Ofertas de ações em 2022: Quais são as operações em análise na CVM

Share on twitter
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin

Quais são as ofertas de ações em 2022 em análise na Comissão de Valores Mobiliários (CVM)?

Aqui no Blog do Grana, você terá informações sobre quais são as operações previstas para os próximos meses.

Para participar de uma oferta pública de ações, o investidor pessoa física precisa se inscrever nas corretoras participantes da operação e se informar sobre os riscos nos prospectos publicados pela CVM.

A CVM é autarquia do governo que fiscaliza o mercado de capitais brasileiro.

Confira na sequência do texto:

Ofertas de ações em 2022

Eletrobras (ELET)

Salvo atrasos e adiamentos na Justiça, outra oferta que poderá ocorrer – provavelmente no mês de abril e no máximo até maio de 2022 – é a oferta de ações da Eletrobras.

A operação passará por uma avaliação do Tribunal de Contas da União (TCU), após passar pela aprovação do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), responsável pela venda da fatia acionária da União na Eletrobras e um dos coordenadores da oferta.

De acordo com rumores de mercado, a oferta global da Eletrobras deve movimentar aproximadamente R$ 25 bilhões em recursos, mas esses números não são oficialmente conhecidos pelo mercado e o prospecto da operação ainda não está publicado na CVM.

Ofertas de aumento de capital (follow-on) registradas em 2022

De acordo com o boletim da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima) as operações de follow-on (aumento de capital) somaram: R$ 6 milhões em janeiro, R$ 11,29 bilhões em fevereiro e R$ 6 milhões em março.

Grande parte do volume é resultado de três ofertas, que envolvem o aumento de capital da BRF (R$5,17 bilhões), da Equatorial Energia (R$ 2,78 bilhões) e da Alpargatas (R$ 2,49 bilhões).

Houve somente R$ 6 milhões em follow-ons (ofertas subsequentes de ações) em março de 2022 numa única operação, realizada pela Allied Tecnologia.

Vale ressaltar que, no momento, não há nenhuma oferta em andamento em renda variável pela Instrução CVM 400, que regulamenta as ofertas destinadas ao investidor em geral.

Segundo o vice-presidente da Anbima, José Eduardo Laloni, em entrevista coletiva sobre os dados do 1º trimestre de 2022 existem “seis ofertas de ações em análise”, das quais duas operações foram interrompidas momentaneamente – sendo uma de IPO do setor da indústria e outra de follow-on do setor bancário.

Em sua apresentação aos jornalistas, Laloni destacou que a maior parte dos recursos captados em ofertas de ações no 1º trimestre de 2022 foi para pagar aquisições de participações (60,7% do volume).

Ofertas públicas iniciais de ações (IPOs) em análise na CVM

As ofertas públicas iniciais de ações (IPOs, na sigla em inglês) relacionadas abaixo estão em fase preliminar, ainda sem data definida para o começo das operações.

Para informações sobre os riscos dessas ofertas acesse os prospectos preliminares já disponíveis na CVM clicando nos respectivos links das companhias candidatas para acessar o mercado de capitais:

Pedidos protocolados em março de 2022

Fevereiro de 2022

Dezembro de 2021

Outubro de 2021

(*) Fonte: CVM em 18/04/2022.

Relatórios consultados: CVM e Anbima

Edição: Ernani Fagundes, jornalista responsável pelo conteúdo do Blog do Grana.

E-mail: ernani.fagundes@grana.capital (mande sua opinião sobre o Blog do Grana e sugestões para melhorar sua experiência no site de notícias de mercado e de investimentos).

Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais:
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Receba em primeira mão nossas novidades

Assine nossa Newsletter

Baixe já nosso App