Taxa básica de juros sobe para 10,75% ao ano e Bolsa cai 1,18% na expectativa da decisão do BC

Share on twitter
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin

O Banco Central (BC) aumenta a taxa de juros (Selic) em 1,5 ponto porcentual, para 10,75% ao ano em 02 de fevereiro de 2022, em linha com o esperado pelo mercado.

O Ibovespa recuou 1,18%, a 111.894 pontos, na expectativa da decisão da reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, que foi anunciada após o fechamento da Bolsa.

Em Nova York (EUA), o Dow Jones subiu 0,63%, a 35.629 pontos. O S&P 500 avançou 0,94%, a 4.589 pontos. Já o Nasdaq Composite registrou alta de 0,50%, aos 14.417 pontos.

Aqui no Blog do Grana, você acompanha os principais assuntos que movimentam seus investimentos na Bolsa (B3).

Confira na sequência do texto:

Cenário Brasil – Taxa básica de juros sobe para 10,75% ao ano

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) decidiu, por unanimidade, elevar a taxa básica de juros (Selic) em 1,5 ponto porcentual, para 10,75% ao ano.

“Em relação aos seus próximos passos, o Comitê antevê como mais adequada, neste momento, a redução do ritmo de ajuste da taxa básica de juros. Essa sinalização reflete o estágio do ciclo de aperto, cujos efeitos cumulativos se manifestarão ao longo do horizonte relevante”, descreveu o comunicado do BC após o fechamento do mercado.

“No comunicado, o Copom antevê como mais adequado a redução do ritmo de ajuste na próxima reunião, enfatizando que passos futuros poderão ser ajustados”, comentou Simone Pasianotto, economista-chefe da Reag Investimentos, ao Blog do Grana.

“O mercado pode interpretar que o ciclo de ajuste da Selic pode ser um pouco mais longo do que o previsto anteriormente. Hoje o mercado projeta juros de 11,75% para o final desse ano e essa projeção pode subir após a decisão de hoje. Talvez para 12% ao ano, não muito mais que isso”, avaliou Fernanda Consorte, economista-chefe do Banco Ourinvest.

Para Maurício Oreng, economista do Santander Brasil, o BC ainda subirá mais os juros nas próximas duas reuniões do Copom. “Em março e em maio, nós vislumbramos mais 100 pontos (1 ponto porcentual) em março e mais 50 pontos (0,50 ponto porcentual) em maio”, prevê Maurício Oreng.

A Associação Comercial de São Paulo (ACSP) alertou, em nota, que o aumento da taxa básica de juros trará reflexos diretos para o varejo.

“Fica difícil fazer crediário ou utilizar o cartão de crédito, porque os juros altos aumentam muito o valor final do produto e ainda fazem o prazo para o pagamento diminuir”, disse Marcel Solimeo, economista da ACSP. “A medida afeta o consumo”, complementa.

No mercado, os analistas esperam dados mais fracos das empresas de varejo listadas na Bolsa, diante do aumento dos juros no crédito para consumo.

Destaques do Ibovespa – BRF (BRFS3) e Marfrig (MRFG3)

A ação da BRF recuou 7,77%, a R$ 19,95 por ação BRFS3.

O movimento de baixa ocorreu após a precificação da oferta pública de aumento de capital (follow-on) que estabeleceu o preço de R$ 20 por ação para grandes investidores, um desconto de 7,5% em relação ao fechamento de ontem.

A ação da Marfrig (MRFG3) também caiu 2,51%, impactada pela movimentação dos investidores. Já o papel da concorrente Minerva (BEEF3) escapou do sinal negativo e subiu 0,11% hoje.

Maiores altas

  • Positivo (POSI3): +3,57%, a R$ 9,58 por ação ON
  • Qualicorp (QUAL3): +1,60%, a R$ 18,37 por ação ON
  • Cielo (CIEL3): +1,30%, a R$ 2,33 por ação ON
  • Bradespar (BRAP4): +1,15%, a R$ 28,13 por ação PN
  • Rede D’Or (RDOR3): +0,89%, a R$ 45,59 por ação ON

Maiores baixas

  • Banco Inter (BIDI11): -9,54%, a R$ 25,40 por unit
  • IRB Brasil (IRBR3): -9,04%, a R$ 3,02 por ação ON
  • BRF (BRFS3): -7,77%, a R$ 19,95 por ação ON
  • Banco Pan (BPAN4): -7,34%, a R$ 9,60 por ação PN
  • Magazine Luiza (MGLU3): -7,13%, a R$ 6,51 por ação ON

Outros ativos em destaque

As notas e fatos relevantes informados abaixo podem ter influenciado a movimentação das ações das companhias citadas no pregão de hoje, de acordo com relatórios* de mercado.

Santander (SANB11)

Santander reporta lucro de R$ 3,88 bilhões no 4º trimestre de 2021, queda de 2% na comparação com igual período de 2020.

O Santander aprovou distribuição de R$ 1,3 bilhão em dividendos, o equivalente a R$ 0,1659 por ação ON; R$ 0,1825 por ação PN e R$ 0,3485 por unit.

Também será distribuído R$ 1,445 bilhão em JCP, correspondente a R$ 0,1844 por ação ON, R$ 0,2029 por ação PN e R$ 0,3873 por unit; ex em 11 de fevereiro.

Com a divulgação do balanço, SANB11 caiu 2,99%, a R$ 31,95 por unit.

Indústrias Romi (ROMI3)

Indústrias Romi reporta lucro de R$ 54,7 milhões no 4º trimestre de 2021, queda de 36,6% na comparação com o mesmo trimestre de 2020.

Com a divulgação do balanço, ROMI3 caiu 0,95%, a R$ 16,60 por ação ON.

3R Petroleum (RRRP3)

3R Petroleum confirma que gestora Starboard Asset vendeu ontem 22,7 milhões de ações no mercado, a R$ 36,50 por ação RRRP3.

Com a notícia da venda das ações pela gestora, RRRP3 recuou 2,28%, a R$ 36,45 por ação ON.

Petrobras (PETR4)

A Petrobras recebeu nova parcela de US$ 475 milhões da Equinor por participação no bloco BM-S-8.

Preço do petróleo Brent subiu 0,34% para US$ 89,37 por barril na Europa, após a reunião da Organização dos Países Produtores de Petróleo (OPEP+) decidir aumentar a produção em 400 mil barris por dia em março. Ou seja, haverá um pouco mais de oferta dos países produtores no mercado internacional.

No Brasil, PETR4 caiu 1,45% para R$ 36,45 por ação PN. Já PETR3 caiu 1,79%, a R$ 35,66 por ação ON.

Vale (VALE3)

Goldman Sachs informou recomendação neutra para os ADRs da Vale, com preço alvo de US$ 17 por ADR. O banco ressaltou que a companhia está buscando reconhecimento da melhoria operacional em metais básicos.

Já o minério de ferro negociado em Singapura registrou alta de 2,14%, a US$ 140,85 por tonelada.

“A liquidez é bem menor (em Singapura) que em Qingdao, na China”, comentou o economista-chefe do Modalmais, Alvaro Bandeira.

Nos últimos dias, há falhas de referenciais de preço do minério de ferro no mercado internacional por causa do feriado de uma semana na China.

Mas com a alta do minério lá fora, VALE3 subiu 0,56%, a R$ 85,79 por ação ON.

Energisa (ENGI11)

A Energisa prevê investimentos de R$ 3,825 bilhões em distribuição em 2022.

ENGI11 caiu 0,53%, a R$ 43,50 por unit.

Sinqia (SQIA3)

A Sinqia concluiu, por meio da controlada Sinqia Tecnologia, aquisição de 100% do capital da Mercer Seguridade; negócio foi anunciado em julho, por R$ 35 milhões.

SQIA3 caiu 0,10%, a R$ 19,12 por ação ON.

 Sanepar (SAPR4)

A Sanepar informou que Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Paraná (Agepar) aprovou resolução sobre a gratuidade da 1ª ligação de esgoto residencial.

Com a notícia, SAPR4 caiu 1,25%, a R$ 3,95 por ação PN.

Hidrovias do Brasil (HBSA3)

A Hidrovias do Brasil informou que, em janeiro, carregou minério de ferro na região de Corumbá (MS), ainda sujeito a ciclos de navegação mais longos em função das restrições do nível do rio em alguns pontos críticos deste corredor.

Com a divulgação das dificuldades de navegação, HBSA3 caiu 4,75%, a R$ 2,81 por ação ON.

BDRs e ações EUA

Nas Bolsas americanas, a volatilidade “segue elevada”, conforme observou relatório de fechamento de mercado do Modalmais, que pontou o sobe e desce dos índices em Nova York, que terminaram em alta no encerramento dos negócios.

A dívida pública nos Estados Unidos passou dos US$ 30 trilhões em função de empréstimos para a pandemia, crescendo cerca de US$ 7 trilhões desde um pouco antes do início da pandemia.

Das 198 empresas do S&P 500 que já divulgaram resultados, 76% divulgaram resultados acima do esperado, segundo observou relatório do Banco ABC Brasil.

No fechamento do mercado por lá as principais ações que terminaram no positivo eram: Apple (+0,70%), Microsoft (+1,52%), Intel (+1,14%), Verizon (+1,13%), Cisco (+1,44%), AT&T (+0,49%), Procter & Gamble (+1,79%), Qualcomm (+6,25%), AMD (+5,12%), sendo as duas últimas entre as maiores altas do S&P 500.

Na ponta negativa estavam: Salesforce.com (-3,06%), Walt Disney (-1,29%), JP Morgan (-0,80%), Boeing (-0,39%), Ford (-0,15%) e Netflix (-6,05%), essa última entre as maiores baixas do S&P 500.

Google (GOLG34)

Lucro da Alphabet (Google) alcança US$ 30,69 por ação no 4º trimestre de 2021, versus US$ 27,34 de lucro por ação (LPA) estimado pelo mercado.

Google reportou receita de US$ 75,33 bilhões, acima da previsão de US$ 72,17 bilhões dos analistas.

A Alphabet também anunciou um split (divisão) nas ações, de 1 para 20, o que pode facilitar a entrada de investidores pessoas físicas.

Com a divulgação do balanço, as duas ações da Alphabet fecharam com as maiores altas do S&P 500: Alphabet A (+7,52%) e Alphabet C (+7,37%).

AMD (A1MD34)

Lucro da AMD ficou em US$ 0,92 por ação, abaixo da estimativa de US$ 0,96 de lucro por ação do consenso de mercado.

Receita da AMD ficou em US$ 4,8 bilhões, abaixo da previsão de US$ 5 bilhões dos analistas.

Com a divulgação do balanço, a ação da AMD subiu 5,12%, entre as maiores altas do S&P 500.

General Motors (GMCO34)

Lucro da General Motors alcança US$ 1,35 por ação, acima do valor de US$ 1,20 de lucro por ação esperado pelo mercado.

Receita da GM ficou em US$ 33,6 bilhões, abaixo da expectativa de US$ 34,5 bilhões prevista por analistas.

No Brasil, GMCO34 caiu 4,79%, a R$ 70,38 por BDR.

Paypal (PYPL34)

Lucro da Paypal ficou em US$ 1,11 por ação, abaixo da estimativa de US$ 1,12 de lucro por ação do consenso de mercado.

Receita da Paypal atingiu US$ 6,9 bilhões, em linha com o esperado pelo mercado.

Em Nova York, após a divulgação do balanço, a ação da Paypal desabou 24,59%.

Meta (FBOK34)

As ações do Facebook despencaram mais de 20% no after-market, após seus números trimestrais frustrarem as expectativas de Wall Street, conforme observou relatório da Avenue Intelligence.

  • Lucro por ação: US$ 3,67, ante consenso de US$ 3,84 por lucro por ação.
  • Receita: US$ 33,67 bilhões versus US$ 33,4 bilhões estimados.
  • Usuários ativos mensais: 2,91 bilhões contra 2,95 bilhões esperados.
  • Receita média por usuário: US$ 11,57 versus US$ 11,38 projetados.

Relatórios consultados: B3, CVM, Banco ABC Brasil, BTG Pactual, XP, Terra Investimentos, Avenue Intelligence e Levante Research.

Edição: Ernani Fagundes, jornalista responsável pelo conteúdo do Blog do Grana.

E-mail: ernani.fagundes@grana.capital (mande sua opinião sobre o Blog do Grana e sugestões para melhorar sua experiência no site de notícias de mercado e de investimentos).

Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais:
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Receba em primeira mão nossas novidades

Assine nossa Newsletter

Baixe já nosso App