Ibovespa em 06-01-2022 sobe 0,55% e fecha em 101.561 pontos

Share on twitter
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin

Ajudado por ações de commodities, o Ibovespa em 06-01-2022 subiu 0,55%, aos 101.561 pontos, a primeira alta do ano. Mas ainda longe de compensar as perdas acumuladas de 3,22% em janeiro de 2022.

Em Nova York, o Dow Jones caiu 0,47%, aos 36.236 pontos. O S&P 500 recuou 0,10%, aos 4.696 pontos. Já o Nasdaq Composite teve queda de 0,13%, a 15.080 pontos.

Aqui no Blog do Grana, você acompanha os principais assuntos que movimentam seus investimentos na Bolsa (B3).

Confira na sequência do texto:

Destaques na Bolsa: PetroRio e Vale

Minério de ferro subiu 2,15% no porto chinês de Qingdao, para US$ 127,58 por tonelada, aumento que beneficiou as ações da Vale (+2,02%).

Na Europa, o preço do petróleo Brent voltou a superar US$ 80 por barril, aumento que beneficiou as ações da PetroRio, que teve alta de 2,54%, a R$ 18,96 por ação PRIO3.

Após ter começado em alta pela manhã, Petrobras virou o sinal ao longo da tarde e encerrou em leve baixa em suas duas ações: PETR4 (-0,07%) e PETR3 (-0,10%).

Conforme observou o economista-chefe do Modalmais, Alvaro Bandeira, nos últimos seis pregões, o Ibovespa teve somente um dia de alta e hoje parece ter abandonado a distopia, mostrando boa reação depois da forte queda de ontem, com a postura mais dura do Federal Reserve (o BC dos EUA) em relação à política monetária, e claramente com os membros do FOMC (Comitê Federal de Mercado Aberto, na sigla em inglês) incomodados com a inflação alta.

“Vínhamos na contramão, e hoje reagimos também na contramão, só que de alta”, comentou Bandeira.

Segundo o economista-chefe o minério de ferro subiu durante a madrugada na China, impulsionando mineradoras e siderúrgicas, e o petróleo teve dia de boa recuperação no mercado internacional com conflitos no Cazaquistão e na Líbia podendo reduzir a oferta de óleo.

“De qualquer forma, conseguimos manter patamar de 101 mil pontos, afastando levemente a possibilidade de perder os 100 mil pontos, o que poderia gerar maior pressão vendedora”, concluiu Bandeira, em seu relatório de fechamento de mercado.

Maiores altas

  • BRF (BRFS3): +7,05%, a R$ 24,30 por ação ON
  • Lojas Renner (LREN3): +5,12%, a R$ 22,80 por ação ON
  • Hapvida (HPAV3): +3,74%, a R$ 9,71 por ação ON
  • Grupo NotreDame Intermédica (GNDI3): +3,68%, a R$ 57,53 por ação ON
  • Fleury (FLRY3): +3,34%, a R$ 16,42 por ação ON

Maiores baixas

  • Positivo (POSI3): -5,31%, a R$ 8,56 por ação ON
  • Via (VIIA3): -4,60%, a R$ 4,36 por ação ON
  • Pão de Açúcar (PCAR3): -3,77%, a R$ 19,42 por ação ON
  • Assaí (ASAI3): -3,34%, a R$ 11,59 por ação ON
  • Rumo (RAIL3): -3,07%, a R$ 16,10 por ação ON

Outros ativos em destaque

As notas e fatos relevantes informados abaixo podem ter influenciado a movimentação das ações das companhias citadas no pregão de hoje, de acordo com relatórios* de mercado.

Rede D’Or (RDOR3)

Rede D’Or comprou o Hospital Santa Marina, em Campo Grande (MS), por R$ 25 milhões.

Com a ajuda da notícia, RDOR3 subiu 1,08%, a R$ 40,43 por ação ON.

Gol Linhas Aéreas (GOLL4)

Gol comunicou que a demanda por voos aumentou 14,7% em dezembro, enquanto oferta teve alta de 13,4%.

A taxa de ocupação de assentos em voos da Gol ficou em 81,9% em dezembro, ou seja de cada 100 assentos nas aeronaves, 82 estavam ocupados com passageiros.

Após a divulgação dos dados de dezembro, GOLL4 teve alta de 1,77%, a R$ 15,50 por ação PN.

Grupo Mateus (GMAT3)

Grupo Mateus abriu 44 novas lojas em 2021, sendo 7 unidades no mês de dezembro.

A notícia ajudou GMAT3 a subir 0,35% hoje, a R$ 5,69 por ação ON.

Eletrobras (ELET6)

Após audiência pública realizada ontem, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) informou que a oferta de ações da Eletrobras deve ocorrer em meados de março.

De acordo com reportagens na grande imprensa, a oferta de ações tende a atrasar para o mês de abril por questões de pedidos na Justiça contra a privatização da companhia.

ELET6 caiu 0,09% hoje, para R$ 31,20 por ação PNB.

Braskem (BRKM5)

Os controladores da Braskem – Novonor (ex-Odebrecht) e Petrobras – definiram com os bancos a realização da oferta de ações no mercado. A oferta pode movimentar R$ 8,3 bilhões, segundo reportagem da Bloomberg.

BRKM5 teve queda de 1,64%, a R$ 52,89 por ação PNA, na expectativa das ações sendo vendidas no mercado em oferta pública nos próximos meses.

BDRs e Ações EUA

Mary Daly, presidente do Federal Reserve (FED) regional de S. Francisco, disse hoje que existirem fatores que dão a impressão que o mercado de trabalho está forte nos Estados Unidos e que o debate sobre redução do tamanho do balanço patrimonial do Banco Central só deve acontecer após a alta de juros.

Daly também acha apropriado acelerar a retirada de estímulos monetários (tapering), dando maior margem de manobra para o Banco Central dos Estados Unidos, e se disse desconfortável com a inflação alta.

Bullard, do FED de St. Louis, foi na mesma direção, falando que podem subir juros já em março e redução do balanço do Banco Central como o próximo passo. 

Diante da confirmação desses dirigentes do FED de que o aumento dos juros e a retirada dos estímulos está próxima, as Bolsas norte-americanas seguiram em queda pelo segundo pregão consecutivo.

Big Techs Apple (AAPL34) e Microsoft (MSFT34)

Com a perspectiva de aumento de juros e retirada de estímulos da economia, as big techs recuaram hoje: Apple (-1,67%) e Microsoft (-0,79%).

Verizon (VERZ34), AT&T (ATTB34), IBM (IBMB34) e Accenture (ACNB34)

As baixas estão espalhadas pelo mercado em Nova York: Verizon (-0,48%), AT&T (-0,38%), IBM (-2,8%) e Accenture (-4,83%), esta última entre as maiores baixas do S&P 500.

Cisco (CSCO34), Intel (ITLC34) e AMD (A1MD34)

Na ponta contrária, Cisco (+1,06%), a Intel (+0,26%) e a AMD (+0,06%) sustentaram o sinal azul.

Procter & Gamble (PGCO34) e Walt Disney (DISB34)

A The Walt Disney Company mostrou resistência e subiu 1,10% hoje. Já a tradicional P&G mostrou baixa de 0,84%.

JP Morgan (JPMC34) e Bank of America (BOAC34)

Os bancos norte-americanos figuraram entre as principais altas em Nova York: JP Morgan (+1,06%) e Bank of America (+2,01%).

Ford Motor (FDMO34) e Caterpillar (CATP34)

Os papéis do setor de veículos também ficaram com o sinal azul hoje: Ford Motor (+3,38%) e Caterpillar (+1,02%).

Relatórios consultados: B3, CVM, Banco ABC Brasil, BTG Pactual, Terra Investimentos, Modalmais e Guide Investimentos.

Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais:
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Fique por dentro!

Receba notícias como esta no seu e-mail.

Receba em primeira mão nossas novidades

Assine nossa Newsletter

Baixe já nosso App