Itaú (ITUB4) e CSN (CSNA3) entre os destaques da Bolsa hoje

Share on twitter
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin

As ações de Itaú (ITUB4) e CSN (CSNA3) figuraram entre os destaques na Bolsa (B3) hoje.

Os papéis das duas companhias ficaram entre as mais negociadas após a divulgação dos respectivos balanços do terceiro trimestre de 2021.

Antes de mais nada, aqui no Blog do Grana, você saberá os principais assuntos que movimentam o Ibovespa nessa quinta-feira (04/11).

Resumo do Ibovespa e do câmbio

O Ibovespa fechou em queda de 2,09%, a 103.412 pontos, reagindo segundo profissionais de mercado, a aprovação da PEC dos precatórios na Câmara dos Deputados.

“A PEC dos precatórios não é o ideal, pois coloca em jogo a flexibilização do teto de gastos do governo para implementar o Auxílio Brasil. Mas a aprovação é um mal menor do que voltar a estaca zero dessa questão fiscal”, afirma Camila Abdelmalack economista chefe da Veedha Investimentos.

“Essa âncora fiscal virou algo para inglês ver, já que o governo deve continuar aumentando seus gastos”, avalia o economista da Valor Investimentos, Piter Carvalho.

Para o economista-chefe da Modalmais, Alvaro Bandeira, a possível aprovação da PEC dos precatórios é somente o detonador das preocupações.

“Fica evidente a perda da âncora fiscal, por conta de descumprimento, por mais que se encontrem meios legais, da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), regra de ouro e teto de gastos”, diz Bandeira.

“Basta a querência do Legislativo e Executivo para que tudo isso seja suprimido. Com isso, vai embora também a segurança jurídica necessária para que investimentos de longo prazo sejam feitos”, alerta o economista-chefe.

Além disso, argumenta Bandeira, da forma que está posto, os precatórios trazem mais insegurança e a possibilidade de estarem criando uma “bola de neve” de pagamentos para frente.

Com essa preocupações, o dólar subiu 0,29% e fechou em R$ 5,61 no mercado à vista. Bom para as exportadoras, os papéis de Minerva, Marfrig e JBS ficaram entre as maiores altas do Ibovespa.

Ainda entre as principais altas, a Getnet disparou 5,28%, após o mercado conferir o balanço da Cielo, cuja ação também figurou entre as maiores do Ibovespa hoje.

Outros balanços divulgados também influenciaram a realização de lucros (venda dos papéis), e assim as ações de Rede D’Or, Ultrapar e Pão de Açúcar figuraram entre as principais baixas do dia.

Confira as novidades e os eventos corporativos importantes do mercado na sequência do texto, de acordo com relatórios* de mercado.

Notas de mercado – Resumo

  • Lucro líquido por ação do Itaú é de R$ 0,59 no 3º trimestre de 2021, alta de 28% na comparação anual
  • Proventos aos acionistas (Dividendos e JCPs) do Itaú somam R$ 1,36 bi no 3º trimestre de 2021
  • Lucro líquido da CSN totaliza R$ 1,325 bi no 3º trimestre de 2021, alta de 5% na comparação anual
  • Lucro líquido do Banco ABC Brasil cresce 106% e alcança R$ 151,5 milhões no 3º trimestre de 2021
  • Ultrapar lucra R$ 373 milhões no 3º trimestre de 2021
  • Pão de Açúcar registra prejuízo consolidado de R$ 38 milhões no 3º trimestre de 2021
  • Rede D’Or lucra R$ 378,1 milhões no 3º trimestre de 2021
  • Rede D’Or compra Hospital Memorial Artur Ramos, em Maceió
  • Lucro líquido da Cielo aumenta 111% e alcança R$ 211,9 milhões no 3º trimestre de 2021

Mais negociadas Itaú (ITUB4) e CSN (CSNA3)

As ações do Itaú e da CSN figuraram entre as mais negociadas da Bolsa hoje:

  • Itaú Unibanco (ITUB4): -5,28%, a R$ 23,16 por ação PN
  • Companhia Siderúrgica Nacional (CSNA3): -3,44%, a R$ 21,33 por ação ON

Maiores altas do Ibovespa

  • Getnet (GETT11): +5,28%, a R$ 4,59 por unit
  • Minerva (BEFF3): +3,68%, a R$ 10,42 por ação ON
  • Marfrig (MRFG3): +3,60%, a R$ 26,78 por ação ON
  • JBS (JBSS3): +3,05%, a R$ 37,88 por ação ON
  • Cielo (CIEL3): +1,29%, a R$ 2,35 por ação ON

Principais baixas do Ibovespa

  • Rede D’Or (RDOR3): -8,17%, a R$ 57,21 por ação ON
  • Ultrapar (UGPA3): -8,09%, a R$ 12,38 por ação ON
  • Banco Pan (BPAN4): -7,74%, a R$ 12,88 por ação PN
  • Cogna (COGN3): -7,96%, a R$ 2,66 por ação ON
  • Pão de Açúcar (PCAR3): -7,70%, a R$ 22,89 por ação ON

Itaú Unibanco (ITUB4) e CSN (CSNA3)

As companhias publicaram seus balanços do terceiro trimestre de 2021. Acompanhe os resultados:

Itaú Unibanco (ITUB4)

O Itaú Unibanco divulgou lucro líquido de R$ 0,59 por ação no terceiro trimestre de 2021, alta de 28% na comparação com o valor de R$ 0,46 por ação em igual período de 2020.

No segundo trimestre de 2021, o lucro líquido havia sido de R$ 0,77 por ação.

Conforme o balanço, o valor em proventos aos acionistas (dividendos e juros sobre capital próprio) alcançou R$ 1,36 bilhão no terceiro trimestre de 2021, ante R$ 1,095 bi na comparação anual.

No segundo trimestre de 2021, o montante em proventos aos acionistas havia sido de R$ 1,754 bilhão.

Em números absolutos, o lucro líquido contábil do Itaú ficou em R$ 5,78 bilhões no terceiro trimestre de 2021.

CSN (CSNA3)

O lucro líquido da CSN alcançou R$ 1,325 bi no terceiro trimestre de 2021, 5% acima de igual período do ano passado, mas 76% abaixo do segundo trimestre de 2021.

De acordo com o balanço divulgado ao mercado, a queda foi em razão da piora do desempenho operacional, especialmente no segmento de mineração.

Além disso, a CSN teve impacto de despesas financeiras e de maior provisão para imposto de renda (IR) no período.

Balanços do 3º trimestre

Banco ABC Brasil (ABCB4)

O lucro líquido do Banco ABC Brasil atingiu R$151,5 milhões no terceiro trimestre de 2021, um crescimento de 11,1% em relação ao trimestre anterior e de 106,1% em relação aos R$ 73,5 milhões ante igual período de 2020.

Conforme o comunicado do banco, no resultado acumulado em nove meses, houve um crescimento de 89,8% em relação ao mesmo período de 2020.

CSN MINERAÇÃO (CMIN3)

O lucro líquido da CSN Mineração caiu 45% no terceiro trimestre de 2021, a R$ 804 milhões.

De acordo com o balanço, o lucro antes de impostos, taxas, depreciações e amortizações (Ebitda) ajustado atingiu o valor de R$ 911 milhões (-66%).

A companhia aprovou um novo programa de recompra de até 53 milhões de ações.

REDE D’OR (RDOR3)

A Rede D’Or lucrou R$ 378,1 milhões no terceiro trimestre de 2021, crescimento de 8,2%.

Conforme o balanço, o Ebitda subiu 26,6%, a R$ 1,25 bilhão.

A companhia informou que adquiriu o Hospital Memorial Arthur Ramos, em Maceió.


CIELO (CIEL3)

O lucro líquido da Cielo aumentou 111,1% no terceiro trimestre de 2021, para R$ 211,9 milhões.

Segundo o balanço, o Ebitda subiu 44,3%, para R$ 692,8 milhões.

A receita líquida cresceu 4,4%, para R$ 3,009 bilhões. Empresa concluiu a venda da Multidisplay (M4U) à Bemobi.


GRUPO PÃO DE AÇÚCAR (PCAR3)

O Pão de Açúcar (desmembrado do Assaí) registrou prejuízo consolidado de R$ 38 milhões no terceiro trimestre de 2021, revertendo lucro de R$ 428 milhões no mesmo período de 2020.

Segundo o balanço, o Ebitda ajustado somou R$ 794 milhões, queda de 15,9%.


COPASA (CSMG3)

O lucro líquido caiu 93,2% no terceiro trimestre, para R$ 16,3 milhões.

Conforme o balanço, o Ebitda somou R$ 237 milhões, queda de 54,9% sobre igual período do ano passado.


ULTRAPAR (UGPA3)

A Ultrapar registrou lucro de R$ 373 milhões no terceiro trimestre de 2021, ante lucro de R$ 277 milhões reportado no mesmo trimestre de 2020.

De acordo com o balanço, o Ebitda ajustado somou R$ 1,017 bi no terceiro trimestre de 2021, contra R$ 1,038 bi reportado um ano antes.

A Ultrapar revisou sua expectativa (guidance) de Ebitda do grupo para R$ 3,75 bilhões a R$ 4,13 bilhões.


PETRORIO (PRIO3)

A PetroRio registrou lucro de R$ 125 milhões no terceiro trimestre de 2021, contra prejuízo de R$ 117,7 milhões no mesmo período do ano passado.

Notas de mercado

Gerdau (GGBR4)

A Gerdau (GGBR4) anunciou nesta quinta-feira início de recompra de até US$ 500 milhões em títulos de dívida em circulação no mercado internacional.

Os vencimentos são para 2023, 2024 e 2027.

“O principal objetivo da oferta de recompra é o gerenciamento dos passivos da companhia e de suas controladas”, afirmou a empresa em comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Vale (VALE3)

A Vale assinou um Memorando de Entendimento com a coreana Posco em que ambas concordaram em buscar oportunidades para desenvolver soluções para a siderurgia focadas na redução das emissões de CO2.

A Vale e a Posco pretendem desenvolver soluções para descarbonização para a siderurgia até 2050.

(*) Relatórios consultados: B3, Itaú, CSN, Banco ABC Brasil, Modalmais, Terra Investimentos e Guide Investimentos.

Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais:
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Receba em primeira mão nossas novidades

Assine nossa Newsletter

Baixe já nosso App