Share on twitter
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin

Como declarar CDBs no Imposto de Renda de 2022?

Aqui no Blog do Grana, você terá dicas para te ajudar na Declaração de Ajuste Anual do Imposto de Renda da Pessoa Física.

Confira na sequência do texto:

Foto: Imposto de Renda 2022. Divulgação/Receita Federal.

Imposto de Renda de CDBs

O Imposto de Renda (IR) sobre ganhos de capital em certificados de depósito bancário (CDBs) é cobrado na fonte.

Mas o investidor precisa declarar o patrimônio investido e o saldo do último dia do ano anterior na Declaração de Ajuste Anual do Imposto de Renda da Pessoa Física (DIRPF).

Preparação antes da Declaração

Em geral, essa informação sobre o valor investido e o saldo em CDBs pode ser encontrado no Informe de Rendimentos que cada banco ou corretora de valores entrega para seus clientes.

Ou seja, precisa ter esse Informe em mãos ou por meio do internet banking ou da plataforma de investimentos (corretora) no momento da Declaração à Receita Federal.

Como declarar CDBs no Imposto de Renda

Abra o aplicativo Meu Imposto de Renda da Receita Federal.

Com a Declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física aberta no smartphone (celular) ou no desktop (computador de mesa) e o Informe de Rendimentos em mãos, em poucos passos é possível declarar essas informações:

  • Acesse a aba “Bens e Direitos” no menu do Meu Imposto de Renda da Receita Federal.
  • Clique em “Novo” ou selecione o título caso tenha salvo do ano anterior.
  • Selecione o Grupo 4 – Aplicações e Investimentos
  • E depois selecione o código 02 – Títulos públicos e privados sujeitos à tributação (Tesouro Direto, CDB, RDB e outros)’.
  • No campo “Discriminação” você pode escrever “CDBs” ou colocar mais detalhes, como, por exemplo, valor inicial investido e data de vencimento. Essa informação será útil para a Declaração do Imposto de Renda do ano seguinte, para facilitar as informações sobre CDBs comprados e vendidos.
  • Preencha o CNPJ da corretora ou banco por onde você aplica seu dinheiro. Essa informação está no Informe de Rendimentos do banco ou da corretora.
  • No campo para valores, inclua o saldo informado pela corretora ou banco correspondente às datas determinadas, ou seja, na data do exercício anterior – 2020 (se houver) e na data relativa ao último dia do ano calendário (2021).
  • Depois vá até a aba “Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva/Definitiva” e selecione o código 06 de “Rendimentos de Aplicações Financeiras”.
  • Clique em Novo e informe no campo de Rendimentos de Aplicações Financeiras, o valor de rendimento obtido com os CDBs, o CNPJ da fonte pagadora, e o nome da fonte pagadora (ex. Banco XXXXX).

Pronto. A parte sobre CDBs no Imposto de Renda ficará completa e é só seguir o preenchimento para as demais informações sobre Investimentos.

Precisa de ajuda com Declaração de Investimentos? Baixe o Grana

Para mais informações sobre a declaração de investimentos no Imposto de Renda como ações, fundos imobiliários, Fiagro Imobiliário, ETFs, BDRs ou BDRs de ETFs, consulte o link abaixo:

Fontes consultadas: Site da Receita Federal

Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais:
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Receba em primeira mão nossas novidades

Assine nossa Newsletter

Baixe já nosso App