Ibovespa sobe 1,01% e retoma patamar dos 109 mil pontos

Share on twitter
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin

Em 20-01-2022, o Ibovespa subiu 1,01%, aos 109.101 pontos. No ano e no mês de janeiro, o índice acumula valorização de 4,05%.

Em Nova York, o Dow Jones caiu 0,89%, aos 34.715 pontos. O S&P registrou baixa de 1,13%, aos 4.481 pontos. Já o Nasdaq Composite mostrou queda de 1,30%, aos 14.154 pontos.

Aqui no Blog do Grana, você acompanha os principais assuntos que movimentam seus investimentos na Bolsa (B3).

Confira na sequência do texto:

Destaques do Ibovespa:  Banco Inter (BIDI11) e CVC Brasil (CVCB3)

Entre os destaques de alta do Ibovespa, a unit do Banco Inter (BIDI11) disparou 13,16%, a R$ 25,46 no fechamento do mercado.

De acordo com o head de renda variável da Veedha Investimento, Rodrigo Moliterno, a fala do presidente do Banco Central do Brasil, Roberto Campos Neto, de que o ciclo de alta dos juros estaria próximo do fim deu ânimo para a valorização de todo o mercado.

“O ciclo de alta dos juros está chegando ao fim, e o mercado entendeu isso como algo positivo”, avaliou Moliterno, ao Blog do Grana.

O economista-chefe do Modalmais, Alvaro Bandeira, também comentou que no segmento local, a Febraban (Federação Brasileira de Bancos) prevê que a carteira de crédito deve fechar 2021 com expansão de 16%, a maior alta desde 2012.

O volume de crédito deve atingir R$ 7,5 trilhões desde o início da pandemia, sinal positivo para os papéis do setor bancário.

“O Campos Neto, do BC, falou em evento sobre desafios de crescimento da América Latina no pós-pandemia, com o Brasil meio estagnado e atrás de emergentes, e que o agro é importante para o PIB de 2022 e o BC está focado no estrutural da inflação”, comentou Bandeira, sobre o discurso do presidente do Banco Central do Brasil.

“A fala de Campos Neto sinalizando que o ciclo de alta da taxa de juros deve estar chegando ao fim fez com que os contratos futuros de juros desvalorizassem ao longo de toda a curva. O destaque do dia foi Banco Inter, sendo puxada por essa queda dos juros”, descreveu a equipe de análise da Terra Investimentos – Eliz Sapucaia, Heloise Sanchez e Régis Chinchila, em relatório de fechamento de mercado.

Outro papel que destacou na sessão de hoje foi CVC Brasil (+10,47%), segunda maior alta do Ibovespa.

Entre os fundamentos para a valorização está a aprovação pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) da vacina Coronavac para crianças a partir dos seis anos de idade.

Como o Instituto Butantan já possui mais de 15 milhões de doses disponíveis, a vacinação tende a ser acelerada nas próximas semanas.

Segundo analistas de mercado, a vacinação contra covid-19 é fundamental para a retomada dos setores de turismo e de viagens aéreas no Brasil e no mundo.

Maiores altas

  • Banco Inter (BIDI11): +13,16%, a R$ 25,46 por unit
  • CVC Brasil (CVCB3): +10,47%, a R$ 12,77 por ação ON
  • Petz (PETZ3): +9,71%, a R$ 16,16 por ação ON
  • Grupo Soma (SOMA3): +9,19%, a R$ 12,12 por ação ON
  • Localiza (RENT3): +8,59%, a R$ 54,13 por ação ON

Maiores baixas

  • Carrefour Brasil (CRFB3): -2,59%, a R$ 14,65 por ação ON
  • Suzano (SUZB3): -2,49%, a R$ 60,31 por ação ON
  • Gerdau Metal (GOAU4): -1,73%, a R$ 11,90 por ação PN
  • Vale (VALE3): -1,70%, a R$ 86,71 por ação ON
  • 3R Petroleum (RRRP3): -1,59%, a R$ 36,50 por ação ON

Outros ativos em destaque

As notas e fatos relevantes informados abaixo podem ter influenciado a movimentação das ações das companhias citadas no pregão de hoje, de acordo com relatórios* de mercado.

Vale (VALE3)

Vale terá que apresentar em 10 dias relatórios fotográficos e técnicos sobre a situação de 18 barragens em Minas Gerais para o Ministério Público do Estado, de acordo com reportagem do Valor Econômico.

VALE3 recuou 1,70% e fechou em R$ 86,71 por ação ON.

Petrobras (PETR4/PETR3) e 3R Petroleum (RRRP3)

Petrobras confirma negociação de R$ 1 bilhão pelo Polo Potiguar no Rio Grande do Norte com a petrolífera 3R Petroleum.

PETR4 subiu 0,73%, a R$ 31,72 por ação PN, enquanto PETR3 avançou 0,64%, a R$ 34,47 por ação ON.

Já 3R Petroleum (RRRP3) caiu 1,59%, a R$ 36,50 por ação ON.

JHSF (JHSF3)

Vendas líquidas da JHSF alcançam R$ 340,2 milhões no quarto trimestre de 2021, alta de 28,9% na comparação com igual período de 2020.

Com a divulgação das informações, JHSF3 subiu 4,44%, a R$ 5,17 por ação ON.

Tenda (TEND3)

Vendas líquidas da Tenda somam R$ 781 milhões no quarto trimestre de 2021, queda de 1,8% em relação ao mesmo trimestre de 2020.

Com a divulgação da prévia, TEND3 disparou 7,35%, a R$ 15,91 por ação ON.

BDRs e ações EUA

Nos Estados Unidos, os pedidos de auxílio desemprego da semana anterior cresceram 55 mil posições, para 286 mil posições, quando o previsto era 255 mil.

Os números de pedidos continuados cresceram 84 mil posições, para 1,63 milhão. 

Além dos dados macroeconômicos divulgados por lá, os investidores reagiram aos balanços divulgados por grandes empresas norte-americanas listadas nas Bolsas de Nova York (EUA).

Procter & Gamble (PGCO34)

Lucro líquido da Procter & Gamble alcançou US$ 4,2 bilhões, o equivalente a US$ 1,66 de lucro por ação (LPA), em linha com as expectativas de mercado.

Receita da Procter & Gamble atingiu US$ 20,9 bilhões no trimestre fiscal, alta de 6% na comparação com igual trimestre fiscal do ano anterior.

Com a divulgação do balanço, Procter & Gamble subiu 0,54% em Nova York.

Morgan Stanley (MSBR34)

Morgan Stanley reporta lucro de US$ 2,08 por ação, 7% acima do valor de US$ 1,94 esperado pelo consenso de mercado.

Receita do Morgan Stanley alcançou US$ 14,5 bilhões no quarto trimestre de 2021, acima dos US$ 14,4 bilhões do consenso de mercado.

Com a divulgação do balanço, Morgan Stanley avançou 4,29%, entre as maiores altas do S&P 500.

Bank of America (BOAC34)

Bank of America reporta lucro de US$ 0,82 por ação, 9% acima do valor de US$ 0,76 esperado pelo consenso de mercado.

Receita do Bank of America alcançou US$ 22,2 bilhões, em linha com as projeções dos analistas.

Com a divulgação do balanço, a ação do Bank of America caiu 1,49%.

Apple (AAPL34) e Microsoft (MSFT34)

As ações das big techs seguiram se ajustando ao sinal negativo em Nova York: Apple (-1,03%) e Microsoft (-0,57%).

Intel (ITLC34), AMD (A1MD34) e Verizon (VERZ34)

A correção dos preços das ações também continuou se espalhando para outras empresas de tecnologia: Intel (-2,95%), AMD (-4,97%) e Verizon (-0,19%).

Coca-Cola (COCA34)

Após a pequena alta de ontem (+0,16%), a tradicional Coca-Cola entrou na onda de ajustes e caiu 0,41% hoje.

Dow Chemical (DOWB34)

Ainda entre as baixas do S&P 500, a Dow Chemical recuou 3,39% hoje.

Ford Motors (FDMO34) e Caterpillar (CATP34)

Entre as empresas do setor de veículos, o sinal também foi negativo: Caterpillar (-2,27%) e Ford Motors (-3,61%), essa última novamente entre as maiores baixas do S&P 500.

Netflix (NFLX34)

A Netflix (ticker NFLX em Nova York) divulgou nesta quinta-feira no final do dia os seus resultados do terceiro trimestre e vieram em linha com o esperado pelos analistas, entretanto no after-market as ações caíram mais de 10%, segundo observou a corretora Avenue.

A receita ficou em US$ 7,71 bilhões. A Netflix registrou lucro de US$ 1,32 por ação, ante US$ 0,82 esperado pelo consenso de mercado.

As adições líquidas globais alcançaram 8,28 milhões de assinantes pagos, versus 8,19 milhões esperados.

“A Netflix na semana anterior havia anunciando que aumentaria os preços das assinaturas nos EUA e Canadá, o que ajudou a impulsionar as ações, entretanto os resultados de hoje não agradaram tanto o mercado dado o crescimento da base de clientes”, destaca o relatório da Avenue Intelligence.

Em 2022, segundo a companhia, se espera o menor crescimento histórico de base de assinantes pagos (atualmente em 221,84 milhões) e esperam adicionar apenas 2,5 milhões no próximo trimestre.

A empresa destacou que os EUA e Canadá adicionaram 1,2 milhão de assinantes pagos, seu maior crescimento desde os primeiros dias da pandemia de Covid-19 em 2020.

A Ásia-Pacífico adicionou 2,6 milhões de assinantes.

A América Latina adicionou 1 milhão; e a EMEA foi o maior contribuinte, adicionando 3,5 milhões.

“A Netflix disse que o aumento da concorrência de outras empresas foi um dos motivos da desaceleração, embora no passado tenha dito que empresas como Apple e Disney não afetariam materialmente o crescimento”, descreve o relatório da Avenue Intelligence.

Outro fator negativo foi a margem operacional, que caiu para 8,2%, contra 23,5% do último trimestre e 14,4% do ano anterior.

“O declínio na margem operacional era esperado devido à nossa grande lista de conteúdo no quarto trimestre deste ano”, destacou a empresa.

Relatórios consultados: B3, CVM, Avenue Intelligence, XP Investimentos, Banco ABC Brasil, Levante e Terra Investimentos.

Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais:
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Receba em primeira mão nossas novidades

Assine nossa Newsletter

Baixe já nosso App