JBS (JBSS3) e Hypera (HYPE3), além de Méliuz entre os destaques da Bolsa hoje

Share on twitter
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin

JBS (JBSS3) e Hypera (HYPE3) estão entre os destaques das notas de mercado da Bolsa (B3) hoje.

Já Méliuz (CASH3) – maior alta do Ibovespa – segue surfando, pelo segundo dia, a recomendação de compra ressaltada pela XP na véspera, após os dados divulgados em 16/11 no balanço do terceiro trimestre de 2021.

Na mesma toada, o Bank of America (BofA)também elevou a recomendação de Méliuz de neutro para compra, com preço-alvo de R$ 7,20 por ação CASH3.

Com esse impulso, CASH3 fechou em disparada de 10,22%, a R$ 4,10 por ação ON.

Antes de mais nada, aqui no Blog do Grana, você saberá os principais assuntos que movimentaram o Ibovespa nessa quinta-feira (18/11).

Resumo do Ibovespa

O Ibovespa fechou em queda de 0,51%, a 102.426 pontos. O dólar encerrou em alta de 0,83%, cotado a R$ 5,57 no mercado à vista da B3.

“Os investidores seguem acompanhando com cautela a questão da PEC dos Precatórios lá no Senado. Há uma preocupação com o texto substituto que prevê a manutenção do teto de gastos. A manutenção do teto não é ruim, mas prolonga o período de incerteza, pois volta à Câmara dos Deputados”, diz Camila Abdelmalack, economista-chefe da Veedha Investimentos, ao Blog do Grana.

O economista-chefe do Modalmais, Alvaro Bandeira, observou que o Ibovespa voltou ao nível de 09/11/2020.

“O Ibovespa registra queda neste ano de mais de 14%, mesmo com bons resultados auferidos por empresas líderes do mercado, como Vale, Petrobras, bancos, siderúrgicas e empresas ligadas ao segmento de proteínas”, afirmou.

Notas de mercado – Resumo

  • JBS ingressa no mercado de carne cultivada em acordo para aquisição da espanhola Biotech Foods
  • Hypera vende portfólio de medicamentos da Colômbia e México para Eurofarma por US$ 51,6 milhões
  • Produção de petróleo da PetroRecôncavo recua 2,3% em outubro, ante setembro
  • Unipar anuncia investimentos de R$ 100 milhões na unidade de Santo André
  • Ser Educacional anuncia distribuição de dividendos intermediários de R$ 0,123 por ação
  • Mitre prevê empreendimentos imobiliários de R$ 500 milhões em São Paulo
  • BofA e XP ressaltam recomendação de compra para Méliuz (CASH3)

Maiores altas do Ibovespa

  • Méliuz (CASH3): +10,22%, a R$ 4,10 por ação ON
  • Alpargatas (ALPA4): +4,95%, a R$ 43,03 por ação PN
  • Grupo Notre Dame Intermédica (GNDI3): +3,77%, a R$ 72,12 por ação ON
  • Hapvida (HAPV3): +3,73%, a R$ 13,06 por ação ON
  • Qualicorp (QUAL3): +3,06%, a R$ 17,52 por ação ON

Principais baixas do Ibovespa

  • Usiminas (USIM5): -5,70%, a R$ 12,08 por ação PNA
  • Companhia Siderúrgica Nacional (CSNA3): -5,35%, a R$ 19,81 por ação ON
  • PetroRio (PRIO3): -4,42%, a R$ 22,04 por ação ON
  • Vale (VALE3): -4,11%, a R$ 62,33 por ação ON
  • Bradespar (BRAP4): -4,32%, a R$ 44,93 por ação PN

Destaques do mercado – JBS (JBSS3) e Hypera (HYPE3)


HYPERA (HYPE3)

A Hypera Pharma (HYPE3) informou ontem, quarta-feira (17) após o fechamento do mercado que celebrou um contrato com a Eurofarma Laboratórios, para a venda do portfólio de produtos farmacêuticos isentos de prescrição (OTC, na sigla em inglês) na Colômbia e no México pelo valor total de US$ 51,6 milhões.

Os ativos fizeram parte da negociação recente entre a companhia e a Sanofi.

A conclusão da operação está sujeita a certas condições precedentes, incluindo o fechamento do acordo entre a Hypera e a Sanofi.

Vale lembrar que em julho deste ano, a Hypera assinou um contrato com a Sanofi para a aquisição de 12 marcas de
medicamentos isentos e de prescrição (OTC) no Brasil, México e Colômbia pelo valor de US$ 190,3 milhões.

Conforme observou a Levante, a transação com a Sanofi ainda incluía um acordo de fabricação e fornecimento por meio do qual a Sanofi continuaria fornecendo produtos à Hypera pelo período de até 3 anos após o fechamento da
transação.


JBS (JBSS3)

A JBS anunciou o investimento de US$ 100 milhões para entrar no mercado de proteína cultivada, que consiste na produção de alimentos a partir de células animais.

Ontem, quarta-feira (17) após o fechamento do mercado, a JBS informou que a sua controlada JBS Global Luxembourg celebrou um acordo para aquisição do controle da sociedade espanhola Biotech Foods.

De acordo com relatório da Levante, a operação marca o ingresso da companhia no mercado de proteína cultivada, que consiste na produção de alimentos a partir de células animais.

O montante anunciado inclui o investimento de US$ 41 milhões na construção de uma nova unidade de operação na Espanha para escalar a produção.

Além disso, vale acrescentar, que a BioTech Foods é uma das companhias líderes no desenvolvimento de biotecnologia para a produção de proteína cultivada.

Destaque entre as ações mais negociadas

BRADESCO (BBDC4)

O Bradesco anuncia abertura de linha de crédito pré-aprovado no total de R$ 75 bilhões direcionado para o segmento de pequenas e médias empresas.

De acordo com o comunicado do banco, são cerca de 1 milhão de clientes potenciais, com faturamento anual de até R$ 30 milhões.

Notas de mercado

PETRORECÔNCAVO (RECV3)

A Petrorecôncavo registrou produção de 12.152 barris de óleo equivalente por dia (boepd) em outubro, queda de 2,3% na comparação com setembro.


MITRE (MTRE3)

A Mitre assinou memorando de entendimentos com a Lucio Empreendimentos para desenvolver projetos imobiliários em São Paulo.

De acordo com relatório da Terra Investimentos, a previsão de valor geral de vendas (VGV) anual é de R$ 500 milhões.


UNIPAR (UNIP6)

A Unipar anunciou investimentos de R$ 100 milhões para projeto de ampliação da capacidade de produção em unidade de São André (SP).


SABESP (SBSP3)

A Fitch atribuiu rating ‘AAA(bra)’ à 29ª emissão de debêntures (títulos de dívida) da Sabesp de até R$ 1,5 bilhão.


SER EDUCACIONAL (SEER3)

A Ser aprovou a distribuição de dividendos intermediários no valor de R$ 15,893 milhões, correspondentes a R$ 0,123 por ação.

De acordo com o informe da empresa, a ação ficará “ex-dividendos” (sem os dividendos) a partir de 24 de novembro.


ELETROBRAS (ELET6)

O próximo mês de abril pode ser um período interessante para o follow-on (oferta de aumento de capital) da empresa, disse o presidente da elétrica, Rodrigo Limp, em teleconferência com analistas realizada na tarde de ontem.

De acordo com Limp, a data limite para a operação de capitalização da estatal é 14 de maio.

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL

A Caixa Econômica Federal registrou lucro líquido de R$ 3,2 bilhões no terceiro trimestre de 2021, alta de 69,7% na comparação anual.

Em 9 meses de 2021, o banco estatal acumulou R$ 14,1 bilhões de lucro líquido, aumento de 87,4% na comparação com igual período do ano passado.

Fundo imobiliário TRXF11

Na última quarta-feira (17), a TRX e BRL Trust, gestora e administradora do fundo imobiliário TRXF11, concluíram a compra de dois imóveis em construção que pertenciam ao grupo Sendas Distribuidora S.A., que opera a Rede Assaí Atacadista.

O valor da operação, anunciada em fato relevante ao mercado, foi de R$ 155.535.774,36, no modelo built to suit.

O fundo passa a ser proprietário de 48 imóveis ocupados por marcas como Extra, Pão de Açúcar, BIG, Sodimac e Assaí, somando R$ 1,8 bilhão investidos.

(*) Relatórios consultados: B3, Bradesco, Caixa, TRX, Modalmais, Terra Investimentos e Levante Research

Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais:
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Fique por dentro!

Receba notícias como esta no seu e-mail.

Receba em primeira mão nossas novidades

Assine nossa Newsletter

Baixe já nosso App