Ibovespa em 03-01-2022: Bolsa abre ano em queda de 0,86%, aos 103.921 pontos

Share on twitter
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin

O Ibovespa em 03-01-2022 registrou baixa de 0,86%, aos 103.921 pontos.

Em Nova York, o Dow Jones subiu 0,68%, a 36.585 pontos. O S&P 500 avançou 0,64%, aos 4.796 pontos. Já o Nasdaq Composite teve alta de 1,20%, a 15.832 pontos.

Aqui no Blog do Grana, você acompanha os principais assuntos que movimentam seus investimentos na Bolsa (B3).

Confira na sequência do texto:

Destaques na Bolsa: CSN Mineração e BRF

O papel da CSN Mineração (CMIN3) subiu 4,60%, a R$ 7,05 por ação ON, maior alta do Ibovespa.

Segundo observou o economista-chefe da Modalmais, Alvaro Bandeira, o minério de ferro mostrou alta de 1,25% durante a madrugada em Qingdao, na China, cotada em US$ 122,22 por tonelada.

“O que ajudou no comportamento positivo de Vale (+0,05%) e as empresas do setor por aqui”, escreveu Bandeira, em seu relatório de fechamento de mercado.

A ação da eportadora BRF subiu 3,11%, para R$ 23,22 por ação ON, ajudada pela alta de 1,56% do dólar, que fechou em R$ 5,66 no mercado à vista da B3.

Maiores altas

  • CSN Mineração (CMIN3): +4,60%, a R$ 7,05 por ação ON
  • BRF (BRFS3): +3,11%, a R$ 23,22 por ação ON
  • Itaú (ITUB4): +2,67%, a R$ 21,51 por ação PN
  • Petrobras (PETR3): +2,67%, a R$ 31,52 por ação ON
  • Santander Brasil (SANB11): +2,54%, a R$ 30,74 por unit

Maiores baixas

  • Cyrela (CYRE3): -7,98%, a R$ 14,52 por ação ON
  • Alpargatas (ALPA4): -6,94%, a R$ 34,30 por ação PN
  • Magazine Luiza (MGLU3): -6,93%, a R$ 6,72 por ação ON
  • Multiplan (MULT3): -6,78%, a R$ 17,45 por ação ON
  • JHSF (JHSF3): -6,63%, a R$ 5,21 por ação ON

Outros ativos em destaque

As notas e fatos relevantes informados abaixo podem ter influenciado a movimentação das ações das companhias citadas no pregão de hoje, de acordo com relatórios* de mercado.

Eletrobras (ELET6)

Emissão de ações da Eletrobras será na faixa de R$ 22 bilhões a R$ 26,6 bilhões, segundo reportagem da Bloomberg.

O BNDES reagendou para quarta-feira (05/01), a audiência pública para discutir o processo de privatização da Eletrobras.

No fechamento da Bolsa, ELET6 registrou queda de 2,15%, a R$ 32,30 por ação PNB.

Petrobras (PETR4/PETR3)

Petrobras declarou comercialidade em áreas da Bacia Sergipe-Alagoas.

No encerramento dos negócios, PETR3 tinha alta de 2,67%, a R$ 31,52 por ação ON. Já PETR4 subiu 2,25%, a R$ 29,09 por ação PN.

Klabin (KLBN11)

A Klabin informou que contratou linha de crédito de US$ 447 milhões para investimentos na unidade PUMA2.

KLBN11 apresentou baixa de 0,55%, a R$ 25,52 por unit.

Sabesp (SBSP3)

Sabesp aprovou plano de investimento de R$ 23,8 bilhões para 2022 a 2026.

SBSP3 mostrou queda de 0,57%, a R$ 39,95 por ação ON.

Kora Saúde (KRSA3)

Kora Saúde comprou o Hospital São Francisco, em Ceilândia (DF), por R$ 330 milhões.

KRSA3 fechou em baixa de 4,62%, a R$ 4,95 por ação ON.

BDRs e ações EUA

Nos EUA, o S&P e o Dow Jones voltaram a bater recordes históricos de pontuação hoje, no primeiro pregão de 2022.

Conforme observou o economista-chefe do Modalmais, Alvaro Bandeira, o PMI (indicador mensal de produção) industrial de dezembro (final) encolheu para 57,7 pontos e os investimentos em construção (importante indicador) cresceram em novembro 0,4%, mas a previsão era de +0,7%.

“Isso acabou desacelerando as boas aberturas, mas o processo de alta foi mantido nas Bolsas. Já o FDA (food and drug administration) autorizou o reforço de vacinação para adolescentes entre 12 e 15 anos de idade”, relatou Bandeira.

Norwegian Cruise (N1CL34), Boeing (BOEI34) e Amex (AXPB34)

Com a autorização da FDA para reforço na vacinação, a empresa de cruzeiros martítimos Norwegian Cruise que havia recuado 2,4% no último dia 30 de dezembro apresentou uma alta de 7,40% no primeiro pregão de 2022, entre as maiores altas de Nova York.

A Boeing também pegou carona no reforço da vacinação e subiu 3,25% hoje. Já a American Express, ligada aos gastos com turismo, também subiu 2,82%.

Moderna (M1RN34) e Nike (NIKE34)

A ação da fabricante de vacinas Moderna passou por um processo de realização de lucros hoje, a venda para se obter lucros recentes, e o preço da ação caiu 7,45%, entre as maiores baixas em Nova York.

A Nike que havia recuado 0,76% no pregão do último dia 30 de dezembro, voltou a ficar no negativo e apresentou baixa de 1,20%.

Big Techs Apple (AAPL34) e Microsoft (MSFT34)

As big techs andaram com sinais diferentes no primeiro pregão do ano. A Apple subiu 2,50%, enquanto a Microsoft caiu 0,47%.

Intel (ITLC34), AMD (A1MD34) e Verizon (VERZ34)

Já outras empresas de tecnologia apresentaram sinal positivo hoje: AMD (+4,41%), Intel (+3,32%) e Verizon (+0,92%).

Coca-Cola (COCA34) e AT&T (ATTB34)

Ainda do lado positivo, a ação da global Coca-Cola avançou 0,15%, enquanto o papel da AT&T subiu 3,37%.

Goldman Sachs (GSGI34) e Bank of America (BOAC34)

Com o sinal azul nas Bolsas americanas, os bancos norte-americanos também apareceram entre as maiores altas por lá: Bank of América (+3,80%) e Goldman Sachs (+3,34%).

Ford Motor (FDMO34) e Tesla (TSLA34)

No setor automotivo, a Ford finalmente subiu 4,81% após 3 pregões de baixa.

Já a Tesla disparou 13,53%, maior alta por lá, após a companhia ter divulgado sua prévia de produção do quarto trimestre.

Em comunicado ao mercado, a Tesla informou que entregou 308.600 carros elétricos no quarto trimestre de 2021, encerrando com 936.172 veículos elétricos no ano.

“É um aumento de 87% em relação a 2020”, calculou a Levante Research, em relatório encaminhado ao Blog do Grana.

Relatórios consultados: B3, CVM, Banco ABC Brasil, BTG Pactual, Modalmais e Levante Research.

Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais:
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Receba em primeira mão nossas novidades

Assine nossa Newsletter

Baixe já nosso App