Setor de commodities impulsiona Bolsa hoje

Share on twitter
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin

O setor de commodities é o destaque da Bolsa (B3) nessa segunda-feira (29/11).

Aqui no Blog do Grana, você acompanha os principais assuntos que movimentam seus investimentos.

No mercado acionário internacional, dia de alta da Bolsa de Londres de 0,94%, Paris com +0,54% e Frankfurt com +0,16%. Madri e Milão com altas de respectivamente 0,90% e 0,73%.

No mercado norte-americano, o Dow Jones subiu 0,68%, aos 35.135 pontos. O S&P 500 avançou 1,32%, aos 4.655 pontos. Já o índice Nasdaq Composite subiu 1,88%, aos 15.782 pontos.

No Brasil, o Ibovespa fechou em leve alta de 0,58%, a 102.814 pontos. O dólar encerrou em alta de 0,25%, a R$ 5,61 no mercado à vista da B3.

Destaque do Dia: Setor de commodities

A alta do petróleo e do minério de ferro no exterior impulsionaram os papéis de Petrobras (PETR4), PetroRio (PRIO3), Vale (VALE3) e Usiminas (USIM5).

O minério de ferro chegou a subir quase 10% em Cingapura hoje, com o otimismo com a reestocagem pelas siderúrgicas chinesas.

“Os preços de minério de ferro se recuperaram das perdas de sexta-feira, juntamente com uma recuperação das commodities, do níquel ao petróleo bruto, com as apostas de que o impacto de uma nova variante do coronavírus pode não ser tão grave quanto o inicialmente temido”, descreveu relatório do Banco ABC Brasil.

O minério de ferro sobe 6,83% no Porto de Qingdao, na China, para US$ 103,27 por tonelada, alta que favorece Vale e siderúrgicas, conforme observou relatório do BTG Pactual.

Com os novos preços, Usiminas (USIM5) disparou 6,12% e figurou entre as maiores altas do Ibovespa. O papel da mineradora Vale (VALE3) também subiu 1,25% e ficou entre os mais negociados da Bolsa.

O petróleo Brent subiu quase 5% e retomou patamar de US$ 70 por barril, alta que favorece Petrobras e petrolíferas, como também observa o BTG Pactual.

O petróleo WTI, negociado em NY, depois de cair mais de 13% na sexta-feira, mostrou leve recuperação e operava em alta de 2,64%, cotado a US$ 69,95 por barril.

Conforme observou o economista-chefe da Modalmais, Alvaro Bandeira, o petróleo WTI chegou a mais de 6% mais cedo.  

Com a elevação do petróleo lá fora, a ação PN da Petrobras (PETR4) subiu 3,51% e ficou entre as mais negociadas do dia.

Na mesma direção, PetroRio (PRIO3) subiu 3,42%, a R$ 20,84 por ação ON e também figurou entre as mais negociadas ao longo do pregão.

Cenário no Brasil e no mundo

Nos Estados Unidos, o diretor médico da Moderna, Paul Burton, afirmou que a empresa poderia lançar uma vacina reformulada contra a nova variante (a Ômicron) do coronavírus já no início do próximo ano.

A notícia levou alguma recuperação para Bolsas ao redor do mundo após a forte queda dos mercados na última sexta-feira.

De acordo com Rafael Ribeiro, analista da Clear Corretora, após a forte queda de sexta, os mercados engataram uma recuperação nesta segunda-feira.

“Mas é um movimento que deve ser visto apenas como um repique dentro da tendência de baixa principal”, alerta.

Do lado das notícias, os investidores monitoram de perto as novidades sobre a nova variante do Covid, Ômicron.

Até agora, ficou bem claro que essa variante é bem diferente das outras e altamente transmissível.

“Ou seja, deveremos ver um aumento de casos de COVID ao redor do mundo e isso eleva o risco de lockdown, que, caso confirmado, reduz a expectativa de retomada da economia”, avisa Ribeiro.

Porém, segundo os relatos dos médicos, os sintomas apresentados por enquanto são leves, sem falar que grande parte dos casos registrados na África do Sul (epicentro da nova variante) são de pessoas não vacinadas, bem diferente da realidade brasileira onde 62% da população está totalmente vacinada (duas doses).

Outro ponto importante, destaca o analista, é como a ciência está preparada.

“Os laboratórios fabricantes das vacinas já estão trabalhando na produção de uma vacina contra a nova variante e a estimativa é que uma solução seja apresentada em até 100 dias”, comenta.

No Brasil, o Índice Geral de Preços de Mercado (IGP-M) variou 0,02% em novembro, vindo de 0,64% em outubro, e abaixo das expectativas do mercado (+0,30%).

Segundo relatório de fechamento da Terra Investimentos, os juros futuros desaceleram com a notícia do IGP-M.

“Os destaques foram as ações da Getnet (GETT11) com alta de +11,21% após realizar leilão na B3. A segunda maior alta do índice foram as ações da Locaweb (LWSA3) em um movimento de recuperação”, comentou o analista Régis Chinchila, sobre o encerramento dos negócios hoje.

Maiores altas do Ibovespa

  • Getnet (GETT11): +11,21%, a R$ 3,77 por unit
  • Locaweb (LWSA3): +6,77%, a R$ 14,67 por ação ON
  • Usiminas (USIM5): +6,12%, a R$ 13,70 por ação PNA
  • Banco Inter (BIDI11): +4,52%, a R$ 37,71 por unit
  • Ultrapar (UGPA3): +4,03%, a R$ 14,19 por ação ON

Maiores quedas do Ibovespa

  • Cyrela (CYRE3): -3,70%, a R$ 14,04 por ação ON
  • CVC Turismo (CVCB3): -2,68%, a R$ 14,55 por ação ON
  • B3 (B3SA3): -2,38%, a R$ 11,50 por ação ON
  • Assaí (ASAI3): -2,32%, a R$ 13,05 por ação ON
  • Ecorodovias (ECOR3): -2,25%, a R$ 8,27 por ação ON

Ativos em destaque

Petrobras (PETR4)

A Petrobras reafirmou que mantém seu posicionamento na busca pela venda integral de sua participação na BRASKEM e que segue realizando estudos para determinar a melhor estrutura para a transação.

A informação responde às notícias de possível oferta de ações preferenciais da petroquímica no primeiro trimestre de 2022.

A Petrobras também informou que assinou contrato de arrendamento da Usina Termelétrica TermoCamaçari, na Bahia,
com a Proquigel Química, subsidiária da Unigel Participações.

O contrato tem vigência até agosto de 2030.

Nos próximos dias, será assinado o contrato final entre Petrobras e Mubadala Capital para transferência definitiva do controle da primeira refinaria de grande porte para a iniciativa privada, a Mataripe.


CCR (CCRO3)

O tráfego total nas rodovias operadas pela CCR cresceu 9,7% entre 19 e 25 de novembro de 2021, ante o mesmo intervalo de 2020.

Ao final do pregão, a ação da CCR (CCRO3) mostrou baixa de 1,54%, a R$ 11,51 por ação ON.



Alliar (AALR3)

A Alliar informou que os acionistas controladores aceitaram a proposta da MAM Asset, do empresário Nelson Tanure, para aquisição de até a totalidade das ações ON de emissão da companhia pelo valor de R$ 20,50 por ação.

No pregão, a ação da Alliar (AALR3) fechou em baixa 2,68%, a R$ 18,15 por ação ON.


Yduqs (YDUQ3)

A Yduqs informou o pagamento de dividendos no valor de R$ 0,4696722587 por ação, correspondente a R$ 141,74 milhões.

O pagamento será realizado em 07 de dezembro para os acionistas titulares de ações na data-base de 28 de abril.

No encerramento dos negócios, Yduqs registrou alta de 0,14%, a R$ 20,92 por ação ON.

Infracommerce (IFCM3)

A Infracommerce informou que concluiu a compra da Synapcom.  

No fechamento do pregão, o papel da Infracommerce registrou alta de 1,32%, a R$ 15,40 por ação ON.

Com a conclusão desta aquisição, a Infracommerce entrega o plano estratégico de uso do capital apresentado no IPO, realizado em maio de 2021.

Para 2022, a empresa espera uma receita líquida de R$950 milhões (4 vezes superior a 2020), e um EBITDA entre R$ 80 milhões e R$ 100 milhões.

A empresa combinada tem um alcance maior com seus 12 centros de distribuição espalhados pelo Brasil, cerca de 500 clientes e seus mais de 2,5 mil funcionários.

A aquisição da Synapcom ocorreu em 26 de setembro por R$ 773 milhões em dinheiro, mais 27 milhões em ações emitidas no fechamento da operação.

BDRs e Ações EUA

Big Techs e outras de tecnologia

Com a leve recuperação após o tombo da sexta-feira, as big techs subiram: Apple +2,19% (AAPL34) e Microsoft +2,11% (MSFT34).

Outras empresas ligadas ao setor de tecnologia também avançaram: Nvidia +5,95% (NVDC34), Salesforce +4,41% (SSFO34), Intel +2,50% (ITLC34), IBM +2,32% (IBMB34), Cisco +1,99% (CSCO34).

Na ponta contrária, do setor de mídia, o Twitter teve baixa de 2,74% (TWTR34).

Ford e Caterpillar

No setor industrial, que havia resistido mais na última sexta-feira, a baixa continuou: Ford Motor em queda de 0,41% (FDMO34) e Caterpillar em baixa de 1,41% (CATP34).

Walmart (WALM34)

Entre as mais negociadas do Dow Jones, a ação do Walmart recuou 1,57% no dia.

Pfizer (PFIZ34)

O papel da farmacêutica caiu 2,96%, num claro movimento de realização de lucros, após a disparada de 6,11% da ação na última sexta-feira.

Merck (MRCK34)

Impactada pela pandemia, a empresa global de cuidados de saúde Merck registrou forte queda de 5,39%.

Goldman Sachs (GSGI34)

No setor financeiro, a única instituição entre as ações mais negociadas foi a do Goldman Sachs, que registrou queda de 0,73% em Nova York (EUA).

(*) Relatórios consultados: B3, CVM, Banco ABC Brasil, BTG Pactual, Modalmais e Terra Investimentos

Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais:
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Receba em primeira mão nossas novidades

Assine nossa Newsletter

Baixe já nosso App