App Grana Capital faz o IR de investimentos em ações em segundos; conheça

Share on twitter
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin

O aplicativo Grana Capital vem caindo nas graças dos investidores por um motivo: é a única forma, no Brasil, de resolver o problema do Imposto de Renda (IR) dos investimentos na Bolsa em segundos.

Funciona assim:

  1. Você baixa o aplicativo
  2. Faz uma configuração inicial
  3. Pronto! É só esperar que o app avisa quando você tiver IR a pagar.

O Grana faz o IR de ações, FIIs (fundos de investimento imobiliário), ETFs, BDRs e opções.

⬇️ Baixar o app Grana para Android ⬇️

⬇️ Baixar o app Grana para iPhone ⬇️

Grana é o único 100% automático no país

O sucesso explosivo do aplicativo Grana (o número de usuários cresceu de 2.000 para 70.000 nos últimos 12 meses) se deve ao fato de ele ser a única solução totalmente automatizada do Imposto de Renda dos investimentos em Bolsa.

Usar o Grana é a única forma de o investidor ter essas três facilidades:

  • Não precisar importar notas de corretagem
  • Não precisar inserir nenhum dado mensal
  • Não precisar emitir DARF

Com esse aplicativo, o usuário paga o IR da Bolsa por boleto, PIX ou cartão de crédito, por dentro do próprio app.

Parece que você está pagando uma refeição no seu aplicativo de entregas, mas está se livrando do IR em segundos.

O que os influenciadores dizem

Gustavo Cerbasi, um dos principais influenciadores financeiros do Brasil, apresentou o Grana Capital no seu Instagram como solução para o IR da Bolsa e ainda colocou um print de tela explicativo do app (veja aqui).

O Grana foi o único app citado por Cerbasi para resolver o IR da Bolsa. A indicação ocorreu de forma espontânea, sem patrocínio.

Além dele, outros perfis de influenciadores costumam indicar o aplicativo, como o FIIs Análises, o Carteira Z, o Pilares da Riqueza e até mesmo perfis de humor, como Faria Lima Elevator, Investidor da Depressão e Otimista Oficial.

O Grana na imprensa

Em pouco tempo de existência, o Grana já chamou atenção dos principais veículos de comunicação. Veja abaixo:

Ficheiro:UOL logo.png – Wikipédia, a enciclopédia livre

O portal UOL utilizou os dados do aplicativo Grana Capital para fazer uma matéria sobre como evitar os erros mais comuns do IR de ações.

estadao-logo - PNG - Download de Logotipos

O Estadão colocou o Grana em Primeiro Lugar em uma lista de apps que auxiliam o Imposto de Renda de investimentos na Bolsa.

Ficheiro:Logotipo do jornal "O Globo" 03.jpg – Wikipédia, a enciclopédia  livre

O jornal O Globo convidou o CEO do Grana, André Kelmanson, para escrever um artigo de opinião sobre como a tecnologia ajuda investidores com o IR da Bolsa, democratizando o acesso ao mercado de capitais.

STJ MUDA PRAZO PARA AÇÃO CIVIL PÚBLICA PRESCREVER - Murray Advogados

Em matéria de capa sobre o IR da Bolsa para pessoas físicas, o jornal Valor Econômico entrevistou o CEO e apresentou o Grana como solução. Foi o único aplicativo de IR citado na reportagem.

Como era antes do Grana

Antes do Grana, já existiam no mercado diversas soluções para o Imposto de Renda de investimentos na Bolsa.

A mais tradicional delas é o contador. Todo mês, você envia a ele suas notas de corretagem para que ele faça os cálculos.

Além do contador, existe uma solução parcialmente automatizada, que são as calculadoras de IR da Bolsa.

Há dois tipos de calculadora. No modelo mais tradicional, o contribuinte precisa importar os PDFs das suas notas de corretagem e depois conferir se a importação foi realizada corretamente.

O outro modelo é a calculadora integrada ao sistema da B3. Com ela, o investidor não precisa importar as notas de corretagem. Por outro lado, ele precisa conferir e corrigir diversas informações, porque o sistema da B3 não oferece dados sobre eventos como subscrições de ações, bonificações, IPOs e outros.

Como o Grana consegue?

Uma pergunta muito comum quando as pessoas descobrem o Grana é: “Como eles fazem essa mágica?”

A resposta é muito simples: automatizando tarefas que não estavam automatizadas.

O sistema do Grana é integrado à B3, por isso não precisa importar notas de corretagem. Ele puxa os dados direto da Bolsa.

Em relação aos dados que a B3 não fornece, o Grana buscou outras formas de automatização, e é aí que está o segredo do app. A equipe desenvolveu formas de extrair esses dados direto da fonte.

Com isso, até os contadores estão utilizando o Grana, para que seus clientes não precisem lhes mandar suas notas de corretagem mensalmente.

O que os clientes dizem

Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais:
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Fique por dentro!

Receba notícias como esta no seu e-mail.

Receba em primeira mão nossas novidades

Assine nossa Newsletter

Baixe já nosso App