Ações e BDRs: Conheça a carteira da Toro Investimentos para dezembro

Share on twitter
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin

Ações e BDRs.

A Toro Investimentos encaminhou ao Blog do Grana, a carteira recomendada para o mês de dezembro de 2021.

A seleção é composta por 3 BDRs e 7 ações: Amazon (AMZO34), Facebook (FBOK34), Mc Donald’s (MCDC34), Banco do Brasil (BBAS3), Dexco (DXCO3), Petrobras (PETR4), PetroRio (PRIO3), Rumo Logística (RAIL3), Suzano (SUZB3) e Usiminas (USIM5).

Vale lembrar que BDRs são recibos de ações de empresas estrangeiras negociados na Bolsa brasileira (B3).

Aqui no Blog do Grana você terá informações sobre cada um dos papéis dessa carteira de ações e BDRs.

Confira os argumentos do estrategista-chefe Rafael Panonko e da equipe de análise da Toro Investimentos na sequência do texto.

Carteira de ações e BDRs

Amazon – BDR AMZO34

Amazon.com, Inc. (AMZO34) é uma multinacional de tecnologia estadunidense, focada no e-commerce, além de ter atuação em computação em nuvem, streaming e inteligência artificial.

Trata-se de uma das empresas mais valiosas do planeta, além de ser a maior companhia de internet em receita no mundo.

Mais do que isso, com base na receita e na capitalização de mercado, a Amazon consiste na maior vendedora virtual do globo, provedora e assistente de inteligência artificial, plataformas de transmissão ao vivo e de computação em nuvem.

Acreditamos que os próximos meses deverão ser positivos para a companhia em função de datas como a Black Friday e compras antecipadas para o natal.

Banco do Brasil – BBAS3

O Banco do Brasil (BBAS3) é uma instituição financeira sob controle do Governo Federal.

O setor bancário pode se beneficiar dos spreads (diferença entre os custos pagos pela Instituição Financeira para a captação de recursos e quanto ela cobra nas operações de crédito realizadas), em função dos aumentos das taxas básicas de juros e intenso investimento em tecnologia, a partir da ampliação de suas operações em serviços digitais.

Em uma análise de preço, BBAS3 tem despontado uma inflexão que os demais bancos ainda não conseguiram engatar o que contribui com nossa tese de compra para o mês de dezembro. 

Dexco – DXCO3

Com a reestruturação de sua marca a antiga Duratex ganhou novo nome, agora Dexco (DXCO3).

A companhia também anunciou um plano de crescimento bilionário até 2025, com foco no aumento da capacidade de melhoria em diversas linhas de negócio.

Apesar dos efeitos econômicos adversos provocados pela pandemia de Covid-19, os setores de reformas e de construção civil vem registrando recuperação acelerada, o que favorece o desempenho da Dexco, que atua em três divisões importantes para o setor sendo eles Madeira, Deca e Revestimentos Cerâmicos.

Assim como outros ativos, DXCO3 vem apresentando uma reversão para altas desde o início de novembro, abrindo espaço para novas compras. 

Facebook – BDR FBOK34

O Facebook ganhou um novo nome, agora Meta (FBOK34). Essa mudança demonstra a intenção de evoluir para a criação de um “metaverso”, sendo uma das maiores empresas do mundo tendo em vista a consolidação do mercado de publicidade digital.

Acreditamos que a Companhia consiga avançar na construção de plataformas que atraiam e incentivem os criadores de conteúdo, oferecendo soluções de e-commerce. 

Mc Donald’s (MCDC34)

O Mc Donald’s (MCDC34)  é a maior cadeia mundial de restaurantes fast-food, atendendo milhões de clientes por dia em mais de 100 países pelo mundo.

Com uma marca forte e reconhecida mundialmente, o Mc Donald’s possui uma execução de invejar e é referência no setor além de contar com diversos ganhos de escala.

Recentemente a companhia divulgou números fortes referentes ao terceiro trimestre de 2021, superando as expectativas do mercado.

A empresa mostrou sua capacidade de aumentar preços, o que acabou compensando a alta nos custos trabalhistas e com insumos. 

Petrobras (PETR4)

Atuando de maneira integrada na exploração e produção de petróleo, a Petrobras (PETR4) vem executando de forma positiva o seu plano de reestruturação, que se baseia na estratégia de gestão de portfólio, através de vendas e desinvestimentos.

Apesar da perspectiva de desaceleração da retomada econômica, diante da divulgação de dados econômicos mais fracos, acreditamos que a Petrobras continuará se beneficiando da atuação de forma monopolista na produção e refino de petróleo no Brasil, contando ainda com uma forte geração de caixa e com um portfólio diversificado em geografia e clientes.

Analisando os preços, acreditamos que, se a PETR4 conseguir superar a barreira dos R$ 30,00 o movimento comprador pode intensificar. 

PetroRio (PRIO3)

Ao longo dos últimos anos, a PetroRio (PRIO3) vem apresentando um desempenho econômico satisfatório em relação à sua reestruturação, diante da decisão da empresa de focar no desenvolvimento de poços maduros e não mais atuar na descoberta de campos, estratégia esta que possui um alto risco e exige investimentos pesados.

Acreditamos que a Empresa vem adotando uma estratégia agressiva e bem-sucedida de aquisições, o que impulsiona o seu crescimento, fato verificado pelas altas margens e elevados indicadores de rentabilidade ante os principais pares.

Olhando para os preços das ações PRIO3, observamos um importante recuo nas últimas semanas. Esse recuo é importante para que um novo movimento comprador se estabeleça. 

Rumo Logística – RAIL3

A Rumo Logística (RAIL3) é uma companhia nacional que opera no segmento logístico de transporte ferroviário de armazenagem e elevação portuária, sendo a maior do setor no país.

Recentemente a Rumo tem focado nos projetos de novas ferrovias no Estado de Mato Grosso, projeto este que aumenta de forma significativa a área de influência da empresa na região.

Analisando o comportamento do preço das ações, RAIL3 vem apresentando uma inflexão desde o final de outubro de 2021, abrindo espaço para um cenário comprador do papel.   

Suzano – SUZB3   

Detendo posição de destaque entre as maiores produtoras de celulose e integradas de papel do mundo, a Suzano (SUZB3) se beneficia da elevada demanda mundial por seus produtos.

Acreditamos que os preços do papel e da celulose tendem a ser impulsionados pelo crescimento da demanda por embalagens, em razão da expansão do e-commerce, e por papéis sanitários, em consequência do aumento da preocupação com questões relacionadas à higiene.

Analisando os preços das ações da companhia, após sofrer um recuo abaixo dos R$ 50 por ação já identificamos uma retomada do movimento comprador, o que contribui com nossa tese de compra para o mês de dezembro. 

Usiminas – USIM5

Considerada uma das maiores siderúrgicas do País, a Usiminas (USIM5) atua de forma verticalizada ao longo da cadeia do aço, com atividades nas áreas de mineração, logística, bens de capital, centros de serviços e soluções customizadas para a indústria.

Apesar da volatilidade apresentada atualmente pelo setor de commodities, que tem impactado as ações de companhias do segmento, acreditamos que os programas de infraestrutura tendem a beneficiar as ações da Usiminas e mitigar esses efeitos.

Analisando o comportamento dos preços, USIM5 tem formado um cenário de reversão para as altas, e o rompimento da resistência dos R$ 14,00 deve impulsionar ainda mais esse viés. 

Cenário Brasil e Internacional

O mês de novembro foi marcado pela contínua preocupação com o cenário econômico doméstico.

O Boletim Focus elevou a previsão do IPCA e baixou a expectativa do PIB para o ano.

Ainda no cenário Brasil, as preocupações sobre o rumo da PEC dos Precatórios também fez preço.

A atenção agora fica para o formato final do texto, que definirá em quanto será a elevação dos gastos do Governo no próximo ano. 

No cenário internacional, enquanto o mercado ainda digeria e se entusiasmava com a divulgação dos últimos dados econômicos dos Estados Unidos, uma nova variante do coronavírus ligou o sinal de alerta dos investidores.

O cenário de queda tomou conta de praticamente todas as praças internacionais, incluindo o Brasil.  

A nova cepa denominada Ômicron, detectada na África do Sul, já agitou os mercados mundo afora no final de novembro, enquanto novos casos são confirmados em outros países, apesar de pouco se saber da variante.

Ao longo do mês esse pode ser um drive importante, enquanto os cientistas se movimentam  para descobrir o grau de transmissibilidade e a resistência da variante ao processo de imunização.

Análise da Toro sobre o Setor Financeiro

Após terem sido impactados pela redução de spreads quando a taxa de juros encontrava-se nas mínimas históricas, uma vez que os juros baixos propiciaram maior oferta de crédito e mais competitividade para o setor, os bancos podem se beneficiar de um ciclo de alta da Selic.

Isto tende a acontecer porque agora o movimento esperado diante de juros maiores é o contrário: crescerá também o nível de risco na concessão de empréstimos e financiamentos, o que implica naturalmente em um prêmio maior para remunerar as instituições credoras.

Além dos bancos, seguradoras, empresas de cartões de crédito e de meios de pagamento tendem a se beneficiar com o aumento da taxa básica de juros. 

Análise sobre as principais commodities

O preço das principais commodities negociadas no mundo tem apresentado forte volatilidade nos últimos tempos.

Alguns fatores como, novas restrições contra a variante do coronavírus, dos menores estímulos governamentais, da escassez de insumos para a produção em conjunto com as regulações do governo chinês sobre a produção do aço, também afetaram o desempenho de empresas brasileiras produtoras de commodities.

Porém, apesar do viés de queda para os preços de tais matérias primas, um cenário de correção pode acontecer em dezembro tendo em vista que alguns ativos já demonstram uma inflexão em seus preços. 

Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais:
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Receba em primeira mão nossas novidades

Assine nossa Newsletter

Baixe já nosso App