumidores.

O volume de pagamentos para os três meses encerrados em 31 de março de 2022 aumentou +17% em relação ao ano anterior.

O volume total internacional em dólar constante aumentou +38% no trimestre.

O total de transações processadas, foi de US$ 44,8 bilhões, um aumento de +19% em relação ao ano anterior.

“Embora o ambiente geopolítico permaneça incerto, esperamos um crescimento contínuo, impulsionado por uma recuperação robusta de viagens e pela habilitação de formas tradicionais e novas de pagamento”, disse o presidente e CEO, Alfred F. Kelly Jr.

A Visa é avaliada em cerca de US$ 440 bilhões, nos cálculos da Avenue Intelligence.

No Brasil, o recibo da ação da Visa (VISA34) disparou 9,57%, a R$ 55,18 por BDR negociado na B3. Em Nova York (EUA), a ação da Visa saltou 6,57% e figurou entre as maiores altas do S&P 500.

Fontes de conteúdo e relatórios consultados: B3, CVM, Banco ABC Brasil, Avenue Intelligence, BTG Pactual, XP, Levante Research, Guide Investimentos, Ourinvest e Terra Investimentos.

Edição: Ernani Fagundes, jornalista responsável pelo conteúdo do Blog do Grana.

E-mail: ernani.fagundes@grana.capital (mande sua opinião sobre o Blog do Grana e sugestões para melhorar sua experiência no site de notícias de mercado e de investimentos).

Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais:
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Receba em primeira mão nossas novidades

Assine nossa Newsletter

Baixe já nosso App