Ações de empresas de petróleo e minério de ferro impulsionam alta do Ibovespa

Share on twitter
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin

As ações de empresas de petróleo (PetroRio e Petrobras) e minério de ferro (Vale) impulsionavam o Ibovespa na manhã de 23 de março de 2022.

O Ibovespa subia 0,81%, aos 118.218 pontos por volta do meio-dia.

Em Nova York (EUA), ao contrário, o Dow Jones recuava 0,69%, aos 34.566 pontos. O S&P 500 registrava queda de 0,33%, aos 4.496 pontos. Já o Nasdaq Composite descia 0,04%, aos 14.102 pontos.

Aqui no Blog do Grana, você acompanha os principais assuntos que movimentam seus investimentos na Bolsa (B3).

Confira na sequência do texto:

Destaques do Ibovespa: PetroRio, Petrobras e Vale

O petróleo Brent sobe 3,1%, para US$ 119,1 por barril na Europa, puxado pelos dados da API, divulgados ontem no final do dia, que mostraram queda nos estoques em 4,28 milhões de barris petróleo na semana encerrada em 18 de março, surpreendendo as expectativas de leve alta de 25 mil barris.

“Os mercados seguem em alerta com a perspectiva de novas sanções à Rússia, com que o presidente dos EUA, Joe Biden, devendo se reunir com líderes europeus amanhã para discutir o conflito na Ucrânia”, comentou o coordenador do departamento econômico do Banco ABC Brasil, Daniel Xavier, em relatório de abertura de mercado.

Com essa alta do petróleo lá fora, a ação da PetroRio (PRIO3) subia 4,41% e figurava entre as maiores altas do Ibovespa no período da manhã.

Em menor ritmo, a ação PN da Petrobras (PETR4) avançava 1,80% ao meio-dia.

Além da alta do petróleo que atrai o interesse dos investidores, outra notícia relevante que movimentava os papéis era o fato da Petrobras ter confirmado a oferta da PetroReconcavo e da Eneva pela área de exploração de Bahia Terra.

Ainda sobre as altas da manhã, a ação da Vale (VALE3) avançava 1,34%.

Entre os fundamentos para explicar a valorização da mineradora, o preço do minério de ferro subiu 2,1%, a US$ 146,45 por tonelada no mercado à vista na China.

Maiores altas ao meio-dia

  • Grupo Soma (SOMA3): +6,39%
  • PetroRio (PRIO3): +4,41%
  • Lojas Renner (LREN3): +4,22%
  • CVC Brasil Turismo (CVCB3): +3,80%
  • Banco Inter (BIDI11): +3,57%

Maiores baixas ao meio-dia

  • Fleury (FLRY3): -3,21%
  • Copel (CPLE3): -1,79%
  • Minerva (BEEF3): -1,72%
  • BRF (BRFS3): -1,22%
  • Suzano (SUZB3): -0,82%

Outros ativos em destaque

As notas e fatos relevantes informados abaixo podem ter influenciado a movimentação das ações das companhias citadas no pregão de hoje, de acordo com relatórios* de mercado.

Weg (WEGE3)

A Weg pagará R$ 154,3 milhões em juros sobre capital próprio (JCP), o equivalente a R$ 0,04 por ação.

Weg anuncia programa de recompra de até 300 mil ações.

Vibra Energia (VBBR3)

Vibra obteve lucro de R$ 1,03 bilhão no 4º trimestre de 2021, queda de 67,4% na comparação anual.

A receita da Vibra alcança R$ 39,3 bilhões no período, alta de 61,6% na comparação com o 4º trimestre de 2020.

Even (EVEN3)

Even registra lucro de R$ 41,8 milhões no 4º trimestre de 2021, ante prejuízo em igual período de 2020.

A receita da Even soma R$ 543,5 milhões no 4º trimestre de 2021, alta de 19,5% na comparação anual.

Copel (CPLE3)

Copel divulga lucro de R$ 396,2 milhões no 4º trimestre de 2021, queda de 64,7% na comparação anual.

A receita da Copel totaliza R$ 6,6 bilhões no período, alta de 16,6% em relação ao 4º trimestre de 2020.

IRB Brasil (IRBR3)

IRB Brasil teve lucro de R$ 114,1 milhões em janeiro de 2022, de um total de R$ 1,02 bilhão em receita.

JBS fará emissão de R$ 1,2 bilhão em debêntures para lastrear certificados de recebíveis do agronegócio (CRA).

Ambev (ABEV3) e Heineken (HEIA34)

Heineken recorrerá ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) sobre práticas de concorrência da Ambev.

BDRs e ações globais

Nvidia (NVDC34)

Nvidia anuncia a criação de novos chips H100 que aumentarão a velocidade de computação em processos de inteligência artificial (IA).

Xiaomi e Apple (AAPL34)

Xiaomi, a terceira maior fabricante de smartphones do mundo, anuncia programa de recompra de até US$ 1,3 bilhão de suas próprias ações.

A Xiaomi é a principal concorrente da Apple na Ásia, região onde a norte-americana perdeu terreno, segundo a International Data Corp.

Relatórios consultados: B3, CVM, ABC Brasil, BTG Pactual, XP, Avenue Intelligence, Levante Research, Modalmais, Guide Investimentos e Terra Investimentos.

Edição: Ernani Fagundes, jornalista responsável pelo conteúdo do Blog do Grana.

E-mail: ernani.fagundes@grana.capital (mande sua opinião sobre o Blog do Grana e sugestões para melhorar sua experiência no site de notícias de mercado e de investimentos).

Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais:
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Receba em primeira mão nossas novidades

Assine nossa Newsletter

Baixe já nosso App