JBS (JBSS3) e Hypera (HYPE3), além de Méliuz entre os destaques da Bolsa hoje

Share on twitter
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin

JBS (JBSS3) e Hypera (HYPE3) estão entre os destaques das notas de mercado da Bolsa (B3) hoje.

Já Méliuz (CASH3) – maior alta do Ibovespa – segue surfando, pelo segundo dia, a recomendação de compra ressaltada pela XP na véspera, após os dados divulgados em 16/11 no balanço do terceiro trimestre de 2021.

Na mesma toada, o Bank of America (BofA)também elevou a recomendação de Méliuz de neutro para compra, com preço-alvo de R$ 7,20 por ação CASH3.

Com esse impulso, CASH3 fechou em disparada de 10,22%, a R$ 4,10 por ação ON.

Antes de mais nada, aqui no Blog do Grana, você saberá os principais assuntos que movimentaram o Ibovespa nessa quinta-feira (18/11).

Resumo do Ibovespa

O Ibovespa fechou em queda de 0,51%, a 102.426 pontos. O dólar encerrou em alta de 0,83%, cotado a R$ 5,57 no mercado à vista da B3.

“Os investidores seguem acompanhando com cautela a questão da PEC dos Precatórios lá no Senado. Há uma preocupação com o texto substituto que prevê a manutenção do teto de gastos. A manutenção do teto não é ruim, mas prolonga o período de incerteza, pois volta à Câmara dos Deputados”, diz Camila Abdelmalack, economista-chefe da Veedha Investimentos, ao Blog do Grana.

O economista-chefe do Modalmais, Alvaro Bandeira, observou que o Ibovespa voltou ao nível de 09/11/2020.

“O Ibovespa registra queda neste ano de mais de 14%, mesmo com bons resultados auferidos por empresas líderes do mercado, como Vale, Petrobras, bancos, siderúrgicas e empresas ligadas ao segmento de proteínas”, afirmou.

Notas de mercado – Resumo

  • JBS ingressa no mercado de carne cultivada em acordo para aquisição da espanhola Biotech Foods
  • Hypera vende portfólio de medicamentos da Colômbia e México para Eurofarma por US$ 51,6 milhões
  • Produção de petróleo da PetroRecôncavo recua 2,3% em outubro, ante setembro
  • Unipar anuncia investimentos de R$ 100 milhões na unidade de Santo André
  • Ser Educacional anuncia distribuição de dividendos intermediários de R$ 0,123 por ação
  • Mitre prevê empreendimentos imobiliários de R$ 500 milhões em São Paulo
  • BofA e XP ressaltam recomendação de compra para Méliuz (CASH3)

Maiores altas do Ibovespa

  • Méliuz (CASH3): +10,22%, a R$ 4,10 por ação ON
  • Alpargatas (ALPA4): +4,95%, a R$ 43,03 por ação PN
  • Grupo Notre Dame Intermédica (GNDI3): +3,77%, a R$ 72,12 por ação ON
  • Hapvida (HAPV3): +3,73%, a R$ 13,06 por ação ON
  • Qualicorp (QUAL3): +3,06%, a R$ 17,52 por ação ON

Principais baixas do Ibovespa

  • Usiminas (USIM5): -5,70%, a R$ 12,08 por ação PNA
  • Companhia Siderúrgica Nacional (CSNA3): -5,35%, a R$ 19,81 por ação ON
  • PetroRio (PRIO3): -4,42%, a R$ 22,04 por ação ON
  • Vale (VALE3): -4,11%, a R$ 62,33 por ação ON
  • Bradespar (BRAP4): -4,32%, a R$ 44,93 por ação PN

Destaques do mercado – JBS (JBSS3) e Hypera (HYPE3)


HYPERA (HYPE3)

A Hypera Pharma (HYPE3) informou ontem, quarta-feira (17) após o fechamento do mercado que celebrou um contrato com a Eurofarma Laboratórios, para a venda do portfólio de produtos farmacêuticos isentos de prescrição (OTC, na sigla em inglês) na Colômbia e no México pelo valor total de US$ 51,6 milhões.

Os ativos fizeram parte da negociação recente entre a companhia e a Sanofi.

A conclusão da operação está sujeita a certas condições precedentes, incluindo o fechamento do acordo entre a Hypera e a Sanofi.

Vale lembrar que em julho deste ano, a Hypera assinou um contrato com a Sanofi para a aquisição de 12 marcas de
medicamentos isentos e de prescrição (OTC) no Brasil, México e Colômbia pelo valor de US$ 190,3 milhões.

Conforme observou a Levante, a transação com a Sanofi ainda incluía um acordo de fabricação e fornecimento por meio do qual a Sanofi continuaria fornecendo produtos à Hypera pelo período de até 3 anos após o fechamento da
transação.


JBS (JBSS3)

A JBS anunciou o investimento de US$ 100 milhões para entrar no mercado de proteína cultivada, que consiste na produção de alimentos a partir de células animais.

Ontem, quarta-feira (17) após o fechamento do mercado, a JBS informou que a sua controlada JBS Global Luxembourg celebrou um acordo para aquisição do controle da sociedade espanhola Biotech Foods.

De acordo com relatório da Levante, a operação marca o ingresso da companhia no mercado de proteína cultivada, que consiste na produção de alimentos a partir de células animais.

O montante anunciado inclui o investimento de US$ 41 milhões na construção de uma nova unidade de operação na Espanha para escalar a produção.

Além disso, vale acrescentar, que a BioTech Foods é uma das companhias líderes no desenvolvimento de biotecnologia para a produção de proteína cultivada.

Destaque entre as ações mais negociadas

BRADESCO (BBDC4)

O Bradesco anuncia abertura de linha de crédito pré-aprovado no total de R$ 75 bilhões direcionado para o segmento de pequenas e médias empresas.

De acordo com o comunicado do banco, são cerca de 1 milhão de clientes potenciais, com faturamento anual de até R$ 30 milhões.

Notas de mercado

PETRORECÔNCAVO (RECV3)

A Petrorecôncavo registrou produção de 12.152 barris de óleo equivalente por dia (boepd) em outubro, queda de 2,3% na comparação com setembro.


MITRE (MTRE3)

A Mitre assinou memorando de entendimentos com a Lucio Empreendimentos para desenvolver projetos imobiliários em São Paulo.

De acordo com relatório da Terra Investimentos, a previsão de valor geral de vendas (VGV) anual é de R$ 500 milhões.


UNIPAR (UNIP6)

A Unipar anunciou investimentos de R$ 100 milhões para projeto de ampliação da capacidade de produção em unidade de São André (SP).


SABESP (SBSP3)

A Fitch atribuiu rating ‘AAA(bra)’ à 29ª emissão de debêntures (títulos de dívida) da Sabesp de até R$ 1,5 bilhão.


SER EDUCACIONAL (SEER3)

A Ser aprovou a distribuição de dividendos intermediários no valor de R$ 15,893 milhões, correspondentes a R$ 0,123 por ação.

De acordo com o informe da empresa, a ação ficará “ex-dividendos” (sem os dividendos) a partir de 24 de novembro.


ELETROBRAS (ELET6)

O próximo mês de abril pode ser um período interessante para o follow-on (oferta de aumento de capital) da empresa, disse o presidente da elétrica, Rodrigo Limp, em teleconferência com analistas realizada na tarde de ontem.

De acordo com Limp, a data limite para a operação de capitalização da estatal é 14 de maio.

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL

A Caixa Econômica Federal registrou lucro líquido de R$ 3,2 bilhões no terceiro trimestre de 2021, alta de 69,7% na comparação anual.

Em 9 meses de 2021, o banco estatal acumulou R$ 14,1 bilhões de lucro líquido, aumento de 87,4% na comparação com igual período do ano passado.

Fundo imobiliário TRXF11

Na última quarta-feira (17), a TRX e BRL Trust, gestora e administradora do fundo imobiliário TRXF11, concluíram a compra de dois imóveis em construção que pertenciam ao grupo Sendas Distribuidora S.A., que opera a Rede Assaí Atacadista.

O valor da operação, anunciada em fato relevante ao mercado, foi de R$ 155.535.774,36, no modelo built to suit.

O fundo passa a ser proprietário de 48 imóveis ocupados por marcas como Extra, Pão de Açúcar, BIG, Sodimac e Assaí, somando R$ 1,8 bilhão investidos.

(*) Relatórios consultados: B3, Bradesco, Caixa, TRX, Modalmais, Terra Investimentos e Levante Research

Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais:
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Receba em primeira mão nossas novidades

Assine nossa Newsletter

Baixe já nosso App