AMZO34: Conheça o BDR da Amazon listado na Bolsa e o balanço do 3º trimestre

Share on twitter
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin

AMZO34 é o código do Brazilian Depositary Receipt (BDR) da Amazon negociado no Brasil.

Aqui no Blog do Grana, você saberá um pouco mais sobre esse recibo de ação estrangeira da Amazon listado na Bolsa brasileira (B3).

Em seguida, confira na sequência do texto, o relatório de mercado do Santander Brasil sobre o BDR AMZO34 e relatório da Levante Research sobre o balanço do terceiro trimestre de 2021.

Visão do Santander sobre o BDR AMZO34

Os estrategistas de BDRs do Santander, Luiz Adolfo Schiller e Ricardo Vilhar Peretti, detalharam informações relevantes sobre a Amazon. Confira abaixo!

Atuação da Amazon – AMZO34

Conforme o texto, a Amazon é uma companhia de bens de consumo americana, inicialmente centrada no varejo digital.

De acordo com os analistas, a Amazon também está presente no serviço de streaming de filmes e séries, na venda de hardware (como Kindle e Echo), e serviços de nuvem, com o Amazon Web Services.

Amazon vale a pena

Conforme o relatório, a Amazon não se resume ao varejo digital, em que é líder mundial.

De acordo com os estrategistas, a companhia se insere em negócios promissores e complementares à sua principal linha de receita, com grande potencial de crescimento: o de streaming.

Além disso, especialmente o segmento de Nuvem, com o Amazon Web Services, em que é líder do mercado.

Análise da BB Investimentos sobre a Amazon – BDR AMZO34

Segundo relatório da BB Investimentos, da analista Catherine Kiselar, a acentuada evolução patrimonial e operacional da Amazon observada particularmente a partir de 2016, revela “situação favorável” da empresa.

“É acompanhada de elevados níveis de retorno e geração de caixa, capaz de suprir as necessidades de investimentos, com acentuado excedente, superior a 20% do ativo total, alocado em ativos de liquidez”, argumenta.

Visão da Levante Research sobre o balanço da Amazon

A Amazon apresentou seus resultados do terceiro trimestre de 2021 na quinta-feira (28/10).

O lucro totalizou US$ 6,12 por ação, queda de 51% na comparação anual. O número veio abaixo das expectativas, que giravam em torno dos US$ 9 por ação.

“Os números vieram ruins, uma receita no meio do guidance fornecido no último relatório, margens em queda relevante e lucro líquido abaixo das expectativas”, afirma o analista Fernando Martin.

“O guidance para o quarto trimestre de 2021 também veio menos animador que o esperado”, diz.

Balanço do terceiro trimestre da Amazon – BDR AMZO34

A receita líquida totalizou US$ 110,8 bilhões, crescimento de 15% na comparação anual.

O guidance era algo entre US$ 106 bilhões e US$ 112 bilhões, com as expectativas do mercado mais próximas ao topo da faixa.

“O destaque negativo na segmentação mais abrangente foi a operação Estados Unidos, enquanto na divisão por área de negócio, o 1P e as lojas físicas decepcionaram”, observa Fernando Martin.

Já o destaque positivo foi a operação de cloud computing (AWS).

Margens da Amazon

De acordo com o relatório, as margens operacionais das operações de varejo vieram “magras”.

Na América do Norte, 1,3%. No resto do mundo, negativa em 3,1%.

A divisão AWS “salvou” com uma margem de 30,2%.

O segmento representou 14,5% das receitas, mas 100% do Ebit, o lucro antes de impostos e taxas. As margens foram
pressionadas por custos de mão de obra e logísticos, primordialmente.

O que esperar da ação da Amazon – BDR AMZO34

De acordo com o analista Fernando Martin, o resultado da Amazon veio abaixo do esperado em boa parte das linhas.

“Nós esperamos impacto negativo no preço das ações da Amazon no curto prazo. Outras empresas do setor do varejo na bolsa americana também devem ser negativamente impactadas devido ao efeito contaminação (da Amazon)”, afirma o analista internacional.

Apesar da decepção em diversas linhas, Martin observa alguns pontos positivos no balanço.

“Em primeiro lugar, a AWS cresceu além das expectativas, sustentando o EBIT do trimestre”.

Além disso, argumenta o analista, a receita e as margens devem ser contextualizadas ao momento do setor e toda a inflação de serviços que assola o varejo americano.

Segundo o balanço, os serviços de assinatura e a linha de outros seguem crescendo: 23% e 49%, respectivamente.

“Streaming e publicidade online ganham, trimestre após trimestre, relevância no mix da companhia”, afirma.

Expectativas sobre a Amazon e as Big Techs

De acordo com Fernando Martin, aparentemente o mercado tem exagerado nas projeções de algumas big techs no terceiro trimestre de 2021, perpetuando taxas excessivamente otimistas frente a uma base de comparação já desafiadora.

“Além de Amazon, Facebook e Apple estão sendo vítimas deste encorajamento excessivo. Os problemas de ordem logística e inflacionária também têm atrapalhado os relatórios, embora longes de comprometer o brilhantismo
dos números”, avalia.

Conforme o texto da análise, o guidance (expectativa reportada pela companhia) para o quarto trimestre de 2021 também “deve detratar” a performance da ação no curto prazo.

A companhia espera uma receita entre US$ 130 bilhões e US$ 140 bilhões. O mercado esperava um patamar ligeiramente superior aos US$ 140 bilhões para o quarto trimestre.

Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais:
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Fique por dentro!

Receba notícias como esta no seu e-mail.

Receba em primeira mão nossas novidades

Assine nossa Newsletter

Baixe já nosso App