Itaú (ITUB4) e CSN (CSNA3) entre os destaques da Bolsa hoje

Share on twitter
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin

As ações de Itaú (ITUB4) e CSN (CSNA3) figuraram entre os destaques na Bolsa (B3) hoje.

Os papéis das duas companhias ficaram entre as mais negociadas após a divulgação dos respectivos balanços do terceiro trimestre de 2021.

Antes de mais nada, aqui no Blog do Grana, você saberá os principais assuntos que movimentam o Ibovespa nessa quinta-feira (04/11).

Resumo do Ibovespa e do câmbio

O Ibovespa fechou em queda de 2,09%, a 103.412 pontos, reagindo segundo profissionais de mercado, a aprovação da PEC dos precatórios na Câmara dos Deputados.

“A PEC dos precatórios não é o ideal, pois coloca em jogo a flexibilização do teto de gastos do governo para implementar o Auxílio Brasil. Mas a aprovação é um mal menor do que voltar a estaca zero dessa questão fiscal”, afirma Camila Abdelmalack economista chefe da Veedha Investimentos.

“Essa âncora fiscal virou algo para inglês ver, já que o governo deve continuar aumentando seus gastos”, avalia o economista da Valor Investimentos, Piter Carvalho.

Para o economista-chefe da Modalmais, Alvaro Bandeira, a possível aprovação da PEC dos precatórios é somente o detonador das preocupações.

“Fica evidente a perda da âncora fiscal, por conta de descumprimento, por mais que se encontrem meios legais, da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), regra de ouro e teto de gastos”, diz Bandeira.

“Basta a querência do Legislativo e Executivo para que tudo isso seja suprimido. Com isso, vai embora também a segurança jurídica necessária para que investimentos de longo prazo sejam feitos”, alerta o economista-chefe.

Além disso, argumenta Bandeira, da forma que está posto, os precatórios trazem mais insegurança e a possibilidade de estarem criando uma “bola de neve” de pagamentos para frente.

Com essa preocupações, o dólar subiu 0,29% e fechou em R$ 5,61 no mercado à vista. Bom para as exportadoras, os papéis de Minerva, Marfrig e JBS ficaram entre as maiores altas do Ibovespa.

Ainda entre as principais altas, a Getnet disparou 5,28%, após o mercado conferir o balanço da Cielo, cuja ação também figurou entre as maiores do Ibovespa hoje.

Outros balanços divulgados também influenciaram a realização de lucros (venda dos papéis), e assim as ações de Rede D’Or, Ultrapar e Pão de Açúcar figuraram entre as principais baixas do dia.

Confira as novidades e os eventos corporativos importantes do mercado na sequência do texto, de acordo com relatórios* de mercado.

Notas de mercado – Resumo

  • Lucro líquido por ação do Itaú é de R$ 0,59 no 3º trimestre de 2021, alta de 28% na comparação anual
  • Proventos aos acionistas (Dividendos e JCPs) do Itaú somam R$ 1,36 bi no 3º trimestre de 2021
  • Lucro líquido da CSN totaliza R$ 1,325 bi no 3º trimestre de 2021, alta de 5% na comparação anual
  • Lucro líquido do Banco ABC Brasil cresce 106% e alcança R$ 151,5 milhões no 3º trimestre de 2021
  • Ultrapar lucra R$ 373 milhões no 3º trimestre de 2021
  • Pão de Açúcar registra prejuízo consolidado de R$ 38 milhões no 3º trimestre de 2021
  • Rede D’Or lucra R$ 378,1 milhões no 3º trimestre de 2021
  • Rede D’Or compra Hospital Memorial Artur Ramos, em Maceió
  • Lucro líquido da Cielo aumenta 111% e alcança R$ 211,9 milhões no 3º trimestre de 2021

Mais negociadas Itaú (ITUB4) e CSN (CSNA3)

As ações do Itaú e da CSN figuraram entre as mais negociadas da Bolsa hoje:

  • Itaú Unibanco (ITUB4): -5,28%, a R$ 23,16 por ação PN
  • Companhia Siderúrgica Nacional (CSNA3): -3,44%, a R$ 21,33 por ação ON

Maiores altas do Ibovespa

  • Getnet (GETT11): +5,28%, a R$ 4,59 por unit
  • Minerva (BEFF3): +3,68%, a R$ 10,42 por ação ON
  • Marfrig (MRFG3): +3,60%, a R$ 26,78 por ação ON
  • JBS (JBSS3): +3,05%, a R$ 37,88 por ação ON
  • Cielo (CIEL3): +1,29%, a R$ 2,35 por ação ON

Principais baixas do Ibovespa

  • Rede D’Or (RDOR3): -8,17%, a R$ 57,21 por ação ON
  • Ultrapar (UGPA3): -8,09%, a R$ 12,38 por ação ON
  • Banco Pan (BPAN4): -7,74%, a R$ 12,88 por ação PN
  • Cogna (COGN3): -7,96%, a R$ 2,66 por ação ON
  • Pão de Açúcar (PCAR3): -7,70%, a R$ 22,89 por ação ON

Itaú Unibanco (ITUB4) e CSN (CSNA3)

As companhias publicaram seus balanços do terceiro trimestre de 2021. Acompanhe os resultados:

Itaú Unibanco (ITUB4)

O Itaú Unibanco divulgou lucro líquido de R$ 0,59 por ação no terceiro trimestre de 2021, alta de 28% na comparação com o valor de R$ 0,46 por ação em igual período de 2020.

No segundo trimestre de 2021, o lucro líquido havia sido de R$ 0,77 por ação.

Conforme o balanço, o valor em proventos aos acionistas (dividendos e juros sobre capital próprio) alcançou R$ 1,36 bilhão no terceiro trimestre de 2021, ante R$ 1,095 bi na comparação anual.

No segundo trimestre de 2021, o montante em proventos aos acionistas havia sido de R$ 1,754 bilhão.

Em números absolutos, o lucro líquido contábil do Itaú ficou em R$ 5,78 bilhões no terceiro trimestre de 2021.

CSN (CSNA3)

O lucro líquido da CSN alcançou R$ 1,325 bi no terceiro trimestre de 2021, 5% acima de igual período do ano passado, mas 76% abaixo do segundo trimestre de 2021.

De acordo com o balanço divulgado ao mercado, a queda foi em razão da piora do desempenho operacional, especialmente no segmento de mineração.

Além disso, a CSN teve impacto de despesas financeiras e de maior provisão para imposto de renda (IR) no período.

Balanços do 3º trimestre

Banco ABC Brasil (ABCB4)

O lucro líquido do Banco ABC Brasil atingiu R$151,5 milhões no terceiro trimestre de 2021, um crescimento de 11,1% em relação ao trimestre anterior e de 106,1% em relação aos R$ 73,5 milhões ante igual período de 2020.

Conforme o comunicado do banco, no resultado acumulado em nove meses, houve um crescimento de 89,8% em relação ao mesmo período de 2020.

CSN MINERAÇÃO (CMIN3)

O lucro líquido da CSN Mineração caiu 45% no terceiro trimestre de 2021, a R$ 804 milhões.

De acordo com o balanço, o lucro antes de impostos, taxas, depreciações e amortizações (Ebitda) ajustado atingiu o valor de R$ 911 milhões (-66%).

A companhia aprovou um novo programa de recompra de até 53 milhões de ações.

REDE D’OR (RDOR3)

A Rede D’Or lucrou R$ 378,1 milhões no terceiro trimestre de 2021, crescimento de 8,2%.

Conforme o balanço, o Ebitda subiu 26,6%, a R$ 1,25 bilhão.

A companhia informou que adquiriu o Hospital Memorial Arthur Ramos, em Maceió.


CIELO (CIEL3)

O lucro líquido da Cielo aumentou 111,1% no terceiro trimestre de 2021, para R$ 211,9 milhões.

Segundo o balanço, o Ebitda subiu 44,3%, para R$ 692,8 milhões.

A receita líquida cresceu 4,4%, para R$ 3,009 bilhões. Empresa concluiu a venda da Multidisplay (M4U) à Bemobi.


GRUPO PÃO DE AÇÚCAR (PCAR3)

O Pão de Açúcar (desmembrado do Assaí) registrou prejuízo consolidado de R$ 38 milhões no terceiro trimestre de 2021, revertendo lucro de R$ 428 milhões no mesmo período de 2020.

Segundo o balanço, o Ebitda ajustado somou R$ 794 milhões, queda de 15,9%.


COPASA (CSMG3)

O lucro líquido caiu 93,2% no terceiro trimestre, para R$ 16,3 milhões.

Conforme o balanço, o Ebitda somou R$ 237 milhões, queda de 54,9% sobre igual período do ano passado.


ULTRAPAR (UGPA3)

A Ultrapar registrou lucro de R$ 373 milhões no terceiro trimestre de 2021, ante lucro de R$ 277 milhões reportado no mesmo trimestre de 2020.

De acordo com o balanço, o Ebitda ajustado somou R$ 1,017 bi no terceiro trimestre de 2021, contra R$ 1,038 bi reportado um ano antes.

A Ultrapar revisou sua expectativa (guidance) de Ebitda do grupo para R$ 3,75 bilhões a R$ 4,13 bilhões.


PETRORIO (PRIO3)

A PetroRio registrou lucro de R$ 125 milhões no terceiro trimestre de 2021, contra prejuízo de R$ 117,7 milhões no mesmo período do ano passado.

Notas de mercado

Gerdau (GGBR4)

A Gerdau (GGBR4) anunciou nesta quinta-feira início de recompra de até US$ 500 milhões em títulos de dívida em circulação no mercado internacional.

Os vencimentos são para 2023, 2024 e 2027.

“O principal objetivo da oferta de recompra é o gerenciamento dos passivos da companhia e de suas controladas”, afirmou a empresa em comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Vale (VALE3)

A Vale assinou um Memorando de Entendimento com a coreana Posco em que ambas concordaram em buscar oportunidades para desenvolver soluções para a siderurgia focadas na redução das emissões de CO2.

A Vale e a Posco pretendem desenvolver soluções para descarbonização para a siderurgia até 2050.

(*) Relatórios consultados: B3, Itaú, CSN, Banco ABC Brasil, Modalmais, Terra Investimentos e Guide Investimentos.

Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais:
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Fique por dentro!

Receba notícias como esta no seu e-mail.

Receba em primeira mão nossas novidades

Assine nossa Newsletter

Baixe já nosso App